sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Novidades no Gmail: Sincronizar o conteúdo do Drive em seus computadores com o File Stream do G Suite

Contas pessoais do Gmail agora podem experimentar o File Stream do G Suite para sincronizar o conteúdo do Drive com seus computadores. É uma maneira conveniente de acessar seu Google Drive usando o navegador de arquivos sem baixar o conteúdo localmente.


fonte: Android Police

Se você está familiarizado com o Google Drive, provavelmente sabe que a maneira mais conveniente de sincronizar suas pastas locais com a nuvem é usar o aplicativo Backup and Sync, que replica perfeitamente as pastas de seu computador para o Google Drive e vice-versa. No entanto, se você for um usuário do G Suite, precisa contar com outro aplicativo chamado Drive File Stream, que faz as coisas de uma maneira diferente. Em vez de baixar seu conteúdo localmente, ele permite que você o acesse usando o navegador de arquivos do seu computador, como um NAS. A Google parece querer estender esses recursos para contas normais do Drive e está procurando testadores que queiram experimentar o Drive File Stream em seus computadores.

Ao contrário de aplicativos como Backup and Sync, Dropbox ou Box, o Drive File Stream não cria uma pasta local que espelha seu Drive. Em vez disso, ele monta uma unidade virtual em seu computador que lista as pastas armazenadas na nuvem, facilitando a navegação pelo Windows Explorer ou Finder, sem realmente salvar os arquivos localmente.

É uma maneira conveniente de economizar espaço em seu computador, especialmente se você trabalha  com um monte de pastas compartilhadas que não precisa manter em seu dispositivo. Claro, ainda é possível baixar o conteúdo de que você precisa localmente, para que você possa trabalhar nele quando estiver offline. Isso significa que o conteúdo permanece acessível, mas não ocupa espaço de armazenamento local, a menos que você especificamente baixe e sincronize as pastas e arquivos que você precisa para acessar offline.

As imagens abaixo, são do autor da postagem original do AP, Hagop Kavafian, que possui um Mac:

"Nenhuma dessas pastas está realmente armazenada no meu Mac, exceto "Finlândia", mas ainda posso acessá-las no Finder", fonte: Android Police

Você tem que selecionar manualmente quais pastas deseja disponibilizar off-line. Caso contrário, você não conseguirá acessá-las se não estiver conectado à Internet, fonte: Android Police


O Backup and Sync, por outro lado, permite que você sincronize outras pastas locais com a nuvem, como os arquivos em sua área de trabalho, o que o File Steam não pode fazer. Ele também oferece a opção de não sincronizar pastas específicas de seu Google Drive com o computador para economizar espaço, mas isso o impediria de ver todo o conteúdo, a menos que você acessasse a interface da web.

Embora o File Stream pareça uma oferta melhor, Hagop Kavafian não gosta muito do aplicativo, "Eu o usei por cerca de um ano e meio em meu trabalho anterior para sincronizar minhas pastas do Drive localmente e tive uma experiência terrível: o software frequentemente não respondia, não era fácil identificar quais arquivos foram baixados localmente em meu computador - Tenho que verificar manualmente se há uma pequena marca de seleção verde para cada arquivo ou pasta, e o aplicativo ocuparia uma quantidade incrivelmente alta de recursos do sistema no meu Mac."

Outro problema é quando se usando várias unidades ao mesmo tempo. Por exemplo, "você pode entrar em várias contas do Google com o Backup and Sync, ou pode até mesmo usá-lo junto com File Stream com credenciais diferentes - por exemplo, fazer login na minha conta pessoal do Gmail e minha conta Android Police executando os dois aplicativos em paralelo no meu Mac. Infelizmente, não consegui replicar esse comportamento com o Drive File Stream, que significa que terei que manter uma única conta ou alternar manualmente entre elas." destaca Hagop Kavafian.

Dito isso, se você tiver uma grande quantidade de arquivos em seu Drive que não deseja armazenar localmente em seu computador, mas ainda precisa acessá-los facilmente, vale a pena tentar o File Stream. Ele também deve fornecer uma solução melhor para a bagunça atual da pasta compartilhada que os usuários regulares do Drive têm que lidar no Backup e sincronização. Mas, se nenhum desses problemas afetá-lo, recomenda-se fortemente que você opte pelo Backup and Sync, que oferece uma experiência muito mais contínua. Na verdade, é estranho que a Google não permita que as contas do G Suite usem o último, pois pode ser um compromisso melhor para alguns usuários. 

Caso queira tentar o File Stream, a seguir estão as instruções para configurar:

  1. Inicie o Backup e sincronização em seu computadorm se ainda não estiver em execução.
  2. Na guia “Configurações” da janela de preferências do Backup and Sync, desmarque “Abrir o Backup e sincronização na inicialização do sistema”. Clique OK.
  3. Saia do Backup and Sync.
  4. Renomeie sua pasta Google Drive para algo como “Google Drive (não sincronizando)” como um lembrete de que você não deve alterar os arquivos nesta pasta. Isso também o diferencia da pasta do Drive File Stream, também chamada de “Google Drive”.
  5. Faça download do Drive File Stream (Windows, macOS) e instale-o.
  6. Envie comentários para a equipe do Google por meio de comentários no produto de sua conta do Drive File Stream e use a hashtag #BestDrive.

A Google não esclareceu seus planos em relação ao futuro de ambos os aplicativos, mas se você nos perguntar, sempre pareceu um pouco redundante ter duas soluções diferentes para o que é essencialmente um propósito muito semelhante. Com este teste, a Google pode estar sugerindo uma possível aposentadoria futura do Backup e sincronização e uma mudança completa para o File Stream. Seria interessante se a Google explorasse a fusão dos dois aplicativos e oferecesse uma experiência mais integrada, assim como a Microsoft faz com o OneDrive Files On-Demand.

fonte: Android Police via Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google