terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Novidades no Chrome: Novo sinalizador no Chrome para compartilhamento das páginas da internet

Um novo sinalizador no Chrome torna o compartilhamento das páginas da internet mais rápido, graças ao novo botão da barra de ferramentas que no momento está funcional no Chrome Canary.

fonte: Android Police
Os sinalizadores do Chrome são uma ótima maneira de experimentar coisas novas no navegador sem realmente quebrar nada. Alguns toques e você obtêm novos recursos, mais alguns toques e você os reverte se eles não funcionarem. Um novo sinalizador apareceu no Chrome Canary. É básico, mas útil: torna o compartilhamento de páginas da internet em apenas um clique.

Você pode encontrar o sinalizador em chrome://flags/#share-button-in-top-toolbar. Configure-o como Enabled (Ativado), e depois reinicie o Chrome. Lembre-se com ainda é um teste, pode ser que não funcione da primeira vez, logo repita o processo.

Esse sinalizador adiciona um botão de compartilhamento entre a barra de URL e o menu popup na barra de ferramentas superior. Em vez de ir ao menu e tocar em Compartilhar ou tocar na barra de URL e no botão de compartilhamento, você pode fazer isso imediatamente. Claro, está economizando um toque para você, e quem não é fã de tudo o que acelera os fluxos de trabalho diários em um smartphone?
fonte: Android Police
Esse sinalizador também corrige as alterações tolas introduzidas na interface mais recente do Duet: agora você pode manter o alternador de guias na barra inferior e obter o botão de compartilhamento no superior. É melhor do que escolher um ou outro.

O sinalizador está disponível no Chrome Dev, mas não parece funcionar lá. Está funcionando no Chrome Canary v82.04064, disponível na Play Store e no APK Mirror.

fonte: Android Police

Novidades no Twitter: Verificação de fatos feitos por usuários nas Communities Notes

Um vazamento no Twitter mostra como o processo voluntário de verificação de fatos poderia funcionar. É uma demonstração que ilustra como os tweets con "notícias falsas" poderiam ser sinalizados.

fonte: Android Police
Com agitações políticas e sociais aparentemente na agenda global diária, informações e desinformação viajam rapidamente e uma das plataformas mais proeminentes onde isso ocorre é o Twitter, onde antes havia hesitação em instalar grades de verificação de fatos para reduzir o impacto de conteúdo intelectualmente prejudicial, recentemente, a empresa começou a rotular certos vídeos postados em tweets como manipulados enganosamente. Logo, de acordo com uma demonstração vazada, poderia dar outro passo.

fonte: Android Police
O serviço de microblog planeja lançar algum tipo de moderação comunitária, assim como o que acontece no Reddit ou na Wikipedia, a partir de 5 de março. O Twitter reconheceu a existência desses planos para a NBC News, dizendo que os modelos vistos são "uma opção isso envolveria comentários da comunidade ".

Um exemplo no qual o esforço se manifestaria seria o Community Notes ou Notas da Comunidade(?), um programa no qual os usuários participam na avaliação da confiabilidade dos tweets. Quando um voluntário relata um tweet na demo, é perguntado se as informações fornecidas provavelmente enganariam os leitores de uma maneira prejudicial. Dessa forma, a probabilidade de outros membros da comunidade concordarem com sua avaliação em uma escala de 1 a 100 e detalhes específicos sobre as informações.

Os participantes ativos e precisos das Community Notes ganham pontos e, com mais pontos, maior influência a cada relatório.

fonte: Android Police
Nesses exemplos, o Twitter rotula cada tweet como Prejudicialmente Enganosos(?) e, em seguida, lista vários relatórios de membros das Community Notes (denotados com crachás verdes semelhantes ao crachá azul marcado com verificação), além de jornalistas, quando aplicável. A plataforma geralmente será reduzida e é incentivada a participar tocando em um botão dedicado.

Podemos ver algumas mudanças no que essas imagens de demonstração retratam, mas a empresa confirmou que estará avançando com mais verificações de fatos nas próximas semanas.

fonte: Android Police via NBC News

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Novidades no Gmail: Um novo recurso para simplificar os filtros de pesquisa

O Gmail apresenta um novo recurso, o "chips",  que ajuda o usuário a restringir os resultados das pesquisas. Uma simplificação dos filtros de pesquisa do Gmail.

fonte: Android Police
O Gmail possui vários filtros de pesquisa incrivelmente poderosos, com opções para classificar mensagens pelo remetente, conteúdo, anexos, data, marcador e muito mais . No entanto, o uso desses filtros pode ficar um pouco complicado, especialmente se você estiver tentando combinar vários deles com operadores AND/OR. O Google está tentando tornar esses operadores um pouco mais amigáveis ​​com o novo recurso 'chips', que recomenda automaticamente filtros sob a barra de pesquisa.

O Google anunciou o recurso na semana passada, mas o lançamento ainda está em seus estágios iniciais pois apenas um número limitado de usuários recebeu esse recurso. Quando você usa a pesquisa do Gmail, as recomendações para filtros são exibidas abaixo da barra e clicar em uma delas a habilita. Bem simples.

fonte: Android Police
O Google escreveu em uma postagem no blog: "Ouvimos de nossos usuários que a pesquisa  no Gmail poderia ser mais rápida e intuitiva. Com os chips de pesquisa, você pode refinar facilmente os resultados da pesquisa e encontrar o que procura mais rapidamente, sem precisar classifique retornos irrelevantes ou use operadores de pesquisa ".

Como mencionado anteriormente, o lançamento ainda está nos estágios iniciais, portanto, não entre em pânico se ainda não ver os "chips" ainda.

fonte: Android Police via G Suite Blog

O antivírus Microsoft Defender está chegando ao Android

Parece piada mas o antivírus Microsoft Defender vai chegar ao Android em breve. O que será que a Microsoft está aprontando?

fonte: Android Police
Sabemos que o Windows está muito longe de ser um sistema operacional perfeito, mas é difícil reclamar sobre o antivírus Defender embutido. Geralmente, isso não atrapalha a experiência do usuário, pois funciona bem e elimina amplamente a necessidade de programas antivírus de terceiros nos PCs com Windows. Mas agora a Microsoft quer trazer o Defender para o... Android?

A CNBC relatou que a Microsoft lançará em breve uma versão do Defender para Android, embora a maioria dos dispositivos já tenha um aplicativo antivírus instalado por padrão que é o Google Play Protect . Embora a principal função do Defender fosse detectar malware em um dispositivo, a Microsoft também sugeriu que o aplicativo poderia ajudar a evitar o phishing, embora não tenha sido esclarecido como.

E parece que a Microsoft vai trazer também  o Defender para iOS (o que parece ainda mais inútil) e para o Linux. Ainda não há uma data exata de lançamento para a versão Android nem para para outros sistemas operacionais.

fonte: Android Police via CNBC

A torneira canina, cortinas e o encontro (tiras nostálgicas)

Mais tiras nostálgicas! O Odie pinga demais, o escalador de curtinas em ação e o encontro do Jon! As tiras abaixo foram publicadas em 1988, de 22/02/88 a 28/02/88. Divirta-se!

domingo, 23 de fevereiro de 2020

Como compartilhar e colaborar os favoritos do Google Chrome

A Google finalmente permite que você compartilhe e colabore nos favoritos, mas o recurso está escondido num lugar que ninguém vai encontrar! Aprenda nesta postagem como achar e usar esse recurso.

fonte: Android Police
Por muito tempo não havia uma maneira fácil de compartilhar e colaborar com os favoritos no Google Chrome, que simplificaria a pesquisa e o salvamento de páginas da web relevantes para qualquer casal, família, grupo de amigos ou colegas. Infelizmente, a opção estava disponível em 2015, mas depois foi removida para nunca mais aparecer. A Google tem uma capacidade de tornar certas coisas muito complicadas quando se trata de compartilhar coisas, como compras da família Play Store ou documentos do Drive, e por isso, é surpreendente que o Chrome não suporte a colaboração. Mas a Google acabou de adicionar uma maneira de colaborar com os favoritos. A localização desse novo recurso está nas coleções do aplicativo de pesquisa do Google.

A nova interface de coleções do aplicativo Google

O aplicativo Google oferece coleções (páginas salvas anteriormente) há alguns anos, mas eles acabaram de se formar no menu Mais ... como uma das quatro principais guias na barra inferior. Junto com esta promoção, a Google está apresentando uma aparência mais moderna, coleções sugeridas (que ainda não estão no ar) e a capacidade de compartilhar e colaborar em cada lista.

Para aqueles que não estão familiarizados com as coleções, você pode considerá-las como um monte de coisas que você encontra on-line e que deseja marcar como favoritos, incluindo páginas da web, imagens e lugares no Maps. Por padrão, qualquer lista do Google Maps criada por você é exibida como uma coleção. Você também pode criar novas e colocar qualquer tipo de item neles, não apenas locais.

Esquerda: interface Novas coleções. Meio: Nova coleção vazia. Certo: E agora está cheio, fonte: Android Police

A interface de coleções atualizada (acima) usa cartões menores para itens adicionados recentemente, possui um ícone + Novo em quatro cores para criar novas listas e torna cada cartão de coleção mais moderno com uma miniatura maior de imagem ancorada à direita. Quando você abre uma lista, pode ver abaixo do título o seu avatar e um novo ícone de compartilhamento. Na interface antiga (abaixo), o compartilhamento não oferecia nenhuma opção de colaboração; ele simplesmente criava um link somente para exibição na qual você poderia enviar para outras pessoas.

Esquerda: interface de coleções antigas. Meio: página de coleção antiga. Direita: o compartilhamento criou apenas um link de visualização, fonte: Android Police
Isso é muito diferente do menu de compartilhamento deslizante da interface atualizada. Nele, você pode ativar ou desativar o compartilhamento de uma coleção e selecionar se deseja um link somente para exibição ou um contribuidor. Se você optar pelo último, as pessoas com o URL poderão ingressar na sua coleção e adicionar/remover os itens dela. Essa ferramenta de colaboração de favoritos é mito interessante, pois podemos manter o controle de importantes páginas da internet com a sua cara metade, como planos de viagem e coisas para fazer, produtos e receitas que gostamos, tutoriais que precisamos acessar de tempos em tempos, sites favoritos etc. ...

Esquerda: compartilhando uma coleção. Médio e Direito: acessando as configurações de compartilhamento de uma coleção, fonte: Android Police
Depois de compartilhar o link, qualquer pessoa que entrar na lista vai aparecer ao lado do seu avatar sob o título da coleção. Você pode tocar no botão popup (três pontos no canto superior direito) e depois em Compartilhamento para revogar o acesso, copiar os links somente visualização e contribuinte novamente e ver todas as pessoas que estão colaborando nele. Por enquanto, não parece que os proprietários de coleções possam expulsar outros usuários ou limitar seu acesso, a menos que desativem completamente o compartilhamento para todos.

Como adicionar marcadores às coleções existentes

Você pode estar pensando que isso é legal, mas como você realmente adiciona itens às suas coleções? Bem, também não é muito simples, mas aqui estão as diferentes maneiras de fazer isso em seu smartphone:

  • Abra uma coleção, toque no botão azul flutuante Localizar mais na parte inferior e role pelas páginas semelhantes sugeridas (o ícone de marcador está no canto superior direito da miniatura) ou inicie uma pesquisa e toque no ícone de marcador no canto superior direito qualquer página que você abrir.
  • Abra qualquer artigo do feed Discover do aplicativo do Google, dentro do aplicativo ou no painel esquerdo do Pixel Launcher (e outros lançadores compatíveis) e procure o mesmo ícone de marcador no canto superior direito.
  • Inicie uma pesquisa no widget da Google ou dentro do aplicativo da Google, toque em qualquer página e, novamente, procure o ícone de marcador no canto superior direito. 
  • Na pesquisa de imagens da Google, no aplicativo da Google ou no Chrome, procure o ícone de marcador no canto superior direito.
  • No Google Maps, abra um local, toque no grande ícone redondo Salvar e escolha a coleção desejada.

Esquerda: adicione marcadores das sugestões 'Localizar mais'. Meio: ou a partir de páginas da web abertas pelo aplicativo do Google. Direita: ou na pesquisa de imagens do Google, fonte: Android Police
No seu computador, você só pode adicionar itens às suas coleções ao usar o Google Maps ou os sites do Google Imagens. Infelizmente, você não pode marcar páginas da web. Costumava existir uma extensão oficial "Salvar no Google", mas como a empresa é a Google, desativou em 2018.

Também é importante notar que a pesquisa e a abertura de uma página no Chrome, seja no celular ou no computador, não permite que esse ícone de marcador seja exibido - você recebe os marcadores internos do Chrome. Isso é uma coisa completamente diferente, e essas não podem ser compartilhadas, como mencionado na introdução.

Como editar coleções compartilhadas

Depois de criar e compartilhar uma coleção, você pode tocar no botão popup (três pontos no canto superior direito) para:

  • Editar - renomeie e adicione uma descrição
  • Selecionar - itens de seleção múltipla para excluí-los da lista ou movê-los para outro
  • Excluir - remova completamente a lista da sua conta e outros colaboradores também

Esquerda: Editando uma coleção. Meio: Seleção múltipla para mover ou excluir. Direita: Aviso de exclusão, fonte: Android Police
Os colaboradores que não são os proprietários originais da lista podem apenas mover, excluir e adicionar itens, além de deixar a lista. Eles não podem editar o nome, ativar/desativar o compartilhamento, copiar os links novamente (mas podem enviar o link que receberam de você para outra pessoa, cuidado com isso) ou excluí-lo.

Como acessar coleções na internet e em dispositivos móveis

Na internet, acesse google.com/save para ver todas as suas coleções. As opções ainda são limitadas; você não pode adicionar itens colando os URLs deles, e o compartilhamento ainda aciona o link somente para visualização e não o link do colaborador.

Interface da web de coleções do Google, fonte: Android Police
No seu smartphone, você pode acessar as Coleções na guia dedicada dentro do aplicativo da Google ou acessando google.com no navegador do dispositivo, tocando no ícone do menu (três linhas horizontais) no canto superior esquerdo e escolhendo Coleções no menu que desliza.

Compartilhamento de marcadores, para melhor ou para pior

Muitos casais/parceiros/amigos podem ter um calendário compartilhado do Google para eventos que precisam participar, manter listas de compras e outras anotações diversas, pastas do Drive para todos os tipos de documentos e planilhas, bibliotecas de fotos e álbuns para evitar o envio de cada foto que tiram, listas do Google Maps para lugares que querem visitar juntos e até compartilhar as compras na Play Store graças ao Family Link. O que não havia até agora era uma maneira fácil de compartilhar uma pasta de favoritos e links.

Essa é uma maneira nativa de compartilhar favoritos no Android. É ainda melhor pelo fato de uma coleção poder conter páginas da web, mas também imagens e locais do Google Maps.

No entanto, essas coleções ainda estão separadas dos favoritos do Chrome. Duas maneiras de fazer a mesma coisa, esse é o lema da Google, não é (vide a quantidade de aplicativos de comunicação)? A colaboração neles ainda não está totalmente pensada: os proprietários não podem expulsar um usuário e manter os outros, colaboradores diferentes não são notificados das alterações feitas por outros e qualquer pessoa com o link pode participar. Mais importante, o acréscimo a essas coleções ainda é complicado no celular e muito limitado nos computadores.

A Google diz que a nova interface com coleções e colaboração sugeridas está disponível globalmente. Alguns usuários podem ainda não ter, logo deve estar sendo implementado lentamente por meio de um switch do lado do servidor.

Basta aguardar!

fonte: Android Police

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Novidades no Youtube Music: Usuário pode enviar suas próprias músicas

O YouTube Music, serviço de streaming de música sem anúncios, vai permitir que o usuário envie as suas próprias músicas. O teste está sendo feito com algumas pessoas.

Adicionar legenda
Quando a Google introduziu o YouTube Music pela primeira vez, prometeu importar todos os recursos do Play Music, mas essa transição está sendo lenta. A empresa parece estar nos estágios finais da preparação da funcionalidade de upload para o YouTube Music, pois uma página de suporte foi exibida e explica como você pode adicionar seus próprios arquivos ao serviço de streaming. O recurso ainda não está disponível para todos, apenas para algumas pessoas..

O documento de suporte descreve duas maneiras de adicionar música. Você pode arrastar e soltar arquivos no player da música music.youtube.com ou clicar no ícone da sua conta no canto superior direito. Uma barra de progresso será exibida e você receberá uma mensagem assim que as músicas forem adicionadas com sucesso. A Google declara que os arquivos FLAC, M4A, MP3, OGG e WMA são suportados.

Para visualizar e gerenciar seu conteúdo quando o recurso estiver ativo, vá para Biblioteca -> Músicas >> Uploads ou Biblioteca >> Álbuns >> Uploads. Para acessar essas músicas no aplicativo, você precisará usar a versão 3.51 ou mais recente, publicada no início de fevereiro e que já deveria ter sido lançada amplamente. Assim como no Play Music, você poderá ouvir sua própria música offline e sem anúncios, mesmo se não estiver inscrito no serviço de streaming.

Além disso, o site de suporte inclui uma observação para os usuários do Play Music, informando que o Google fornecerá a eles uma maneira de transferir facilmente suas músicas no futuro. Nele, a empresa também afirma que o serviço ainda não está indo a lugar algum e que "o avisará com bastante antecedência" antes de retirá-lo. Essa pode se tornar uma das melhores transições de serviço da história da empresa - enquanto isso, os fãs da Caixa de entrada ainda carecem dos recursos prometidos no Gmail.

fonte: Android Police via Google


Novidades no Google Contatos: Sugestões de Outros contatos

O aplicativo Google Contatos pode encontrar pessoas que você não salvou em sua conta, até mesmo aquele amigo que lhe enviou um e-mail uma vez há seis anos.

fonte: Android Police
A Google mantém uma lista de todos os contatos que você possui ou recebe um email no Gmail. Mesmo se você não adicionar essa pessoa aos seus contatos, poderá encontrá-los facilmente na categoria "Outros", acessível em contatos.google.com.br/other. No entanto, não havia como chegar a essa lista no aplicativo Contatos no Android. A Google agora retificou essa supervisão, mas apenas nos resultados de pesquisa.

Simplesmente comece por digitar um nome no aplicativo Contatos e você obterá sugestões dos seus contatos salvos primeiro, seguidos por "Outros contatos" das suas várias Contas da Google. Tocar em qualquer um deles revelará todos os detalhes associados a eles e você poderá contatá-los facilmente ou salvá-los adequadamente em seu catálogo de endereços.

fonte: Android Police
A novidade agora é que os Outros contatos (de contacts.google.com/other) agora aparecem nos resultados de pesquisa.

O recurso foi anunciado recentemente no changelog do aplicativo, mas podemos vê-lo em ação nos mais recentes Contatos v3.17.1 e em um v3.15.2 muito mais antigo, deixando-nos pensar que ele estava ativado pelo servidor ou que estava rolando lentamente por um tempo. Independentemente de quando ele apareceu, a opção parece estar disponível para todos agora, e você pode obtê-lo baixando o aplicativo da Play Store ou fazendo o download no APK Mirror.

fonte: Android Police
Google