sexta-feira, 21 de maio de 2021

Piadas de amante 3ª parte

Porque piadas de amantes? Vou fingir que acredito que aquele "funkeiro lixo" pulou do prédio porque a esposa foi tirar satisfação, a coisa é bemmais profunda...
O sujeito está na cama com a amante quando ouve os passos do marido dela. A mulher manda-o pegar as roupas e pular pela janela.
Ele reluta, porque está caindo uma chuva forte. Mas, não tendo outro jeito, pula e cai na rua, no meio de uma maratona.
Ele aproveita e corre junto com os outros, que o olham de um jeito esquisito. Afinal, ele está pelado!
Um corredor pergunta:
- Você sempre corre assim pelado?
- Sim! - responde o amante - É tão bom ter essa sensação de liberdade...
Outro corredor pergunta:
- Mas você sempre corre assim pelado carregando suas roupas?
O sujeito não se dá por vencido:
- Eu gosto assim. Posso me vestir no fim da corrida e pegar o carro pra ir
pra casa.
Um terceiro corredor insiste:
- Mas você sempre corre assim, pelado, carregando suas roupas e com uma
camisinha no pinto?
- Só quando está chovendo...

A mulher recebe o amante em casa, enquanto o marido trabalha. Seu filho de nove anos chega da escola mais cedo, vê os dois juntos e se esconde no armário do quarto para espiar. O marido também volta para casa inesperadamente e a mulher resolve esconder o amante no armário, sem perceber que o filho já estava lá. O menininho diz:
- Ta escuro aqui...
O amante responde
- É... Ta mesmo...
Menino - Eu tenho uma bola de beisebol.
Amante - Legal...
Menino - Quer comprar?
Amante - Não, obrigado...
Menino - Meu pai está lá fora.
Amante - Ok, quanto?
Menino - Duzentos reais...
Algumas semanas depois, lá estão o garoto e o amante presos no armário novamente.
Menino - Ta escuro aqui.
Amante - É.... Ta mesmo...
Menino - Eu tenho uma luva de beisebol.
O amante, se lembrando da última vez, pergunta ao garoto:
- Quanto é?
O Menino:
- Setecentos reais.
Amante:
- Feito!
Dias depois, o pai diz ao garoto, pegue a sua luva e a sua bola de beisebol vamos lá no quintal para eu te ensinar como se joga.
O menino responde:
- Não posso, vendi a luva e a bola...
O pai pergunta:
- Por quanto você vendeu?
- Novecentos reais, responde o menino.
O pai, horrorizado, diz ao menino que isso não se faz, cobrar tanto de seus amiguinhos por coisas que custam barato, e leva o filho à igreja para que confesse para o padre. Chegando lá, o pai leva o menino ao confessionário e fecha a porta. O menino diz:
- Ta escuro aqui...
O padre responde:
- Nem vem! Eu não vou comprar mais merda nenhuma!

Três amigas, uma noiva, uma casada e uma amante decidiram fazer uma brincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro, máscara nos olhos e botas de cano alto, para depois dividir a experiência entre elas.
No dia seguinte, a noiva iniciou a conversa:
- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12 cm de salto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse: 'Você é a mulher da minha vida, eu te amo'. Fizemos amor apaixonadamente.
A amante contou a sua versão:
- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo! Quando abri a capa, ele não disse nada, me agarrou e fizemos amor a noite toda, na mesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!
Aí a casada contou sua história:
- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada, fiz depilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro, perfume em lugares estratégicos e caprichei: capa preta, corpete de couro, botas com salto de 15 cm , máscara sobre os olhos e um batom vermelho que nunca tinha usado.
Pra incrementar, comprei uma calcinha de lycra preta com um lacinho de cetim no ponto G. Apaguei todas as luzes da casa e deixei só velas iluminando o ambiente. Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:
- Fala aí, Batman, cadê a janta?

O céu estava ficando muito lotado, então São Pedro resolveu baixar um decreto: "Para entrar no céu a pessoa deveria ter passado por um dia terrível no dia da sua morte".
O decreto entrou em vigor imediatamente. Então, quando a 1ª pessoa chegou, São Pedro perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
- Já fazia muito tempo que eu estava desconfiando que minha mulher estava me traindo. Então, resolvi voltar para casa mais cedo e pegá-la em flagrante. Quando cheguei em meu apartamento, que fica no 25º andar, minha mulher estava enrolada numa toalha, muito nervosa, e agindo de uma forma suspeita. Comecei a procurar em todos os cantos da casa debaixo da cama, dentro do guarda-roupa, etc. Mas não encontrei ninguém.
Eu já estava desistindo de procurar, quando olhei para a sacada e vi o safado pendurado no parapeito da janela. Transtornado, peguei a vassoura e comecei a bater na mão dele, até que ele se soltou e caiu do 25º andar. Mas por infelicidade minha, ele caiu sobre um toldo que amorteceu a queda e não morreu. Fiquei com tanta raiva que peguei o que tinha de mais pesado dentro de casa, que era a geladeira, e joguei em cima dele. Só que eu me emocionei tanto que tive um ataque do coração e morri.
- Realmente seu dia foi terrível! disse São Pedro: pode entrar!
Chegou o 2º e São Pedro perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
- Bem, eu estava fazendo meus exercícios diários na varanda do meu apartamento no 26º andar, quando escorreguei e caí. Por sorte, consegui me segurar no corrimão do apartamento abaixo do meu (25º andar). Já estava quase conseguindo me levantar, quando apareceu uma mulher enrolada em uma toalha e um maluco começou a bater nas minhas mãos com um cabo de vassoura, então cai. Mas como um toldo amorteceu minha queda, não morri e lá estava eu todo dolorido tentando me levantar, quando o
mesmo maluco jogou uma geladeira em cima de mim.
São Pedro começou a rir e disse:
- Já entendi tudo. Pode entrar!
Depois de mais cinco minutos, chegou o 3º candidato. E como de costume, São Pedro lhe perguntou:
- Como foi seu dia, como você morreu?
E o rapaz meio tonto respondeu:
- Olha, o senhor não vai acreditar... Mas eu estava pelado dentro de uma geladeira, e até agora não entendi o que aconteceu...

A mulher está na cama com o amante quando ouve o marido chegar.
- Vai logo recomendando ao amante:
- Depressa, fique de pé ali no canto, rapidamente, ela cobriu o corpo do amante com óleo e sapecou talco por cima. E acrescentou:
- Não se mexa até eu mandar. Finja que é uma estátua. Eu vi uma igualzinha na casa dos Almeida. Nisso, o marido entra e pergunta:
- O que é isto? Ela, fingindo naturalidade:
- Isso? Ah, é só uma estátua. Os Almeida botaram uma no quarto deles.. Gostei tanto que comprei esta igual para nós. E não se falou mais da estátua. As duas da madrugada, a mulher já está dormindo e o marido ainda vendo televisão. De repente, o marido se levanta, caminha até a cozinha, prepara um sanduíche, pega uma latinha de cerveja e vai para o quarto. Ali, se dirige para a estátua e diz:
- Toma, filho da puta, come e bebe alguma coisa. Eu fiquei dois dias, que nem um idiota, no quarto dos Almeida e nem um copo de água me ofereceram.

O marido chega em casa às 18 horas e diz para a mulher que teria uma reunião às 22 horas mas que ele não iria porque isto era um abuso. Mas a mulher, preocupada com o marido, o convence que o trabalho é importante. O marido então vai tomar um banho para se preparar e pensa (foi fácil enganá-la). Como toda mulher, quando o homem entra no banho ela revista o bolso de seu paletó. Encontra um bilhete onde nele estava escrito:
'Amor, estou esperando por você para comermos um pato ao molho branco'.
A mulher coloca o bilhete no lugar e quando o marido sai do banho encontra sua mulher com uma roupa sensual e toda fogosa. O marido não perde tempo e parte para o rala e rola. A mulher dá-lhe um trato tão caprichado que, ao final, o marido adormece. Quando vai chegando a hora a mulher acorda o marido, que não quer mais ir à reunião, mas novamente ela o convence. Ao chegar na casa da amante o marido, cansado, diz à amante que hoje trabalhou muito e que iria tomar um banho e descansar um pouco. Como toda mulher, ao ele entrar no banho revista o bolso do paletó, e encontra um bilhete onde estava escrito: 'O pato foi, mas o molho branco ficou todo aqui'.


fonte: Blog do Pereira

fonte: AsMetro - SN





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Linkem me:

Related Posts with Thumbnails
Google