quinta-feira, 16 de julho de 2020

Novidades no Chrome: A versão 84 lançada e adeus Chrome Duet

O Chrome 84 remove a interface do Duet, testa o alternador da guia inferior, bloqueia algumas notificações intrusivas e muito mais. Descanse em paz, Chrome Duet!

fonte: Android Police

O Chrome 84 entrou na versão beta há apenas algumas semanas, mas já está sendo lançado no canal estável em todas as plataformas. Esta é uma das atualizações mais significativas do Chrome que já vimos há algum tempo, com alguns recursos removidos e novas funcionalidades para pessoas comuns e desenvolvedores. Vamos mergulhar direto!

RIP Chrome Duet

Existem várias versões de uma interface da barra inferior sendo testadas no Chrome para Android há vários anos. Primeiro foi o 'Chrome Home', que moveu toda a barra de endereços para a parte inferior da tela, que mais tarde foi reformulada para 'Duplex', depois renomeada para 'Duet' para evitar confusão com o recurso do Google Assistente com o mesmo nome. Agora parece que o experimento de interface de longo prazo se foi para sempre.

Chrome Duet no Chrome 83, fonte: Android Police
O Chrome 84 removeu os dois sinalizadores de recursos do Duet, o #enable-duet-tabstrip-integration e o #enable-chrome-duet. Eles ainda podem ser vistos na lista de sinalizadores no Chrome 84 se você ativar o #temporary-inexpire-flags-m82 e o # temporary-inexpire-flags-m83, mas mesmo depois disso, os sinalizadores do Duet não parecerão funcionais. Os sinalizadores não expirados também têm uma descrição que diz: "Esses sinalizadores serão removidos em breve", indicando que o Duet provavelmente desapareceu definitivamente.

Embora pareça que a saga Chrome Home/Duplex/Duet finalmente tenha chegado ao fim, a Google pode ter outras idéias para o que poderia acontecer na parte inferior da tela... como um alternador de guias?

Faixa de guias condicionais

Uma possível substituição para o Chrome Duet poderia ser a 'Faixa de guias condicionais', que apareceu pela primeira vez como parte do recurso de grupo de guias do Chrome (que ainda não foi totalmente implementado no Android). A Google está desacoplando a faixa de guias do recurso de grupo de guias, para que possa funcionar se os grupos de guias estão sendo usados ​​ou não. Apenas vá em chrome://flags # enable-condicional-tabstrip e defina-o como 'Ativado'.


fonte: Android Police
A parte "condicional" do nome parece vir do fato de que nem sempre aparece, mesmo quando o sinalizador está ativado. O sinalizador parece não funcionar para todos, mas apenas para um um grupo de usuários.

Atalhos de aplicativos

Aplicativos nativos no Android puderam definir atalhos, as ações rápidas que aparecem quando você pressiona o ícone de um aplicativo, desde o Android 7.1. A partir do Chrome 84, os aplicativos da Web adicionados à tela inicial também podem ter atalhos. Assim como nos aplicativos nativos, você pode pressionar um atalho para criar um ícone próprio.

Exemplo de um PWA (PhotoStack.app) com atalhos de aplicativos, fonte: Android Police
Não é muito trabalhoso para os desenvolvedores adicionar suporte a atalhos para seus aplicativos Web, o Twiter já o fez e qualquer um pode adicionar ao aplicativo PhotoStack em cerca de 30 minutos (a maior parte do tempo é para gerar os ícones).

Embora a Google diga que o aplicativo de atalhos deve estar disponível para todos no Chrome 84, pode ser que não apareça por padarão na versão estável. Talvez esteja ligado a uma distribuição do lado do servidor ou seja um pouco mais complicado.

API OTP da Web

Existem muitos serviços que usam números de telefone para verificação ou autenticação de dois fatores, mas isso geralmente exige a saída do aplicativo atual e a leitura de uma mensagem do seu aplicativo SMS. A Google introduziu uma maneira dos aplicativos Android nativos lerem automaticamente os textos de verificação em 2017 e agora a empresa está trazendo o mesmo recurso para os aplicativos da Web.

Eis como funciona: quando um site envia um texto de verificação, ele pode adicionar uma sequência de caracteres ao final da mensagem que informa ao navegador para qual site/aplicativo ele se destina. O Android exibe uma solicitação perguntando se o Chrome deve ler a mensagem e passá-la ao site. Se você aceitar, o Chrome o preencherá automaticamente, não é necessário mudar para o aplicativo de mensagens.

fonte: Android Police
O problema é que, assim como nos aplicativos Android nativos que usam essa funcionalidade, os sites precisam ser atualizados para aproveitar a nova API de preenchimento automático. E quem usa site de um bancvo, torce para que ele adicione o suporte logo antes da morte pelo calor do universo.

Bloqueando algumas solicitações de notificação

O Chrome já tomou medidas para impedir que todos os sites ocultos criem pop-ups de notificação, já que você normalmente precisa interagir por um tempo antes de poder exibir o prompt no nível do navegador, mas agora o navegador está indo um pouco mais longe.

fonte: Android Police
A Google agora está reprimindo sites que bloqueiam partes (ou a totalidade) da página até você permitir notificações. "Os avisos de notificação abusivos são uma das principais reclamações de usuários que recebemos sobre o Chrome", escreveu a empresa em um post no blog. "Uma grande porcentagem de solicitações de notificação e notificações vem de um pequeno número de sites abusivos".

A Google notificará os sites pelo Search Console se a empresa detectar experiências de notificação abusivas; nesse momento, o site terá 30 dias para remover o comportamento ou a interface mais silenciosa entrará em ação.

Alterações de segurança

Transport Layer Security, ou TLS, é a tecnologia usada pelos sites HTTPS para garantir que todos os dados sejam transferidos por uma conexão segura. TLS 1.0 e 1.1 são bastante antigos neste momento - foram lançados em 1999 e 2006, respectivamente. O TLS 1.0 é vulnerável a vários tipos de ataques, incluindo POODLE, enquanto o TLS 1.1 suporta criptografia fraca.

fonte: Android Police
O suporte descontinuado do Chrome para TLS 1.0 e 1.1 no início de 2019, com o lançamento do V72, mas o Chrome 84 adiciona um aviso adicional de página inteira a sites que não oferecem suporte ao TLS 1.2 ou posterior. Você ainda pode visitar as páginas pressionando 'Avançado' e seguindo o link do site, mas o navegador avisa que a solução alternativa será "desativada no futuro".

Em uma nota relacionada, o Google começou a testar o bloqueio de downloads HTTP de sites HTTPS. Ele estava originalmente previsto para começar no Chrome 81, mas foi adiado para o V84. No entanto, o Chrome no Android não começará a bloquear esses downloads até o Chrome 85.

Outras características

Como sempre, esta atualização inclui alterações para usuários e desenvolvedores. Aqui estão algumas pequenas alterações incluídas no Chrome 84:
  • Teste de origem: a nova API de armazenamento de cookies permite que os técnicos de serviço usem cookies HTTP.
  • O espaçamento entre os itens nas CSS Flexboxes agora pode ser criado usando 'calhas'.
  • Teste de origem: a nova API de detecção de ociosidade permite que as páginas digam com precisão quando o usuário está ocioso (o mouse não está se movendo, sem pressionar as teclas, etc.).
  • Teste de origem: os sites agora podem optar por um isolamento mais forte com a nova API de isolamento de origem.
  • A API do Web Authenticator pode ser usada a partir de quadros de origem cruzada, se ativada por uma política de recurso. O Google afirmou que "há interesse nos bancos que usam isso para cumprir os regulamentos PSD2 na UE, onde eles precisam autenticar seus usuários no contexto de um site de um provedor de serviços de terceiros. Segundo, alguns sites desejam terceirizar sua autenticação para terceiros. fornecedores de terceiros ".
  • A API Screen Wake Lock está ativada por padrão e permite que os sites mantenham sua tela ativada em determinadas situações.
  • O Chrome 84 inclui um novo sinalizador para a API de Feeds de mídia (Media Feeds API), que parece ser uma interface de recomendação de conteúdo para sites, de acordo com a documentação agora removida. O recurso ainda não parece funcional.
  • Há uma nova API de acesso à área de transferência bruta ( Raw Clipboard Access API) escondida atrás de uma bandeira, que permite que os aplicativos da Web copiem / colem imagens e outros dados brutos, em vez de apenas texto.

Baixar o APK

O APK é assinado pela Google e atualiza seu aplicativo existente. A assinatura criptográfica garante que o arquivo é seguro para instalar e não foi violado de forma alguma. Em vez de esperar que o Google envie esse download para seus dispositivos, o que pode levar dias, faça o download e instale-o como qualquer outro APK.


fonte: Android Police via Chrome Platform Status, Web.dev, Chromium Blog (1)(2), Google Developers

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google