quarta-feira, 4 de março de 2020

Conheça todos os novos recursos do Android 11 vistos até agora

A Google liberou a primeira prévia para desenvolvedores do Android 11 nos dispositivos Pixel na semana passada. Ela apresenta novos recursos e funcionalidades que vão aparecer na edição final do sistema operacional. .

fonte: Android Police
O Android 11 versão para desenvolvedores foi lançado pela Google há duas semanas. A lista abaixo mostra algumas mudanças/novidades do que foi visto até agora graças aos informantes e leitores do AP, e peço desculpas pelos termos traduzidos ou não, já que tem muita coisa nova.

A Google publicou uma linha do tempo completa de seus lançamentos de pré-visualização, que incluirão três Pré-visualizações do Desenvolvedor e três Betas em uma cadência de cerca de um por mês até a versão final chegar em algum momento no terceiro trimestre:

fonte: Android Police
Segue abaixo uma pequena lista por enquanto, de todos os novos recursos do Android 11 que vimos até agora, mas pode ser que ela aumente.

A lista de recursos do Android 11

Recursos do Android 11 totalmente novos:


  • Recursos do power menu (menu de energia?):
- As carteiras de motorista digitais estão chegando ao menu "wallet" : o suporte para "armazenamento e recuperação seguros de documentos de identificação verificáveis", incluindo carteiras de motorista, está chegando em uma versão posterior.
- Aplicativos de terceiros também podem adicionar itens como cartões, programas de fidelidade e tickets à sua carteira.
- Pressionar e segurar o power menu dos controles domésticos inteligentes pode estar chegando: nada voltado para o usuário mudou, mas uma série de ajustes ocultos implica que podemos incluir controles de dispositivos domésticos inteligentes no power menu.
  • A nova opção de desenvolvedor de sobreposição de taxa de atualização se parece com Fraps: no Android 11, você pode acionar uma sobreposição que mostre sua taxa de atualização atual - útil para itens como problemas de depuração com os novos displays super-suaves de alta taxa de atualização. Além disso, parece um pouco com Fraps.
  • Gravação de tela embutida: ainda é um pouco problemática, mas a gravação de tela incorporada foi revelada (e depois desativada) com o Android 10 e de volta com primeiro lançamento do Android 11.
  • Modo avião Bluetooth com reconhecimento de contexto: se você estiver tocando música em fones de ouvido Bluetooth e alternar para o modo avião, o Bluetooth não será desligado e seus fones de ouvido continuarão ouvindo músicas. Uma das maiores frustrações eliminadas. (Tecnicamente, isso é uma modificação de um recurso existente, mas é bastante importante.)
  • Gesto de pausa para o Motion Sense do Pixel 4: um novo gesto de "mergulho" que permite reproduzir/pausar mídia foi adicionado no Android 11 para o Pixel 4, embora o aplicativo que entrega a atualização possa acabar sendo distribuído fora das visualizações do Android 11.
-  Os gestos do Motion Sense como um todo também parecem muito melhores no Android 10.
  • As notificações de bolha estão de volta: aparecidas no Android 10, as notificações de "bolha" no estilo cabeça de bate-papo estão no Android 11, oferecendo grandes obstruções não transparentes como ícones para fornecer aviso imediato de mensagens e outros conteúdos.
  • O "compartilhamento de bateria" sugere o carregamento reverso para o Pixel 5: um detalhe oculto no primeiro lançamento do Android 11 mostra um novo recurso "compartilhamento de bateria" para o carregamento reverso de outros dispositivos usando o telefone - provavelmente sem fio, como no Wireless Powershare da Samsung. Se estão adicionando agora, há uma chance decente de vê-lo estrear em um futuro Pixel.
  • Mostra o suporte ao codec Bluetooth dos fones de ouvido: em vez de confiar nas fichas técnicas ou procurar no Wireshark, o Android 11 simplesmente mostra quais codecs de áudio os fones de ouvido suportam (através de um menu de seleção de codec de opções do desenvolvedor).
  • Histórico de notificações: a Google está trabalhando em uma nova maneira de visualizar notificações passadas como parte da renovação geral da notificação no Android 11.
  • Gesto de toque duplo traseiro para telefones Pixel: o Android 11 possui um recurso oculto que cria um novo gesto de toque duplo, personalizável para vários recursos, dando aos Pixels (e talvez outros dispositivos Android) um novo gesto/gatilho para ações.
Ajustes visuais
  • "Conversas" possuem seu próprio grupo de notificações: uma nova seção "Conversas" para notificações de aplicativos de mensagens agora tem prioridade sobre outros tipos de notificação.
- Elas também recebem um menu de pressão longa diferente em comparação com outros tipos de notificações, incluindo a opção de mover uma determinada notificação para um balão.
  • O menu Não perturbe é reorganizado: é uma nova versão do Android, e a Google não seria a Google se não encontrasse uma maneira de configurar algo sobre o Não perturbe novamente. Desta vez, é uma reorganização em torno de três tipos de notificações: de Pessoas, Aplicativos e Alarmes e outras fontes.
  • O registro de notificações ocultas ganha uma nova aparência: é um pouco menos útil no momento, mas a Google lançou um log de notificações reprojetado com o Android 11.
  • O teste oculto divide as notificações das Configurações rápidas: como nos velhos tempos do Android 4.X, a Google aparentemente está testando as notificações de divisão das Configurações rápidas, embora a alteração ainda não seja voltada para o usuário e possa não ir a lugar algum.
  • Animações do Jiggly Pixel Launcher: o Android 11 oferece essa sensação de rolagem através da rolagem da sua tela inicial.
  • Opção oculta para alterar as cores do ícone Configurações rápidas: Com um comando ADB, você pode ativar/desativar o recurso, e comandos adicionais podem atribuir cores específicas. 
Alterações de privacidade e segurança
  • Permissões de aplicativo temporárias/únicas: o Android 11 adiciona a opção de conceder algumas permissões "Somente desta vez", para que você possa continuar a decidir caso a caso.
  • O armazenamento com escopo está de volta: introduzido no Android Q, tivemos uma suspensão de um ano antes que o armazenamento com escopo entrasse em vigor e ele estreará com o Android 11. Pode ser mais lento e interferir em algumas operações herdadas, mas a Google defende o efeito que terá sobre a privacidade do usuário, melhor armazenamento do aplicativo de sandbox. Alguns aplicativos também podem garantir isenções, como gerenciadores de arquivos e aplicativos de backup.
  • Negar repetidamente as solicitações de permissão irá bloqueá-las: se um aplicativo solicitar uma permissão duas vezes e for negada pelo usuário nas duas vezes, o aplicativo será impedido de solicitar a permissão novamente.
  • Toque extra para conceder permissões de sobreposição: os ataques baseados em sobreposição são uma séria preocupação para a plataforma Android. A partir do Android 11, os aplicativos que precisam de sua permissão não podem simplesmente levá-lo à alternância, eles só podem despejá-lo para o nível anterior, onde você deve navegar até a opção e ativá-la. É apenas um toque extra, mas pode fazer a diferença para quem concede cegamente permissões a malware.
  • Não há mais acesso ao local em segundo plano: embora os aplicativos possam solicitar uma isenção, a Google está pressionando os desenvolvedores a parar de permitir que os aplicativos solicitem acesso contínuo ao local, para que eles não possam reunir essas informações em segundo plano, apenas enquanto estiverem em execução e você estiver ciente delas. Todos os novos aplicativos devem atender a esse requisito até agosto e, em novembro, qualquer um que não atender a esse requisito será retirado da Play Store.
Modificações nos recursos existentes
  • O tema escuro capta os gatilhos do pôr do sol e de tempo personalizado: quando a Google finalmente implementou no Android um tema escuro no ano passado, estava faltando uma opção muito necessária para um gatilho automático, para que seu dispositivo não o cegue à noite, mas você ainda pode ter esse tema branco sobre preto para facilitar a visibilidade diurna. 
  • Os aplicativos que usam a câmera podem silenciar as notificações: Para impedir que um som de notificação ou vibração nocivo estrague uma foto ou vídeo planejado há muito tempo, os aplicativos que usam a câmera podem impedir que o dispositivo envie uma notificação.
  • Atualização da linha principal do projeto: o sistema que a Google introduziu no ano passado com o Android 10, que permitiu a atualização dos componentes do sistema pela Play Store, está se expandindo para oferecer suporte à atualização de mais módulos de sistema diferentes, elevando a contagem para 20. O resumo não técnico é que mesmo se você não receber atualizações do Android do fabricante do telefone, ele poderá permanecer seguro e obter novos recursos separadamente.
  • Fixar aplicativos na planilha / menu de compartilhamento está de volta: Introduzido no Nougat e eliminado no Android 10, a planilha de compartilhamento foi redesenhada e você pode fixar aplicativos para uso frequente novamente.
  • Rolagem / capturas de tela estendidas: embora a Google tenha rotulado a idéia como "inviável", a empresa posteriormente concordou em adicionar o recurso, e os primeiros sinais ocultos dele apareceram no Android 11, apesar de ainda não funcionar.
  • Opção para aumentar a sensibilidade ao toque do Pixel 4: isso pode acabar sendo exclusivo do Pixel 4 (até agora) e pode não funcionar no momento, mas o Android 11 nos trouxe uma alternância para aumentar a sensibilidade da tela de toque para uso com itens como protetores de tela. Outros telefones de outros fabricantes têm configurações semelhantes há algum tempo.
  • Teste oculto que integra controles de mídia nas Configurações rápidas: um teste ativado manualmente no Android 11 mostra que a Google pode estar experimentando mover controles de mídia para o menu Configurações rápidas.
  • Configuração de sensibilidade do gesto de costas: na verdade, talvez ainda não faça nada, mas uma atividade oculta que mostra opções de sensibilidade para o gesto de costas "navegação totalmente gestual" foi identificada no Android 11, semelhante à que vazou no Android 10 e que foi removida posteriormente .
  • A detecção de acidente de carro chega aos Pixels mais antigos por meio do aplicativo Android 11: graças à versão do aplicativo de segurança pessoal incluída no Android 11, você pode carregar a funcionalidade de detecção de acidente de carro nos Pixels mais antigos. Em testes com falha "simulada", parece estar geograficamente restrita ou ter outros limites de funcionalidade.
  • A abertura de links em outro aplicativo é apenas um toque agora, não dois: as configurações para "abrir links com" ainda não permanecem se um aplicativo é atualizado, mas a abertura de um determinado link  em um aplicativo agora é apenas um toque, em vez de dois toques (ou seja, tocando no nome do aplicativo e depois em "apenas uma vez").
  • Novo atalho de ampliação da tecla de volume.
  • Os problemas do servidor DNS são rotulados como tal: em vez de simplesmente fornecer uma notificação inútil "sem Internet", o Android 11 permite que você saiba se o servidor DNS personalizado pode ser o culpado por problemas de conectividade.
  • Foram detectadas toneladas de ajustes do Pixel Launcher
  • A desmontagem do Pixel Launcher mostra os próximos ajustes no "hotseat": uma desmontagem do Android 11 Pixel Launcher mostra que podemos receber aplicativos sugeridos no "hotseat", a área acima do widget de pesquisa do Google na tela inicial do Pixel, talvez como os aplicativos sugeridos já presentes em no topo da lista de aplicativos no Pixel Launcher.
  • O aplicativo de desmontagem/ajustes revela montes de possíveis alterações: a Google pode estar planejando ou pelo menos testando várias outras alterações do Pixel Launcher, incluindo ações que substituem a linha de sugestões de aplicativos no menu visão geral/multitarefa, ocultando sugestões específicas de aplicativos e nomeação automática de pastas.
Por dentro/ desenvolvedor / alterações de API
  • Os desenvolvedores terão um pouco mais de tempo para consertar as coisas para o Android 11: a Google está nos dando um "marco de estabilidade da plataforma" extra com as mudanças finais nas APIs do SDK/NDK, de modo que os desenvolvedores que estão correndo para criar o Android 11 têm até junho antes que as coisas sejam finalizadas. Os aplicativos na Play Store também não precisam ser atualizados para suportar as alterações até o final de 2021.
  • Melhor suporte para telas de borda curvada "em cascata": uma nova API que aumenta a API de recorte de tela existente ajudará os desenvolvedores a criar aplicativos para telefones com telas curvadas, permitindo que eles excluam determinados elementos de atingir os lados curvos e com tendência a toque acidental quando requisitado.
  • APIs mais restritas e não documentadas na inicialização: os desenvolvedores que usam APIs não públicas para fins específicos precisam garantir que seus aplicativos continuem trabalhando com novas restrições no Android 11.
  • O comando "Overscan" do ADB não funciona no Android 11: não temos certeza se é uma alteração intencional ou não pois a  Google nada disse ainda, mas o Android 11 eliminou o comando do ADB overscan, usado por muitos terceiros. aplicativos de terceiros que modificam a barra de navegação.
  • Suporte para reinicializações "suaves": não economiza muito tempo no momento, mas uma maneira um pouco mais rápida de reiniciar o software do espaço do usuário enquanto mantém os sistemas de nível inferior em execução foi adicionada no Android 11.
  • Instalador de imagem de sistema/DSU genérico: parece não funcionar no momento, mas um instalador interno para GSIs está presente no Android 11.
  • Testador de compatibilidade de aplicativos embutido: o Android 11 possui ferramentas para ajudar melhor os desenvolvedores a testar alterações na plataforma, habilitando-os e desativando-os individualmente para ver como eles podem interagir com os aplicativos.
A raiva que tenho é que os dispositivos Pixel não estão disponíveis no Brasil, queria poder ter acessos a todos esses recursos/novidades, pois com certeza, as outras fabricantes de smartphones com Android vão ferrar com este novo SO no futuro (vide o que a Samsung sempre faz...)

fonte: Android Police

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google