Postagem em destaque

08/12/1980, o dia em que o sonho acabou!

8 de dezembro de 1980. Uma data muito triste. Um dos maiores ícones da  cultura pop e do rock foi covardemente baleado com 5 tiros enquanto ...

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Facebook e as notícias falsas em feeds personalizados

Por mais que os engenheiros do Facebook configurem seus robôs para verificar se os links colocados nos feeds de seus usuários sejam falsos, nada é perfeito. Os algoritmos deixam alguns deles escaparem.

Notícias falsas infestam a rede social, e dizem que elas podem de uma certa maneira, influenciado as eleições americanas, o problema é que essas notícias apareciam contra os dois candidatos, e Zuckerberg negou veemente que elas tiveram algum fator importante no resultado do pleito americano, na ultima sexta-feira,durante um evento de tecnologia nos EUA.

Joy of Tech - Fake Facebook!

Aqui no Brasil, a rede está infestada de links com notícias falsas, desde política até de religião, por exemplo. Sites/blogs de direita e de esquerda, uns atacando os outros, porque isso virou lugar comum na rede ou sites religiosos propagando mentiras sobre a Ciência comprovando Deus e milagres e por aí vai.

E soma-se ao fato de a grande maioria dos usuários nem leem o que compartilham, disseminando ainda mais o problema.

No mesmo evento, Zuckerberg se mostrou preocupado com a quantidade de conteúdo falso pela rede social e afirmou que sua equipe vai se empenhar mais para filtrar o tipo de conteúdo que circula no feed dos usuários que acabam sendo enganados por histórias mentirosas que parecem ser verdadeiras.

O cientista Walter Quattrociocchi, disse ao The Washington Post, que o problema é que "quando o Facebook injeta seletivamente notícias falsas nos feeds diários de notícias altamente personalizadas, corre o risco de polarizar e alienar mais ainda seus usuários mais conspiradores".

Mas qual seria a solução? Contratar editores humanos (que é complicado por causa de milhões de links a serem verificados) ou melhorar ainda mais os algoritmos? Bem isso cabe à rede social decidir, e quanto à nós?

Eu acredito que ao se deparar com qualquer notícia, vinda de blogs ou sites não conhecidos, devemos antes ver se tem a fonte, ou fazer uma simples busca no Google. Dá até para desconfiar da notícia se o link e/ou título nada tiver a ver com o conteúdo, e se tiver imagem, faça uma busca pra ver se ela realmente é o que diz ser. Dá trabalho? Sim, mas evita você de ser mais um idiota compartilhando coisas inúteis!

Fontes: The Next Web, Washington Post e TechCrunch

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google