terça-feira, 21 de maio de 2019

Novidades no Google Agenda

A Google simplifica a criação de eventos no Google Agenda no Android, especialmente reuniões com outras pessoas e também apresenta uma nova interface.

Fonte: Android Police
A Google está melhorando a experiência do usuário no Google Agenda. A nova atualização simplifica o fluxo de criação de eventos: ao criar um compromisso, você terá a oportunidade de recolher a página de criação de eventos para voltar à grade da agenda sem perder suas edições. Graças a isso, você pode ver todos os seus eventos e identificar rapidamente se o item que está editando está em conflito com outros compromissos.

Fonte: Android Police
A Google também abordou o problema em que era muito mais difícil entender a disponibilidade das pessoas, graças a um novo recurso que exibe suas agendas ao lado da sua ao convidar mais participantes para a reunião. Ele também pode sugerir automaticamente tempos baseados nos slots mais convenientes que funcionariam para todos os participantes, mas parece que temos que tomar cuidado com esse recurso caso você esteja lidando com pessoas em fusos horários diferentes.

É bom saber que a empresa está facilitando a criação de eventos e identifica rapidamente erros que você pode cometer ao fazer isso. Quem sabe no futuro possamos usar o Assistente para fazer isso por nós, para que não tenhamos que nos preocupar em lidar com detalhes.

A Google diz que o recurso começa a ser distribuído agora para todos os usuários das edições do G Suite no Android e levará até 15 dias para ser exibido para todos, mas não está claro se o recurso está chegando às Contas pessoais da Google também. Essa nova interface parece já estar funcionando na versão 6.0.32 do aplicativo, mas a nova, 6.0.34 deve disponíbilizar para mais usuários.

Fonte: Android Police via Gsuite - Google

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Novo gerenciador de contas no Google Maps e adeus da foto de capa do Google+

O Google Maps tem novidades: agora apresenta um gerenciador de contas atualizado e se livra da foto de capa do Google+ no menu lateral.

fonte: Android Police


Na I/O 2019, a Google enfatizou um novo seletor de contas para vários de seus aplicativos, que permite gerenciar facilmente sua conta do Google, e em breve adicionaria um modo de navegação anônima ao Maps and Search. O seletor já está em exibição em vários aplicativos, como o Gmail, o Contatos, o Keep, e recentemente começou a ser lançado no Google app também. Agora, está chegando ao Maps também.


A mudança no Maps é bilateral. Primeiro, a gaveta de navegação recebeu uma pequena reformulação para remover a foto de capa do plano de fundo herdada do Google+ (assim como o Fotos fez há algum tempo), mas em vez de manter o seletor de conta, ela foi totalmente movida para a interface principal do aplicativo. Você encontrará na barra de pesquisa no canto superior direito, ao lado do ícone do microfone.


Nova interface, fonte: Android Police


Velha interface, fonte: Android Police
Ao tocar no seletor, você pode mudar para uma conta diferente, adicionar uma nova, gerenciar endereços de e-mail no seu dispositivo, mas o mais importante, é ter essa nova opção "Gerenciar sua Conta do Google". Isso abre rapidamente o myaccount.google.com para permitir que você altere a segurança, a privacidade, o histórico e todos os tipos de configurações para sua presença on-line do Google.

fonte: Android Police
E também há uma nova adição ao menu lateral do Google Maps no atalho do Google Earth: seus dados no Google Maps. Isso leva você diretamente a uma página nas configurações da sua Conta do Google, onde você pode ver tudo o que o Google conhece sobre você, desativar o histórico de locais, fazer o download dos dados do mapa e ler mais sobre como o Maps funciona com seus dados.

Se você ainda não tem a nova interface, aguarde. Essa mudança parece estar acontecendo no lado do servidor.

fonte: Android Police

E a dieta continua (tiras nostálgicas) consertar

Mais tiras nostálgicas! Os truques da segunda, raros dando presentes e como sempre, Jon se ferrando! As tiras abaixo foram publicadas em 1987, de 18/05/87 a 24/05/87. Divirta-se!









Obs.: As tiras aqui postadas são tiradas direto do Garfield Desktop Background, que vocês podem baixar nesse link.

domingo, 19 de maio de 2019

Como fazer backup de capturas de tela no Google Fotos

Aprenda neste artigo como fazer o backup das suas capturas de tela (screenshots) no Google Fotos.

fonte: Android Police
O Google Fotos é um aplicativo excelente para fazer backup das suas lembranças favoritas, desde fotos das férias até vídeos de seus animais de estimação. E as capturas de tela podem ser tão importantes quanto fotos e vídeos, quer sejam instantâneos de um mundo Minecraft que você construiu com um amigo ou uma conversa engraçada no WhatsApp. Felizmente, é muito fácil informar ao Google Fotos para fazer o backup de sua pasta de capturas de tela.

Primeiro, abra o aplicativo do Google Fotos em seu telefone. Toque no botão de hambúrguer (três linhas) no canto superior esquerdo da tela e selecione "Pastas do dispositivo" no menu lateral. Aqui você verá todas as pastas do seu celular que contêm imagens, incluindo as Capturas de tela. Encontre a pasta denominada Screenshots na lista e toque nela.

Toque em "Pastas de dispositivos", toque em "Capturas de tela" e ative a opção. fonte: Android Police
Quando a pasta Capturas de tela estiver aberta, tudo o que você precisa fazer é definir a opção "Backup e sincronização" na posição Ativada. Suas capturas de tela começarão a ser sincronizadas com a nuvem, e todas as capturas de tela que você excluir do aplicativo do Google Fotos serão removidas automaticamente do seu armazenamento na nuvem.

E pronto! Agora você pode ficar tranqüilo sabendo que suas capturas de tela serão salvas para sempre (ou até que você mesmo as apague). Tenha em mente que você terá que fazer isso em cada dispositivo de onde deseja salvar seus screenshots.

fonte: Android Police

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Google Podcasts agora faz download de episódios

O Google Podcasts agora pode fazer o download automático de novos episódios dos seus programas favoritos.

fonte: Android Police
O Google Podcasts começou com uma interface simples e uma funcionalidade ainda mais básica. No entanto, ao longo dos últimos meses, vem acrescentando alguns recursos legais, como a velocidade de reprodução, sleep timer, silenciamento, suporte automático, interface web, pesquisa de episódios, bem como um recurso especial baseado em transcrições completas de mostra com sugestões de pesquisa de palavras-chave. Mas agora o aplicativo recebeu um recurso que se encaixa na primeira categoria: os downloads automáticos.

Sim, depois de mais de sete meses de vida, o Google Podcasts está finalmente adicionando uma opção para fazer o download automático de novos episódios dos podcasts. Você pode desabilitar isso completamente, habilitá-lo apenas em WiFi ou também em sua rede de dados, e escolher quais podcasts para fazer download automático e quais não. No entanto, não há agendamento ou uma maneira de limitar isso apenas quando o telefone está carregando, portanto, tenha cuidado com a quantidade de podcasts que você permite, pois ele pode funcionar em horários inesperados durante o dia.

fonte: Android Police
O recurso foi exibido para alguns usuários durante um mês, embora pareça ser um switch do lado do servidor. É possível que você já tenha tido isso por um tempo, ou acabou de conseguir agora, ou talvez ainda esteja esperando por ele para chegar ao seu dispositivo. Para conferir, acesse Configurações no Google Podcasts e procure o item de download automático na parte superior.

Baixe o Google Podcasts na Play Store, se você gosta de ouvir podcasts!

fonte: Android Police

Piadas de promessas 3ª parte

O Mito prometeu e vai cumprir, e o Moro se ferrou. Existem promessas que não podem ser reveladas pois podem levar a mil interpretações. Que tal mais piadas de promessas?

quinta-feira, 16 de maio de 2019

A integração do Google Fotos com o Google Drive pode estar chegando ao fim

A pasta do Google Fotos pode parar de sincronizar com o Google Drive em julho. É o que mostra algumas linhas de código nos dois aplicativos que foram descobertas.

fonte: Android Police

O Google Drive e o Google Fotos sempre foram íntmos um do outro, porque o usuário pode visualizar suas fotos enviadas diretamente no aplicativo de armazenamento em nuvem do Google, apesar da empresa ter dificultado o acesso a elas no ano passado. Mas agora, algumas evidências apontam para o desmoronamento do dois ainda mais. As imagens enviadas para o serviço de imagens podem não estar mais acessíveis por meio do aplicativo Google Drive a partir deste mês de julho.

Durante uma desmontagem nas linhas de código, surgiram alguns strings que apontavam para esse fim. Basta ver por si mesmo:

Starting in July, your Google Photos library will no longer sync to Google Drive. All your files are safe in Google Photos.

"A partir de julho, sua biblioteca do Google Fotos não será mais sincronizada com o Google Drive. Todos os seus arquivos estão seguros no Google Fotos."

Your Google Photos folder is no longer syncing with Google Photos. Your photos are all safe in Google Photos.

"Sua pasta do Google Fotos não está mais sendo sincronizada com o Google Fotos. Suas fotos estão seguras no Google Fotos."

A primeira sequência provavelmente será exibida antes da segunda, para os usuários tomarem ciência de que suas bibliotecas não serão sincronizadas nos dois serviços da Google a partir de julho. A segunda provavelmente aparecerá assim que a conexão estiver completamente inativa. Este é também o lugar onde possa suspeitar que o texto vai aparecer.

fonte: Android Police
Vai ser triste e lamentável ver essa integração desaparecer, pois alguns usuários trabalham mais com o Drive do que com o Fotos. O serviço oferece mais opções, como renomear os arquivos subjacentes e movê-los facilmente para locais diferentes. Vamos apenas esperar que a Google não toque na integração dos serviços na área de trabalho, onde eles foram recentemente dobrados em um programa, em primeiro lugar.

Ainda não há evidências de que a integração está desaparecendo na internet e no aplicativo de desktop, apesar de que possa muito bem acabar desaparecendo também, afinal, por que a Google removeria essa integração somente no aplicativo?

fonte: Android Police

Novidades da Google: Controles de privacidade e acesso com um toque nas configurações de conta

Google lança acesso com um toque nas configurações de conta e recursos de privacidade em seus aplicativos além de permitir que o usuário exclua automaticamente seu histórico de localização e da sua atividade na internet.

fonte: Android Police
A Google implementou controles de privacidade para o primeiro plano com a introdução de interfaces revisadas em vários de seus aplicativos e novos recursos, como a capacidade para os usuários excluírem automaticamente sua localização e histórico de atividades na web.

fonte: Android Police
Esse recurso funciona em um sistema cronometrado, permitindo que o usuário defina por quanto tempo deseja que a Google mantenha o que sabe sobre onde foi, quais sites foram visitados e como usar seus aplicativos do Google. Agora temos duas opções: 3 ou 18 meses. Após o período definido, os dados pertinentes serão excluídos da sua conta.

Esses controles já estão sendo lançados para todos. Portanto, verifique-os nas seções Histórico de locais e Atividade na Web/Aplicativo. A empresa informou que a exclusão automática chegou nessas áreas primeiro, e com certeza veremos em outros serviços da empresa.

Além dessas novidades, foi apresentado na I/O 2019 uma maneira fácil de acessar as configurações da conta do Google, bem como a navegação no modo de navegação anônima.

fonte: Android Police

A mudança mais aparente está na forma do avatar do usuário que fica no canto superior direito de determinados aplicativos. Ao tocar na foto, abre-se um menu no qual os usuários podem optar por gerenciar as Contas do Google no dispositivo, além de alterar as configurações da conta, facilitando o controle de quantos dados a empresa receberá.
fonte: Android Police
O novo menu de toque já foi disponibilizado no Gmail, Drive, Contatos e Google Pay desde a semana passada. E até o final deste mês, já estará na pesquisa, no Google Maps, no YouTube, no Google Chrome, no Assistente do Google e no Google Notícias, se bem que alguns usuários do feed do Discover e da pesquisa já receberam tal novidade.

Além disso, temos o modo de navegação anônima introduzido no Google Maps e no YouTube, recurso que impede a empresa registrar os locais e os vídeos que os usuários procuram, mas também deve-se observar que o modo também estará em pesquisa. O modo de navegação anônima pode ser acessado pelo menu de um toque.

A empresa também está destacando seu novo perfil de aprendizado de máquina chamado aprendizado federado, onde é capaz de extrair dados de usuários sem saber de quem ou de onde veio. Ele já está em uso no Gboard para sugerir palavras geradas pelo usuário após milhares de instâncias para outros usuários.

fonte: Android Police
Como pode ser visto acima, fica mais fácil acessar as configurações de privacidade na tela inicial. Basta tocar na sua foto do perfil da Conta do Google.

fonte: Android PoliceAndroid Police

quarta-feira, 15 de maio de 2019

O aplicativo do Gmail está integrado ao Google Tarefas

A Google abandonou completamente o serviço de Tarefas autônomo por um longo tempo e criou a funcionalidade de lembrete no falecido Inbox, no Keep e no Assistente. No ano passado, no entanto, uma reformulação do Google Tarefas surgiu do nada, e se integrou com o Gmail na internet. Agora, a atualização mais recente do aplicativo do Gmail traz essa funcionalidade para o Android.

fonte: Android Police
Para adicionar um e-mail ao Google Tarefas, basta abrir o menu flutuante (o menu de três pontos) e clicar em "Adicionar às tarefas". Uma mensagem do brinde na parte inferior da tela irá dizer-lhe que você criou a tarefa com sucesso, e você pode até ir direto para o aplicativo Tarefas pressionando "Exibir". Se você não o tiver instalado, clique em "Adicionar às tarefas" para acessar a listagem da Play Store do aplicativo.

À esquerda: "Adicionar a tarefas" na parte inferior do menu de estouro é novo. Meio: Um aviso reconhece a nova tarefa. Direita: Clicar em "Visualizar" leva você para o aplicativo Tarefas. fonte: Android Police
Com a morte do Inbox, esse recurso perdeu a simplicidade que tinha mas é salutar que a atribuição de tarefas aos e-mails tenha chegado ao Gmail. Você pode adicionar notas e ver as tarefas dentro da sua caixa de entrada, enquanto você precisa alternar entre o Gmail e o Tasks para obter a mesma funcionalidade.

Essa nova opção está presente na última versão do Gmail, e se você não quiser esperar que o recurso seja lançado pelos servidores da Google, pode fazer o download do aplicativo no APK Mirror.

fonte: Android Police

A Google parece estar sendo investigada na Índia

A Google supostamente está sendo investigado por autoridades indianas por causa de reclamações de antitruste.

Fonte: Android Police
À medida que a Google começou a crescer,  cada vez veio se tornando um alvo para ações judiciais antitruste. A empresa recebeu ordens para permitir que os usuários escolhessem seu mecanismo de busca preferido na Rússia, e os cidadãos da União Européia agora tem que selecionar seu navegador favorito como resultado de multas. De acordo com um relatório da Reuters, a Índia ordenou uma investigação de reclamações antitruste semelhantes às levantadas na Europa.

Embora os detalhes sobre as reclamações específicas não sejam públicas no momento, uma fonte disse à Reuters que eles são muito semelhantes aos registrados pela União Europeia. Nesse caso, autoridades disseram que a Google forçou fabricantes a pré-instalar o Google e o Google Chrome, prejudicando a concorrência de navegadores e provedores de pesquisa alternativos.

Rumores de uma investigação da Comissão de Concorrência da Índia (CCI) começaram a circular em fevereiro, e agora a organização iniciou oficialmente sua investigação. O processo pode demorar cerca de um ano, disse uma fonte à Reuters, e o CCI pode acabar com todas as acusações dao Google.

Embora alguns possam ver essas queixas como bobagens, especialmente porque o Android permite que os usuários alterem seu navegador padrão (e o Google Chrome tem várias opções para os mecanismos de pesquisa), a Google comanda uma participação de mercado significativa na Índia. O país é um dos principais mercados do Google, com produtos como o Android Go e o Duo voltados principalmente para usuários indianos.

Sério, eu não consigo ver antitruste neste caso. A empresa cria um SO com vários aplicativos seus e agora é obrigada a promover produtos de terceiros? O usuário tem a opção de usar o aplicativo que quiser via Play Store e isso já basta na minha opinião. As outras empresas que criem seus próprios SOs e aplicativos. Estarei errado? Me corrijam nos comentários.

Fonte: Android Police via Reuters

terça-feira, 14 de maio de 2019

O Beta do recurso Colorize pode estar chegando ao Google Fotos em breve

Um ano depois que o recurso Colorize do Fotos foi mostrado, o chefe do Google Fotos diz que o Beta estará chegando "em breve".

fonte: Android Police
No ano passado, a Google tinha anunciado novos recursos para o Google Fotos, o Color Pop e o Colorize. O Color Pop permite que os usuários apliquem facilmente um filtro preto-e-branco ao fundo de uma foto para dar ao sujeito um "pop" legal, foi implementado poucos dias depois da E/S de 2018. Já o Colorize, ficou sob o radar por um todo ano. Na conferencia I/O deste ano, a empresa apresentou um programa beta para testar a ferramenta.

O recurso de colorização auto-explicativo foi introduzido no ano passado como um truque para dar vida a fotos antigas em preto-e-branco, e foi apresentado como uma das melhorias possíveis com o aprendizado de máquina TensorFlow.

É claro que uma demonstração de 20 segundos não conta toda a história da pesquisa e do desenvolvimento do Colorize, mas o que não ajuda é o fato de que, literalmente, nenhuma notícia foi dada sobre o assunto até então. No Twitter, David Lieb, líder do Fotos, reagiu ao silêncio da empresa sobre o Colorize e disse que o recurso ainda estava em andamento.

A cor é tudo que importa para transformar uma imagem, logo a barra de precisão é bastante alta e o trabalho é difícil o suficiente para os humanos executarem. Os desenvolvedores de IA podem encontrar alguma ajuda no uso de uma nova ferramenta chamada TCAV, destacada na I/O deste ano, para analisar como eles podem treinar melhor a "visão" de suas redes neurais.

Lieb continuou esse post com outro dizendo que sua equipe espera abrir um Beta para testar o recurso, mas ainda não há um cronograma.

Fonte: @dflieb (1), (2)

Agora é oficial, o Google Podcasts está na internet

Lembra-se desse truque de alterar o link do Google Podcast para ouvi-lo na internet em sua área de trabalho? Pois bem, a Google acaba de oficializar esse recurso.

fonte: Android Police
Você não precisa mais usar a solução de trocar o link para acessar os podcasts na internet. A Google adicionou o suporte para podcasts na sua Pesquisa.

Basta pesquisar o nome de um podcast ou de um episódio e clicar em Reproduzir. Você também pode visualizar toda a página do podcast e verificar as descrições dos episódios conforme mostrado na imagem acima. Parabéns Google!

fonte: Android Police

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Mais uma dieta (tiras nostálgicas) consertar

Mais tiras nostálgicas! Os truques da segunda, raros dando presentes e como sempre, Jon se ferrando! As tiras abaixo foram publicadas em 1987, de 11/05/87 a 17/05/87. Divirta-se!

sábado, 11 de maio de 2019

O que é um "contato herdeiro" do Facebook e por que você precisa de um?

Nesta postagem foi mencionada as contas "memoráveis", que são lápides digitais que ficam após a sua morte no Facebook. Portanto, aprenda o que é um contato "herdeiro" e porque você vai precisar de um(ou não) no futuro.

fonte: The Next Web
De todas as coisas que você vai fazer após perder um ente querido é limpar os seus perfis de mídia social. E mesmo quando você faz isso, pode ser desnecessariamente complicado, exigindo que seus entes queridos forneçam prova de sua morte, excluindo suas contas e, possivelmente, baixando suas informações para não perdê-las.

Se você quiser evitar todo esse problema, você pode usar o sistema herdeiro do Facebook. Isso permite que uma pessoa confiável cuide da sua conta após a sua morte e também transforma sua página de perfil em um memorial para sua vida.

O que é um "contato herdeiro"?

Se você tiver planos no futuro e já estiver morto, poderá escolher um amigo específico para cuidar da sua conta. Essa pessoa será o seu contato herdeiro e terá acesso limitado a sua conta após sua morte. Mas lembre-se que deve ser alguém em quem você confia plenamente (família com certeza não!).

fonte: The Next Web
Para designar um contato herdeiro, vá em configurações >> guia "geral" >> "Gerenciar conta". Também se quiser é possível desativar a sua conta enquanto estiver vivo. A partir desta página, você pode selecionar quais dos seus amigos (e claro, você deve ser amigo deles na rede social) você quer ser seu contato herdeiro. Depois disso, o Facebook envia um e-mail ao amigo explicando que você o selecionou e o que isso significa.

Se você não quiser que seu perfil seja registrado, também poderá solicitar que sua conta seja excluída depois que a comprovação da sua morte for enviada. Essa opção também está disponível na página "Gerenciar conta".

Responsabilidades do herdeiro

Bem você morreu e indicou um contato herdeiro. Primeiro, alguém terá que enviar a prova da sua morte para o Facebook. Para fazer isso, deve preencher um formulário de memorialização e inclua um obituário da pessoa. Depois que sua solicitação for processada, a conta será registrada e o contato herdeiro terá permissão de acesso. Uma conta memorializada é marcada pela palavra "Lembrar" sobre o nome da pessoa. Contas sem um contato herdeiro não podem ser modificadas.

Um contato herdeiro não assume completamente uma conta memorializada. Eles não podem postar como falecido nem podem enviar mensagens em seu nome. Eles podem alterar o perfil e cobrir fotos, responder a solicitações de amigos e colocar uma postagem de tributo no perfil. Eles também podem baixar suas informações do Facebook para segurança.

fonte: The Next Web
Um membro da família (qualquer pessoa com autoridade sobre seu patrimônio, não apenas o contato herdeiro) também pode solicitar a exclusão da conta, em vez da memorização, mas isso requer um pouco mais de burocracia. De acordo com o Suporte do Facebook, você deve enviar uma análise do atestado de óbito ou, se você não tiver, um obituário e uma prova de autoridade - ou seja, a última vontade e testamento de sua pessoa amada ou procuração.

Memorial do Instagram

Embora não possua o recurso de contato herdeiro, o Instagram também possui um recurso de memorialização. Você pode usá-lo preenchendo este formulário e incluindo a prova da morte. Uma conta memorializada permanece do jeito quando o falecido a usou pela última vez, com fotos e vídeos intactos. Ela não parece diferente de uma conta ativa, mas não aparecerá mais na página pública do Explore.

O lado positivo disso é que o Instagram bloqueia a conta memorializada, isso significa que ela não pode ser conectada ou alterada de alguma forma. Sites que não têm esse tipo de sistema deixam as contas de pessoas falecidas vulneráveis ​​a hackers, algo que acontece com muita frequência no Twitter. De acordo com o suporte do Instagram, eles também “tentam evitar que referências a relatos memorizados apareçam no Instagram de maneiras que podem ser desagradáveis ​​para os amigos e a família da pessoa”.

Assim como no Facebook, pedir que uma conta no Instagram de um familiar falecido seja deletado é realmente mais difícil do que a memorização. Para realizá-lo, você precisa enviar suas certidões de nascimento e de óbito, bem como “comprovante de autoridade sob a lei local de que você é o representante legítimo da pessoa falecida ou de seu patrimônio”.

Lidar com as pontas soltas de um ente querido após a morte pode ser uma tarefa difícil. A indicação de um contato herdeiro no Facebook pode facilitar a tarefa de limpar sua vida digital.

Como não tenho amigos ou parentes, a minha conta que já é uma cidade fantasma, já que de uns meses pra cá, não tenho mais usado a rede, deverá continuar inóspita até o fim do Facebook ou quando um meteoro cair sobre o planeta dizimando a tudo e a todos! 😏

fonte: The Next Web

Crazy Links #508 - Homem-Aranha: Longe de Casa



E para vocês, posto 10 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Piadas de balbúrdia

Balbúrdia na Universidades federais! Esse novo ministro da educação é uma piada. Aliás, tudo nesse governo é uma piada pronta! Curtam abaixo piadas de balbúrdia!!!

quinta-feira, 9 de maio de 2019

As videochamadas em grupo do Google Duo começam a ser lançadas em alguns países

Usuários do Google Duo, regozijem-se! O aplicativo da Google possui agora o novo recurso de videochamadas em grupo, que começou a ser lançado em alguns países, e dentre eles, o Brasil!!!

fonte: Android Police

A Google vem trabalhando há mais de um ano, na implementação de videochamadas em grupo. Ao lado de uma prévia do recurso apresentado em dezembro do ano passado, não houve nenhum sinal real dele no aplicativo. Após o bug do FaceTime em janeiro, Justin Uberti, líder do Duo, mencionou que a "importância de obter [chamadas de grupo certas] não pode ser exagerada", levando-nos a acreditar que levaria algum tempo para eles chegarem ao Duo. Mas a hora chegou agora, quando as chamadas de grupo estão chegando aos usuários.

A Google da Indonésia foi o primeira a anunciar o recurso, como parte de sua preparação para o Ramadã, e Justin Uberti confirmou mais tarde que estava disponível em "regiões selecionadas". De acordo com alguns usuários, esse recurso começou a aparecer na Índia, Brasil e no México. Que mais tarde foi confirmado oficialmente pelo próprio Justin Uberti o lançamento desse recurso do Duo os países acima citados.

Além disso, há relatos de chamadas de grupos do Duo na Austrália, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Bélgica, Suécia, França e também no Líbano, significando que esse recurso deve estar lançado aos poucos em outros países. O engraçado é que não se menciona os EUA e o Canadá!

De qualquer maneira, quem já tiver esse recurso, agora pode ser capaz de fazer videochamadas em grupo selecionando até quatro contatos para chamar simultaneamente.

fonte: Android Police

fonte: Android Police

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Um resumo das novidades da Google anunciadas na conferencia I/O 2019

A Google realizou sua conferência anual de desenvolvedores ontem e anunciou um monte de itens interessantes, incluindo novos dispositivos Pixel econômicos, Android Q, melhores controles de privacidade e novos recursos de pesquisa.

fonte: The Next Web
Aqui está um resumo de algumas coisas incríveis que a empresa revelou:

Novos smartphones Pixel de baixo custo

A Google já tinha lançado alguns aparelhos de baixo custo pela primeira vez depois de descontinuar a série Nexus em 2016. Agora o Pixel 3a e o Pixel 3a XL são semelhantes aos seus primos mais importantes do ano passado, com a mesma câmera principal, mas com o tamanho despojado internals. A empresa está apostando na promessa de atualizações regulares de software e um bom snapper para atrair as pessoas que querem dispositivos populares como o iPhone Xr, o Samsung Galaxy 10e e o próximo OnePlus 7. Você pode conferir todas as especificações dos telefones aqui.

fonte: The Next Web

Novos recursos do Android Q

O Google lançou o primeiro beta do Android Q em março, mas ontem anunciou os recursos mais importantes voltados ao usuário com o terceiro lançamento beta. Aqui estão os que mais fascinam:
  • Um tema escuro amplo em todo o sistema (isso é o que o Google está chamando) está finalmente aqui.
  • Um recurso de acessibilidade que legenda automaticamente vídeos, podcasts e mensagens de áudio, em aplicativos, para pessoas com deficiência auditiva.
  • Finalmente temos um novo sistema de navegação baseado em gestos que elimina o botão voltar. Agora você pode deslizar a partir da borda esquerda ou direita para voltar.
  • Um programa chamado Project Mainline para enviar continuamente atualizações de segurança para os dispositivos, para que você não precise depender de fabricantes de dispositivos para obter atualizações de segurança menores.
  • Melhores controles para os pais por meio do Digital Wellbeing, incluindo a capacidade de controlar e monitorar os dispositivos de seus filhos.
Controle parental no bem-estar digital
  • Respostas inteligentes nas notificações, para que você possa responder rapidamente às mensagens de qualquer serviço, basta tocar em uma resposta sugerida.
O Google Home agora é o Google Nest

O Google parece adorar mexer com a gente constantemente renomeando ou matando produtos. Agora, ele renomeia sua frota de dispositivos domésticos inteligentes de Google Home para Google Nest. A empresa também disse que fornecerá controles granulares de privacidade e segurança aos consumidores e uma opção para mesclar a conta do Nest com a conta da Google.

Além disso, a  empresa revelou um monitor inteligente chamado Nest Hub Max, com uma tela HD de 10 polegadas e um preço de 229 dólares.

Nest Hub Max, fonte: The Next Web

Assistente do Google mais rápido

O CEO Sundar Pichai disse ontem que a empresa conseguiu encolher o tamanho do pacote de inteligência artificial que é responsável pela inteligência do Google Assistant. Como resultado, será muito mais rápido entender suas perguntas e responder a elas rapidamente.


Novos recursos de pesquisa


A Google está constantemente tentando melhorar sua oferta principal, que é a pesquisa, com novos recursos e funções. Em sua conferência de desenvolvedores, a empresa anunciou que está trazendo recursos visuais para pesquisa. As pessoas poderão usar os recursos de RA diretamente dos resultados da pesquisa.

fonte: The Keyword

Com a última atualização do Google Lens, você pode ir a um restaurante e escanear o menu para ver quais são os pratos mais populares ou como eles são. Esse é um recurso bastante útil quando você está viajando. Além disso, você poderá traduzir em qualquer lugar e ver o texto traduzido bem em cima do texto original.

fonte: The Keyword

Melhores controles de privacidade

No momento em que as empresas estão constantemente recebendo críticas por seus lapsos no tratamento de dados de usuários, o Google tentou garantir às pessoas que está levando a sério a privacidade de seus consumidores, introduzindo novos controles. A empresa está dando um toque de acesso à sua conta do Google na Pesquisa, no Google Maps e no Assistente para gerenciar seus dados com facilidade.

Além disso, você terá a opção de excluir automaticamente seus dados da Web e de aplicativos após 3 ou 18 meses (com a opção de excluir o histórico de locais no próximo mês). Um dos recursos de privacidade mais legais que o Google apresenta é o modo de navegação anônima no Google Maps e na Pesquisa, para que você possa iniciar uma sessão privada sem medo de ser rastreado.

Modo anônimo, fonte: The Keyword

fonte: The Next Web via The Keyword
Google