Postagem em destaque

08/12/1980, o dia em que o sonho acabou!

8 de dezembro de 1980. Uma data muito triste. Um dos maiores ícones da  cultura pop e do rock foi covardemente baleado com 5 tiros enquanto ...

domingo, 28 de janeiro de 2007

Sunday quickies

Domingo sem Magic, e esperando por amanhã, a volta ao trabalho na particular. Começo de ano é terrível, porque nunca se sabe quantas aulas vou ter, se o meu salário vai diminuir ou não. Pelo menos no estado, já sei que não terei um número suficiente de aulas, por causa do fechamento de classes, ou seja, terei que ir para outro colégio. Na próxima terça, e até sexta, vai ser um sofrimento para correr atrás dessas aulas.
Mas você não é efetivo no estado? Alguém me perguntou, sim, sou, nada poderia me tirar da escola, a não ser falta de aulas e o fato de eu ser o 2º a escolher. A pessoa que está na minha frente cata o que quer e eu fico com as sobras. Tem uma coisa nesse sistema que eu discordo, mas fazer o que? É melhor eu ficar de boca fechada senão vai sair merda.

Já está no ar o primeiro capítulo da
História da Raça Humana. Leiam e comentem.

Esse fim de semana foi um desatre para mim no Magic. Sexta encheu tanto a devir que na hora em que fui me inscrever, não havia mais vaga. Fiquei muito puto, porque certas explicações não me convenceram porque eu não poderia me increver se tinha 33 players.
Ontem, no torneio Legacy na
Devir, fiz 4x1 em cinco rodadas, perdi uma partida muito fácil de ganhar e sai da loja antes de saber qual foi a minha colocação(deve ter sido 3º ou 4º, pois havia mais dois caras com a mesma campanha). Fui para a Super, na vila mariana e encontrei vários conhecidos que curtem cinema e quadrinhos e fiquei por lá umas 2 horas, além de fazer minhas compras de comics habituais.
Hoje, não teve torneio na Devir , e também está tendo a final do Sampa-Minas em Ribeirão Preto, que de antemão eu não iria mesmo se conseguisse a vaga (eu havia concedido em outro torneio).

Mas a grande notícia do dia é o
anúncio que o Aerosmith anunciou uma turnê mundial e nas próximas horas os locais e datas. Será que 13 de abril é o dia? Estou em estado de alerta!

That's all folks!

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Detalhes

Estão dizendo por aí:

- Tá doido, Cidão?
- Tá pirando na batatinha?
- Andou fumando?
e outras coisas do tipo...

Mas a verdade é que tive um sonho, e essa visão vou tentar descrever em
www.truthmustbetold.blogspot.com. Se estou perdendo a minha sanidade, eu realmente não sei, mas para mim Gwemmni é tão real quanto qualquer outra.
Os posts serão semanais ou quinzenais, dependendo do que a minha mente possa decifrar ante as maravilhas que ela presenciou. Por duas vezes, ela apareceu, e ainda estou embriagado pelo que aconteceu. Ela me fez uma promessa. E eu vou pagar para ver!

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Quickies!


A MTV Brasil morreu! Longa vida a VH1Brasil!

Finalmente na Net o canal VH1. Agora sim tenho um canal de música de verdade. Só espero que a versão brasileira do canal não o estrague como fizeram com a MTV, que hoje se tornou a Merda TV, alias, a mudança da programação já é o prenuncio de seu fim, e já vai tarde.

Timão meu amor!

Estou vibrando de felicidade. Meu timão começa o ano arrasando e sem medalhões. Se o timão continuar a golear, vou ter que fazer um estoque de latas de cerveja aqui em casa.
E os bambis estão chorando...


Visitem:

A verdadeira História da Raça Humana em www.truthmustbetold.blogspot.com

Não deixem de comentar!

13 é o dia!

Parece que o dia do show da maior banda de hard rock da América vai ser em 13 de abril. Nada ainda foi confirmado, mas já estou me aquecendo.

Total Non Stop Magic Weekend

Mais um fim de semana cheio de Magic chegando. Em tempo, não comentei nada sobre o fim de semana passada, bem, tanto na sexta quanto no sábado fiz 2x3 em dois torneis T2, onde um eu joguei de Izzetron e outro de Goblinstorm. No domingo aconteceu o pré-release de Planar Chaos e dropei na sexta rodada fazendo 3x3 com um deck BW.

Karma

Eu ainda continuo pensando nas quais eram as minhas opções antes de nascer. Será que essa atual era mesmo a “menos” pior?

Mau humor

Ele continua sempre presente ao meu lado. Aliás ele e a minha eterna depressão caminham lado a lado. Qual a finalidade de ficar dizendo a todos que passam bom dia, boa tarde ou qualquer outra merda? Não sou obrigado a sorrir para qualquer um que apareça na minha frente.
E ver o Ice T com aquela puta loiraça não me ajuda em nada!

Quadrinhos

O que eles estão querendo fazer (Marvel) com os meus heróis favoritos? Muitos boatos por aí dão conta que eles vão ou matar o Capitão América ou vão infestar as histórias de novo, com clones (será que a experiência com o Homem Aranha não os ensinaram?).

Mulheres

A quem possa interessar: Não me force a dizer “EU TE AMO”! Há muito tempo deixei de acreditar nessa frase. Ela só me deu dores de cabeças e muita depressão, além da que costumeiramente eu já tenho.

That’s all folks!

terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Karma ou o universo conspira contra mim!

Conversa vai, conversa vem, e o papo sobre religião sempre surge. Não faltam críticas a Igreja, bem como qualquer religião ou seita que se preze. Mas uma coisa me deixou muito intrigado. O conceito de karma. De acordo com o que foi me dito, todos nós ao viver, estamos pagando por coisas que fizemos em vida anterior, ou seja, já nascemos culpados!
Tudo que passamos e/ou sofremos, medo e/ou temor que sentimos, doenças e/ou aflições que temos, tudo tem explicação, e tudo está relacionado ao que éramos em uma outra vida, e que pelas leis, temos que pagar. Aí eu perguntei, mas nós não temos livre arbítrio? Sim, temos em vida, mas antes de nascer, nos é oferecido varias opções, e acabamos por escolher a “menos” pior... (desculpe o português, mas assim me foi dito).
E fiquei a imaginar... Um bebê que morre ao nascer ou dentro do ventre de uma mãe, deve ter sido uma escolha bem difícil, imagine quais foram as opções oferecidas. E a minha vida então? Será que eu fui pior que Átila, o Huno ou Hitler? Outra coisa, todos tem a sua hora, e quando ela chega, é implacável!

Não acredito em religião alguma ou na existência de um ser onipotente e onisciente, como um homem da ciência, acredito em energia, e dentro disso, creio que existe uma energia que nos dá a vida, e que quando morremos, essa energia atravessa dimensões, e ela pode voltar, é nesse sentido em que eu também creio na reencarnação. Mas por causa disso, não vou criar nem entrar em seita nenhuma. È algo bem mais racional, se é que você me entende.

Não acredito que evoluímos direto do macaco ou que algo divino nos fez sair da areia. Acredito na evolução que um ramo de primatas venha a ter tido, natural ou artificial. Veja bem, quando mencionei artificial, quis dizer que alguém ou algo acelerou geneticamente nossos antepassados, da mesma maneira que hoje brincamos com a clonagem. Seriam os deuses astronautas? Outro dia colocarei meus pensamentos sobre isso.

terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Essas coisas aumentam o meu mau humor...

Esse pessoal que me rodeia acha que estou nadando em dinheiro e ficam sempre pedindo coisas ou algum empréstimo e eu sempre recusando, e depois me xingam, como se eu fosse o culpado pela situação péssima que eles vivem, financeiramente falando.
Uma coisa que aprendi na vida é manter seu nome limpo, não importa o que aconteça; fez dívida? Pague, dane-se se vai passar fome, pague porque se não tinha condições, não devia ter feito. É assim que eu penso, é desse jeito que eu vivo. Sou solteiro, não tenho filhos nem responsabilidades, logo, gasto meu dinheiro do jeito que eu quiser.
É comum escutar certas pérolas do tipo, ele está nadando em dinheiro, e ficam com olho gordo nas coisas que tenho. Só que ninguém vê as contas que pago todo mês. Se eu compro, é porque tenho condição de arcar com a dívida, e é problema meu.
Se as pessoas se incomodassem mais com suas próprias vidas, em vez de se preocuparem comigo...
Tem muito cara que me critica e acha que pode dar palpites esdrúxulos e que se acha o supra sumo da sabedoria, mas que deveria se preocupar com o que acontece na sua própria casa, mais especificamente com aquela que dorme ao seu lado ou com suas filhas galinhas... ooopps, é melhor eu parar senão a coisa complica, (aliás, tem muitos assim, especialmente certos idiotas que moram na região ...), ainda mais com o meu mau humor está no máximo.

Neste segundo fim de semana já não fui tão bem nos torneios que participei, fiz 2x3 na sexta(T2), 1x3 no sábado(T4) e 2x3 no domingo(T4). Nada a declarar, cometi os mesmos erros de sempre. Próximo fim de semana tem mais.

E o tópico da vez é a cratera do Metrô. De quem é a culpa? O governo culpa as empreiteiras, que por sua vez culpam as fortes chuvas, e como ficam as pessoas que perderam tudo ou aquelas que não tem mais volta, ou seja, já partiram desta para melhor? Pelo que li e ouvi, essa tragédia poderia ter sido evitada antes, pois várias reclamações de tremores e rachaduras já tinham sido relatadas por moradores do local. Enquanto isso, certas redes de TV se esbaldam no sensacionalismo, pois ao invés de fazerem uma cobertura séria e crítica dos fatos, acabam por ficar horas e horas indo e voltando sempre ao mesmo lugar comum.

E para me deixar mais emputecido ainda, tem a situação do meu timão, que ninguém sabe quem manda, os jogadores vão embora, abandonam os treinos e a concentração, e o coitado do técnico é que tem que ficar se explicando para os jornalistas, quando deveria ter alguém da diretoria. Saudades do Vicente Matheus, que na sua mais alta ignorância em relação a língua portuguesa, comandava o clube com mãos de ferro, e o técnico era técnico, e jogador era jogador. Bons tempos aqueles...

E a maldita Nossa Caixa, que ainda não resolveu o meu problema. Banco de merda, cuja estrutura é pífia. Do jeito que estou, se eu aparecer por lá, saio direto para a prisão, pois vou causar mesmo.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Mulheres, complicações e prazeres sem fim!

Vou voltar a bater na mesma tecla, mulheres são muito complicadas e nunca vou entendê-las, e morrerei sem saber.

Já fico sempre com um pé atrás daquelas que parecem ser descoladas, liberais e que tem uma falácia sem limites. Elas adoram falar de suas peripécias, que são isso, ou aquilo e que topam tudo, e elas mesmas dizem que entre quatro paredes vale tudo. E aí você fica animado porque acha que achou a mulher da sua vida que vai realizar todos os seus sonhos e fantasias sexuais... Ledo engano. Da boca para fora fala-se qualquer coisa, mas na hora do vamos ver, as coisas são completamente diferentes, essas que são muito extrovertidas ao máximo, revelam-se ser conservadoras, reprimidas e totalmente dependentes que chegam a dar nojo. Já tive e continuo tendo minhas quotas de mulheres assim, e não aprendo. Só tomo na cabeça.

Agora, existem aquelas mulheres que são a primeira vista, normais, isto é, totalmente opostas àquelas que mencionei no início do parágrafo anterior. Você até fica com certo receio de chegar perto delas, pois suas atitudes a primeira vista, acabam por te deixar sem ter o que falar ou fazer. São aquelas chamadas de quietinhas! Mas na verdade, são vulcões em erupção. Se você conseguir atingir no ponto certo, elas se tornam insaciáveis e topam tudo sem nenhum receio. O problema, como mencionei, é como chegar nelas.

Na minha vida, devo ter tido umas duas ou três assim desse jeito. Lembro de uma que era até evangélica, quieta ao extremo, andava sempre de cabeça baixa, cobrindo seu corpo da cabeça aos pés, como manda a religião e fiel aos seus princípios, sempre com a Bíblia na mão. No momento em que eu soube como chegar perto, aquele anjo, de pura inocência, tornou-se um demônio que me devorou por inteiro e que me deixou totalmente sem forças para reagir. Dessa eu tenho saudade.

Como já escrevi por aqui, hoje não tenho mais paciência para investir numa relação. Não tenho mais saco para sair, marcar encontros, ir ao cinema, namorar e se dedicar a um relacionamento sério, na verdade estou naquela de “ou dá ou desce”. Já passei da idade de acreditar em amor ou qualquer coisa do gênero. Quero curtir minha solidão e fazer as coisas que gosto sem ter que me reportar à alguém. Ter hora para chegar em casa ou ter que dar satisfação. Queria ter uma mulher que fosse tão individualista e egoísta quanto eu, que fosse independente e que tivesse vida própria. Em minha opinião existe uma coisa que realmente segura um relacionamento: a confiança! Sem isso, qualquer relacionamento está fadado a ter o seu fim.

Mas voltando ao assunto em questão, mulher é uma coisa realmente complicada. Sempre digo que toda mulher deveria vir com um manual de instrução, pois cada uma tem suas neuras, manias e coisas do tipo. Para nós homens, é tão fácil entender um sim ou um não como resposta. Já para elas, tudo tem que ter um por que, uma explicação... e essas coisas realmente me deixam sem saco e como o meu mau humor é evidente, mando-as passear (para não dizer outras coisas...)!

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

Nossa Caixa, Magic Weekend e muito mau humor!

Para apimentar o meu humor, que tal uma ida ao banco para conversar com o gerente sobre cobranças indevidas numa conta na qual fui obrigado a abrir na Nossa Caixa, porque o governo do estado mandou? E o pior, eu a abri em agosto passado, e pelas regras estabelecidas, meu salário só iria cair agora em janeiro, mas colocaram coisas que eu não tinha pedido e cobraram juros e correções, que só descobri agora porque ia fazer uma transferência para o Banespa e não tinha o valor correto. Xinguei, falei cobras e lagartos, e o gerente muito puto não só comigo, mas também com um monte de servidores furiosos resolveu sair para almoçar e deixou todo mundo a ver navios. “Dê seus dados para qualquer um daqui, que verei seu caso depois, e pode pedir o cancelamento de tudo que colocaram na conta...”, disse ele.
A Nossa Caixa é uma droga de banco e não tem estrutura para receber os servidores do estado, que só na educação são mais de 200000!
Ou seja, a semana começou bem para mim.

Bem, saldo do primeiro Total Non Stop Magic Weekend de 2007:

Sexta: FNM, T2 na Devir, formato Two Headed Giant, (dupla com um colega), Campeão! Eu joguei de Izzettron e o meu parceiro estava de Boros.
Sábado: T1 na devir, 12 º lugar, fazendo 2x3 com o deck FCG.
Domingo: T4 na OZ, classificatório para o SP-Minas, TOP 4, com o deck Dirty Kitty(Goblins com Fecundidade e storm). Fechei com 3 vitórias, um empate e uma derrota, classificando para o Top 8 em 6º lugar, perdi no top 4 e ganhei mais de 30 reais em prêmios. Não joguei o top 4 para vencer pois os dois primeiros estariam classificados para a final em Ribeirão Preto, e como eu não iria para lá, eu concederia de qualquer maneira.
Foi um bom começo, e espero que nesse ano eu consiga a classificação para o nacional.

Frase de uma pessoa dita uns dias atrás:
“Nossa, Aparecido, você gasta dinheiro com tanta porcaria...”
E daí? Eu trabalho para isso e é um problema meu! Tem tantas pessoas que deveriam cuidar de seu próprio umbigo ao invés de criticar os outros.

Já estou de saco cheio de tudo isso. E depois me chamam de insociável, cínico e arrogante. Vão todos para o inferno.

Meu mau humor continua!

quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

Minhas intolerâncias, First 2007 Non-Stop Total Magic Weekend e Gravador de DVD

Chamam-me de intolerante, insensível e coisas do tipo, porque às vezes não choro pela morte alguém ou porque não dou a atenção devida.
Chamam-me de arrogante por não ficar dando bom dia, boa tarde ou boa noite para as pessoas, e que ando pelas ruas sem dar a atenção a um ou outro.
Em primeiro lugar, não sou obrigado a sorrir para todo mundo que aparece na minha frente, e em segundo, não sou falso como muitos que perto de você dão sorrisos e abraços, mas que pelas costas só faltam te apunhalar, sou autêntico, e se eu tiver que falar algo de alguém, falo na cara. Isso me causa muitos problemas e minha lista de inimigos cresce, por isso, às vezes prefiro ficar calado para não causar ofensa nenhuma.

Sim, sou muito intolerante porque não acredito que as pessoas mudem, porque elas são o que são, o que acontece é que as vezes elas mudam o foco, e daí, parece que para outras pessoas houve uma mudança.
Odeio quando alguém diz que tal pessoa se alterou por causa da bebida ou droga. Digo que ela sempre foi daquele jeito. A droga ou bebida só potencializa esse lado negro. E realmente não tenho dó dela, muito menos daquela outra que permanece ao lado. Essa é tão culpada quanto a outra.
E só o fato de você estar ao lado, já o torna cúmplice também. Mesmo sendo conhecido ou amigo, se eu vejo algo errado, procuro ficar longe. Se alguém resolve estragar a vida, o problema não é meu, a minha parte eu faço não apoiando a situação e fazendo-o ver as conseqüências que podem ocorrer, se a pessoa continua aí estou fora. Cada um faz o que quer da sua vida.


Primeira semana do ano e já estou me preparando para o primeiro Non-Stop Total Magic Weekend de 2007! T2 na sexta, T1 no sábado e T4 no domingo. Pode ser que a programação mude, mas vou jogar o formato que tiver.
No último sábado, na Devir, fiz 4X1 no torneio Legacy (1,5), sendo que abri de 4X0 e só perdi na última rodada. Fiquei em 2º lugar. Como sempre joguei de Goblins.
Aliás, tanto no T1 quanto no T1,5, prefiro jogar com goblins, apesar de todo o ambiente ser contra esses bichinhos nojentos e repugnantes. No T4 estou testando goblins com um novo combo, que mata no segundo ou terceiro turno.

I really love these nasty little creatures from hell!

Já no T2, estou jogando de controle, um estilo totalmente avesso àquele que costumo jogar. Os regionais (classificatórios) para o Nacional vão começar talvez em março, e preciso ir treinando. Nos campeonatos que venho jogando venho fazendo 2X3, 3x2, 2X2 e por aí vai. Preciso aprender a jogar mais de controle.


A era do vídeo cassete realmente acabou, agora o negócio é gravador de dvd. E por causa disso, comprei um desse pela Shoptime. Necessito do vcr porque preciso gravar as séries que assisto enquanto trabalho. Mas o meu aparelho começou a engasgar as fitas e eu de tão nervoso que fiquei, o destruí com um belo murro, a fita que estava dentro partiu-se em pedaços junto com os outros componentes do aparelho. Na verdade, isso é uma característica minha, eu costumo quebrar minhas coisas quando fico nervoso( a lista é longa, já destruí tvs, minisystem, celular, computador...), dizem que sou louco ou tenho problemas, dane-se, é meu, comprei com o meu dinheiro, e quebro a hora que quiser!
Mas esse meu vídeo era muito bom, estéreo, 7 cabeças, top de linha da LG. Nunca me deu problemas. E portanto tentei achar o mesmo, mas descobri que as lojas não mais vendem VCRs, uma vendedora da FNAC me disse que era tecnologia ultrapassada. Então resolvi comprar o gravador DR-850 da Gradiente. E um colega meu disse: “você é louco, porque não comprou uma coisa melhor???”


Primeiro, porque como é novidade para mim, preferi comprar um modelo barato, para que eu me acostumasse com o jeito de programar e gravar, E PORQUE SEI QUE MAIS DIA MENOS DIA, EU IREI DESTRUÍ-LO SE EU ESTIVER NERVOSO!
E na verdade, só vou precisar realmente dele no momento em que eu voltar a trabalhar, e tiver que programá-lo para a gravação, o que vai acontecer em fevereiro. Nessas férias, portanto, vou aprender a mexer no danado, porque tem muitas coisas no manual ainda estou com dúvidas em relação às mídias de gravação.
Qual a diferença por exemplo, entre dvd-r/rw e dvd+r/rw? Para mim é tudo a mesma bosta, mas parece que tem aparelhos que não aceitam um ou outro.

Anyway, it’s time to go! See you next post! Bye!

segunda-feira, 1 de janeiro de 2007

Primeiro post do ano! E o meu mau humor continua...

Será que sou o único doente por aqui? O pessoal faz festa, se empanturra com muita carne assada( que está me deixando mau do estomago...), rojões correm soltos pelo ar e eu aqui longe de tudo isso. Odeio festas! Não suporto ver essa hipocrisia que toma conta de todos, como se nada tivesse acontecido antes, agora todo mundo é bonzinho, muitos abraços e desejos de felicidades... tudo mentira. Não quero fazer parte disso. Quero curtir minha solidão em paz. Minha depressão e mau humor talvez contagiassem a todos. Nem sai ontem, e nem vou sair hoje. Os poucos que me desejaram feliz ano novo levaram respostas à altura. Não quero saber de falsidades para o meu lado.

E navegando pela net descobri essa oração dos estressados. Ela bem que vai refletir o meu estado de espírito no decorrer do ano:

Oração dos Estressados


Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as coisas que não posso aceitar, e sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tiver que matar por estarem me enchendo o saco.
Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar diretamente conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.

Ajude-me, sempre, a dar 100% de mim no meu Trabalho... 12% na segunda-feira, 23%, na terça-feira, 40% na quarta-feira, 20% na quinta-feira, 5% na sexta-feira.
E... Ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...
Que assim seja!!!

(Luís Fernando Veríssimo)

Bem, vou voltar para o meu nicho. Vou dar mais um cochilo e esquecer quem e o que está a minha volta. Bye!
Google