segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

A Google vai permitir que seus aplicativos sejam atualizados sem o login

O Google planeja permitir que aplicativos pré-carregados sejam atualizados via Google Play, mesmo que você não faça login.

fonte: Android Police
Quando você liga o seu smartphone, imediatamente entra na sua conta da Google e os seus aplicativos são atualizados. Se não fizer isso, nenhum dos aplicativos da Google irá funcionar, incluindo a Play Store, e isso significa que os os aplicativos pré-instalados são cortados das atualizações. A Google está tentando mudar isso em breve.

A Google está entrando em contato com desenvolvedores que têm aplicativos pré-carregados nos smartphoes para que eles tenham uma apresentação amigável sobre uma mudança futura. Nos próximos meses, a empresa planeja começar a testar um recurso que permite que os aplicativos pré-carregados sejam atualizados pela Play Store, mesmo que você não faça login. Como a Google diz, isso proporcionará uma experiência de aplicativo mais consistente para os usuários.

Os usuários que não quiserem que a Google instale nada terão a liberdade de desativar o recurso de atualização automática, que está chegando somente aos telefones com Android Lollipop (API21) ou superior. A empresa está aconselhando os desenvolvedores a garantir que todas as atualizações do aplicativo funcionem corretamente na ausência de uma conta da Google. Veja abaixo, a tradução livre do texto completo do email enviado pela empresa aos desenvolvedores abaixo.

"Olá, desenvolvedor do Google Play,

Nos próximos meses, o Google Play começará a testar um novo recurso que irá permitir automaticamente que o Google Play atualize aplicativos pré-carregados para usuários que não fizeram login em uma conta da Google. Os usuários podem desativar esse recurso a qualquer momento, se desejarem.

Esse novo recurso proporcionará aos usuários uma experiência de aplicativo mais consistente em vários dispositivos e permitirá que eles acessem os melhores e mais novos recursos fornecidos pelos desenvolvedores. Isso também deve ajudar os desenvolvedores a reduzir os custos indiretos necessários para suportar versões de aplicativos obsoletos.

Ação requerida

Identificamos que um ou mais dos seus aplicativos podem ser pré-carregados em vários dispositivos e versões do sistema operacional. Recomendamos que você verifique se as novas versões do seu aplicativo funcionarão conforme desejado, com ou sem uma conta do Google. Observe que essa alteração será aplicada somente aos dispositivos fornecidos com o Android Lollipop (API 21) ou versões mais recentes do sistema operacional.

Agradecemos seu apoio à medida que trabalhamos continuamente para melhorar nossa plataforma e garantir a melhor experiência para usuários e desenvolvedores.
"

Alguns usuários relatam que a Google já vem fazendo isso por debaixo do pano.

fonte: Android Police

Eu odeio... (tiras nostálgicas)

Mais tiras nostálgicas! Garfield odeia muita coisa! Mas nós o amamos! As tiras abaixo foram publicadas em 1987, de 16/02/87 a 22/02/87. Divirta-se!

sábado, 16 de fevereiro de 2019

Como silenciar spoilers no Twitter e no Facebook

Spoilers se tornaram uma armadilha da vida moderna. Eles são desagradáveis e arruínam o prazer de assistir algo que te faz fugir da realidade difícil desse mundo. Leia essa postagem sobre o que eu penso dos spoilers.

fonte: The Next Web
Sem sobra de dúvidas, os spoilers são uma porcaria. Numa rede social, você acaba tropeçando em spoilers de qualquer programa de TV, videogame ou filme que podem ser o tema quente do momento. sejam os tweets ao vivo, opiniões pós-episódio, ou mesmo hashtags suspeitas tendem a proliferar dentro de minutos da mídia atingindo a esfera pública.

Mas você não precisa se sentir obrigado a se isolar das mídias sociais para evitar esses disparos indesejáveis. Felizmente, as duas redes sociais mais proliferadores de spoilers - Twitter e Facebook - possuem configurações para ajudar os usuários infelizes a evitar esses assassinos do nosso divertimento. Se você souber como encontrá-los e explorá-los, poderá remover preventivamente os spoilers antes que eles atinjam seu feed.

Veja como fazer isso abaixo:

Twitter

O Twitter introduziu pela primeira vez o keyword muting em 2016 e permite que você bloqueie tudo, desde palavras e hashtags até usuários específicos. Para acessar sua lista de palavras ignoradas, vá para suas notificações e toque no ícone de roda dentada (no celular) ou na opção "Configurações" (no cliente da Web) na parte superior da tela. As próximas etapas são um pouco diferentes, dependendo de você estar no celular ou na área de trabalho, então abordaremos as duas partes separadamente.

No celular, você encontrará a opção "Mute" (Silenciar) nas configurações. Aqui você pode navegar entre palavras e contas silenciadas. Quando você seleciona essa opção, você poderá ver quais palavras você já desativou e adicionar mais algumas palavras atenuadas.

fonte: The Next Web

Na área de trabalho, as configurações mostram várias opções para ignorar suas notificações e, em "Avançado", você verá "Desativar palavras específicas de suas notificações e cronograma". Ao clicar no botão, você será levado para a mesma lista de palavras ignoradas. fique vazio se você nunca usou esse recurso antes.

As opções para adicionar palavras silenciadas são basicamente as mesmas. Escolha hashtags ou palavras específicas relevantes para o assunto dos possíveis spoilers. Se você não estiver envolvido em seus shows da HBO, talvez considere adicionar “#GameofThrones” ou “Dany” ou “dragons”. Você pode escolher por quanto tempo prefere silenciar essas palavras: 24 horas, uma semana, 30 dias, ou para sempre.

fonte: The Next Web
Claro, isso não vai impedi-lo de ver um tweet que diz: "Eu não posso acreditar que a série termina com Jon e Daenerys sendo os verdadeiros pais de Harry Potter", mas se você for cuidadoso, você provavelmente pode pegar 90 por cento dos spoilers antes que eles atinjam sua linha do tempo.

Facebook

O Facebook é um pouco mais complicado, pois ainda não tem uma opção específica para todos silenciarem palavras específicas. No ano passado, a rede testou um recurso chamado "Keyword Snooze", mas esse recurso, de acordo com um porta-voz do Facebook, foi revertido.

Então você vai ter que ser criativo. Conhece alguma página em particular que possa estragar? Você pode adiar essas páginas por 30 dias. Comercial? Mesma oferta. Basta ir a uma das suas postagens - não às suas páginas ou perfis, mas a uma postagem específica - e então encontrar as opções de soneca. Você terá as opções para adiar essa página ou essa pessoa por 30 dias. Isso é feito com mais facilidade na versão para celular, embora qualquer coisa que você suspender em dispositivos móveis ainda seja adiada no computador.

fonte: The Next Web

Você também pode priorizar o que vê no seu Feed de notícias. Vá para "Feed de notícias" na barra lateral e clique nas reticências próximas a ele ou encontre "preferências do feed de notícias" nas configurações do celular. Isso permitirá que você escolha o que verá primeiro em seu feed de notícias (talvez amigos que você conhece não compartilhe seus interesses e, portanto, provavelmente não estragará), além de ver quem você cochilou no passado e se você quiser desativá-los (presumivelmente depois de ver as coisas estragadas).

fonte: The Next Web
Com essas opções, você provavelmente pode navegar com algum grau de certeza de que não terá seu program/filme/série/jogo/oquequerqueseja estragado para você com antecedência. E se tudo mais falhar, a opção de arrebentar ao meio seu smartphone e o laptop com um machado estará sempre disponível.

fonte: The Next Web

Crazy Links #496 - Aladdin



E para vocês, posto 10 crazy links interessantes desta semana!!! Confiram:

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Piadas de ministros

Os ministros do governo Bolsonaro são verdadeiras piadas prontas. Nem preciso explicar. As notícias estão aí para todos lerem. Mas aquela Damares extrapola o bom senso...

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Novo menu ao clicar com o botão direito do mouse no Gmail

Ao clicar com o botão direito do Gmail na Web, agora vamos ter um novo menu que adiciona várias novas ações e atalhos. Essa novidade estará sendo lançada para os usuários nos próximos dias.

fonte: 9to5Google
Nas últimas semanas, o Gmail no celular tem sido agraciado com uma enorme quantidade de novos recursos e há rumores de que ele receberá mais do Inbox. Já a versão web do Gmail está adicionando várias opções para tornar o menu do botão direito mais poderoso e útil ao fazer rapidamente a triagem das mensagens.

Desde a renovação de abril passado, clicar com o botão direito do mouse em um e-mail na caixa de entrada gera um menu suspenso com três opções: Arquivar, Marcar como lida e Excluir. Nos próximos dias, essa lista será expandida significativamente com mais atalhos e possíveis ações.

Dependendo se o modo de conversa está ativado/desativado, você pode Responder, Responder a todos e Encaminhar na primeira parte do menu. Os usuários teriam que primeiro selecionar uma mensagem e, em seguida, escolher no menu na parte superior da tela. Juntando as três opções existentes é o Snooze, enquanto os usuários podem agora Mute, Mover para e rotular como. Esses dois últimos abrem sua lista de pastas.

Enquanto isso, os usuários podem encontrar e-mails do mesmo remetente ou pesquisar por assunto. A última nova opção é a capacidade de abrir uma mensagem em uma nova janela. Como lembrete, algumas dessas ações funcionarão quando várias mensagens forem selecionadas em massa.

Conversa ativada/desativada Novo menu do botão direito do Gmail, fonte: 9to5Google
Muitas dessas opções já estão disponíveis quando os usuários abrem um email, mas agora estão disponíveis na caixa de entrada. É mais rápido e eficiente do que ter primeiro que abrir um email. Este menu de contexto pode ser aberto com o botão direito do mouse, Ctrl + clique nos teclados do Mac ou a tecla de menu no Windows. Ela será lançada para todos os usuários e edições do G Suite nos próximos dias.

fonte: 9to5Google

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Novos recursos no aplicativo Mensagens da Google

A nova versão do Google Messagens, a v4.0, permite renomear bate-papos em grupo, alterar cores para contatos não gravados e muito mais. É a Google investindo pesado nas mensagens de texto (SMS).

fonte: Android Police

O aplicativo Mensagens da Google foi atualizado semana passada, com algumas mudanças bem moderadas. Agora é possível dar nomes personalizados aos bate-papos em grupo e há um ajuste na interface do usuário que faz com que o Twitter se pareça muito mais com os aplicativos Contatos e Telefone do Google.

O que há de novo:

Renomeando bate-papos em grupo

Os bate-papos em grupo são ótimos para coordenação ou acompanhamento de amigos, mas a maneira como eles eram exibidos na lista principal às vezes ficava problemática. O aplicativo Mensagens simplesmente pegava os membros do grupo e listava cada um pelo primeiro nome com uma vírgula separando cada membro. Isso funcionou, mas ficava fácil confundir o bate-papo em grupo com um bate-papo privado com a primeira pessoa listada, e era quase impossível discernir vários bate-papos em grupo que incluiam algumas das mesmas pessoas.

fonte: Android Police

Com a atualização mais recente, o Messagens agora permite que você defina seu próprio nome para bate-papos em grupo. Basta abrir o bate-papo em grupo que deseja renomear, encontrar Detalhes do grupo no menu flutuante e procurar um novo campo na parte superior da tela detalhada, onde você pode definir o nome do seu próprio grupo. O novo nome será mostrado na lista de conversas e no topo da conversa.

Novas cores para contatos não visualizados

Esquerda: v3.9. À direita: v4.0. fonte: Android Police

Em outubro, uma atualização do aplicativo Contatos do Google trouxe uma alteração pequena, mas muito bem-vinda no estilo usado para contatos que não tinham fotos. Versões anteriores colocavam a primeira letra do nome em um fundo pastel. Com o visual atualizado, as formas permaneceram as mesmas, mas as letras foram feitas em branco e os fundos coloridos foram empurrados para cores vibrantes que proporcionaram mais contraste.

Demorou alguns meses, mas a nova versão do Messages adotou a mesma alteração e agora todos os três aplicativos baseados em contatos principais do Google (Telefone, Mensagens e Contatos) usam o mesmo estilo para os contatos.

Outras novidades do RCS como "lembrete para desligar o modo avião", "envio de arquivos genéricos", "compartilhar arquivo" entre outras, foram encontradas nas linha de código do arquivo APK para download, caso queira saber mais é só consultar a postagem original no Android Police.

fonte: Android Police

A última versão beta do Chrome para Android testa o modo escuro

Assim como em muitos aplicativos da empresa, a Google agora testa o modo escuro do Chrome para Android na última versão beta.

fonte: 9to5Google
Nas últimas semanas, a Google vem preparando um modo escuro para o Chrome no Mac e no Windows, já que os dois sistemas operacionais de desktop apresentam uma funcionalidade no nível do sistema. Um tema noturno para Android está sendo testado com a mais recente versão beta do Chrome 73.

O Chrome 73 entrou no canal beta sexta passada e apresenta vários recursos vindouros da área de trabalho futuros para o navegador. Para o Android, esta versão revela os estágios iniciais de um modo escuro. Aparece quando o "Modo Noturno" do Android 9 Pie nas opções do desenvolvedor está definido como "Sempre ativado".

Até agora, o modo escuro só se manifesta em menus pop-up que aparecem quando os usuários pressionam e seguram os links ou imagens da web. O painel adota o mesmo tom de cinza escuro do modo Incógnito, enquanto o texto é branco.

Esse tema ainda está claramente em desenvolvimento, já que alguns textos, como URLs, ainda são pretos e, portanto, não legíveis. O modo escuro também aparece nos menus durante a navegação privada, mas em nenhum outro lugar no Chrome 73. A partir do último lançamento estável do 72, os menus no Incógnito permanecem brilhantes, assim como na navegação normal.

chrome-android-escuro-modo-teste-1 chrome-android-escuro-modo-teste-3 chrome-android-escuro-mode-testing-2
fonte: 9to5Google
Com certeza o tema escuro completo do Chrome para Android também irá colorir a Omnibar, o menu principal, configurações, histórico, downloads e outros menus em um tom semelhante.

Esta atualização também introduz uma nova experiência e gerenciador de downloads. A versão 73 do Chrome Beta está disponível na Play Store.

fonte: 9to5Google

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Google testando a autenticação de dois fatores nos dispositivos móveis

O Google está testando prompts de verificação em duas etapas revisados ​​para dispositivos móveis. Veja abaixo os dois novos lay-outs em execução.

Fonte: Android Police
A autenticação de dois fatores é algo que todos devem ter em suas contas da Google, mas os métodos tradicionais de SMS e Google Authenticator podem ser um pouco tediosos. Em 2016, a empresa adicionou um novo aviso de aprovação de verificação em duas etapas para dispositivos Android que é fácil de configurar e usar. O prompt passou por várias revisões de design desde o lançamento inicial, e a Google está experimentando atualmente dois novos layouts.

esquerda: a interface do usuário atual. meio, direita: as duas novas interfaces. Fonte: Android Police

Os dois novos layouts vistos acima são muito mais modernos do que a antiga interface do usuário. Há apenas uma diferença entre o duo: o posicionamento dos botões sim / não. A versão enviada por u usuário tem os botões empilhados verticalmente, enquanto alguns os tem na horizontal. Pelo visto, parece que os botões horizontais é a decisão mais correta, pois seria muito fácil apertar o botão errado com a configuração vertical.

O resultado de alterações parecem acontecer no lado do servidor, portanto, é possível que você tenha ou uma ou outra versão. E um detalhe, se você ainda não definiu a verificação em duas etapas na sua conta do Google, é melhor começar a considerar isso o mais rápido possível.

fonte: Android Police

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A perda da memória 2ª parte (tiras nostálgicas)

Mais tiras nostálgicas! A perda de memória do Garfield continua e a solução para a cura é drástica ! As tiras abaixo foram publicadas em 1986, de 09/02/87 a 15/02/87. Divirta-se!

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Como cancelar a entrega de mensagens no Facebook Messenger

Antes de tudo, devo dizer que odeio o Facebook Messenger, um recurso do Facebook que virou aplicativo e que consome muita bateria, mas essa dica é útil para quem gosta de usá-lo, cancelar a entrega das mensagens indesejadas.

fonte: The Next Web

Quem nunca enviou acidentalmente memes ou mensagens inadequadas para determinadas pessoas que você não podia, como um chefe, ou que não queria,como uma ex, e depois para explicar. Felizmente, há um novo recurso no Facebook Messenger que permite a exclusão de uma mensagem, seja para bate-papos individuais e em grupo, por até 10 minutos após o envio.

Para remover uma mensagem, basta tocar nela e selecionar a opção "Remove for everyone" ou "Remover para todos" que aparece. O texto excluído será substituído por um alerta indicando que a mensagem foi removida.

Se alguém acabou de enviar um monte de fotos de suas férias para uma conversa em grupo que você faz parte, e você não quer vê-los enquanto você está preso em sua mesa, selecione a opção "Remove for me" ou "Remover para mim" depois de tocar em uma mensagem. Isso ocultará apenas as mensagens selecionadas da sua visualização e não de outras pessoas do grupo.

Removendo uma mensagem para todos no Facebook Messenger, fonte: The Next Web

Este recurso foi lançado para aplicativos iOS e Android nesta semana. No aplicativo da Web do Messenger, você pode remover as mensagens passando o mouse sobre o botão com três pontos ao lado das bolhas do bate-papo e clicando no botão "Remove" ou  "Remover" para limpá-las.

Um detalhe, como não tenho o Messenger instalado, a tradução do recurso foi livre, mas algo que acho óbvio.

fonte: The Next Web

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Saiba se as suas senhas estão comprometidas usando uma nova extensão da Google

A Google acabou de lançar uma nova extensão para o Chrome, o Password Checkup ou Verificação de senha que informa se suas senhas foram comprometidas.

fonte: The Next Web

A Google lançou uma nova extensão para o navegador Google Chrome com o intuito de ajudar o usuário para proteger suas contas on-line contra invasores. No momento ela deve ser instalada no navegador mas com certeza será incorporada nas versões futuras do Chrome.

A extensão Password Checkup é acionada toda vez que você entra em um site. Quando você insere suas informações, ela procura um banco de dados com mais de 4 bilhões de credenciais que podem ter sido parte de uma violação de dados ou vazamento. Se encontrar uma correspondência, será exibido um alerta solicitando que você altere seus detalhes imediatamente.

fonte: The Next Web

A Google diz que a extensão foi projetada para nunca revelar suas credenciais para a empresa e para impedir que os agentes maliciosos seqüestrem sua funcionalidade para obter acesso às suas informações e também está procurando melhorar a maneira como funciona ao longo do tempo; espera-se que ele seja incorporadoa em uma versão futura do navegador, para que mais usuários possam tomar as medidas necessárias para proteger suas contas.

Quer testar? Baixe a extensão do Chrome nesta página.

fonte: The Next Web

Piadas de goiaba

Por respeito à ministra Damares, eu não publiquei as piadas de goiaba na ocasião, mas passadas as semanas, percebi que essa senhora é uma louca desvairada, logo, vamos curtir as piadas, só não sei se tem Jesus na goiabeira...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Google desativa a interface clássica do Tasks

Todos os caminhos levam ao Gmail: A Google anuncia que está desativando a interface clássica do Tasks na internet, mas o serviço continua dentro do Gmail e do Calendar (Agenda).

fonte: Android Police
O Google Tasks tornou fácil o trabalho estressante de manter o controle de tudo na sua lista de tarefas, mas infelizmente a Google vai desativar esse serviço na internet.

Os usuários ainda poderão acessar o Google Tasks por meio da barra lateral do Gmail, do Google Calendar (Agenda) ou do download do aplicativo Tasks dedicado para Android e iOS. Na última primavera do hemisfério norte, a Google pegou o URL tasks.google.com, e não muito depois veio o novo ícone do Google Tasks. Tudo isso indica que uma grande reformulação pode estar chegando, mas isso claramente não se materializou na internet.

Em vez de um novo visual para o site, o Google Tasks clássico está sendo embutido no Gmail. Não é uma jogada ideal para muitos usuários, pois mail.google.com/tasks/canvas será desativado em algum momento no futuro, mas você ainda poderá acessar as tarefas já inseridas no site.

Ainda não existe um cronograma formal para quando o Google Tasks desaparecerá, mas uma mensagem na página do "Tasks" indica que pode ser o mais cedo possível.

fonte: Android Police via Google

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O Chrome avisará em breve se você visitar um site de phishing com uma URL idêntico

Um novo recurso no Chrome vai alertar o usuário quando ele visitar um site que tem um a URL idêntica do site verdadeiro. Para quem não sabe, isso se chama "fishing", uma técnica de fraude online que rouba as suas informações.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

A Google está trazendo recursos do Inbox para o Gmail

A Google anunciou no ano passado o encerramento do Inbox para março de 2019 e que alguns recursos do Inbox serão realocados na nova atualização do Gmail para Android, tais como os bundles e os lembrete, entre outros.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Notas sobre o fechamento do Google + que começa nesta semana

O Google+ será desativado para consumidores no dia 2 de abril de 2019, mas alguns recursos já estão cancelados nesta semana.

fonte: 9to5Google

Só para constar, a Google acelerou o fim da sua rede social após um segundo bug de segurança foi ter sido revelado e afetado milhões de pessoas.

Conforme revelado na semana passada nas páginas de suporte da empresa, o Google+ está sendo desativado para consumidores em 2 de abril de 2019. Como declarado originalmente, a Google está fechando a plataforma devido a "baixo uso" e aos "desafios envolvidos em manter um produto de sucesso que atenda às expectativas."

"No dia 2 de abril, sua conta do Google+ e todas as páginas do Google+ que você criou serão desativadas e começaremos a excluir o conteúdo das contas do consumidor do Google+. Fotos e vídeos do Google+ no seu Arquivo de álbuns e suas páginas do Google+ também serão excluídos. Você pode baixar e salvar seu conteúdo, apenas certifique-se de fazê-lo antes de abril. O processo de exclusão de conteúdo das contas do Google+ do consumidor, das Páginas do Google+ e do Arquivo de álbuns demorará alguns meses, e o conteúdo poderá permanecer até o momento."

A Google diz que alguns recursos vinculados ao Google+ começam a ser eliminados nesta semana. A partir de hoje, 4 de fevereiro, a plataforma não aceitará mais novos perfis, páginas, comunidades ou eventos. O Blogger também abandona os comentários do Google+ a partir de hoje e essa funcionalidade começará a ser removida de outros sites no dia 7 de março.

Também em março, a Google diz que os moderadores/proprietários da Comunidade do Google+ poderão obter ferramentas adicionais para o download de dados, incluindo o autor, corpo e fotos de cada publicação da comunidade em uma comunidade pública.

Por fim, no dia 2 de abril, a versão do consumidor do Google+ será totalmente desativada. A menos que tenha uma conta do G Suite, você não poderá mais acessar o Google+, e os dados começarão a ser excluídos. Isso inclui todas as suas postagens, páginas, fotos e vídeos que ainda não foram armazenados em backup no Google Fotos. As APIs e os botões de login do Google+ que o Google começou a desativar este ano também deixarão de funcionar.

Já publicamos um tutorial útil  para baixar os seus dados do Google+. Dê uma conferida!

fonte: 9to5Google

A perda da memória 1ª parte (tiras nostálgicas)

Mais tiras nostálgicas! Garfield cai com a cabeça no chão e perde completamente a memória ! As tiras abaixo foram publicadas em 1986, de 02/02/87 a 08/02/87. Divirta-se!

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Facebook convenceu adolescentes a vender sua privacidade por 20 dólares

É o pacto faustiano do século 21, exceto que desta vez o diabo é o Facebook. Josh Constine, do Techcrunch, descobriu que a maior rede social do mundo vem pagando pessoas (incluindo crianças de 13 anos) para instalar uma VPN móvel que espiona tudo que fazem.

Credito: Anthony Quintano/Flickr, fonte: The Next Web
O aplicativo VPN, chamado Facebook Research, mas também chamado de "Projeto Atlas" na documentação da empresa, fornece acesso absoluto aos dados de rede de um dispositivo. Cada pacote é capturado para análise posterior, permitindo que o Facebook obtenha informações sobre os hábitos do usuário, bem como para ver como seus concorrentes estão se saindo.

De acordo com Constine, os usuários foram solicitados a fornecer capturas de tela da sua página de histórico de pedidos da Amazon.


Facebook compensou os usuários por se inscreverem. A rede social abriu o aplicativo para pessoas com idade entre 13 e 35 anos e pagou 20 dólares por mês, além de uma taxa de referência para novos usuários recrutados.

Para colocar o aplicativo nas mãos de possíveis sujeitos, o Facebook anunciava fortemente em redes sociais de adolescentes populares, como Instagram e Snapchat. A rede também se uniu a vários serviços principais de testes beta, incluindo o Applause, BetaBound e uTest. Isso também teve o efeito colateral bem-vindo de ofuscar, pelo menos superficialmente, o envolvimento do Facebook no projeto.

Para contornar o processo de revisão da Apple na App Store, o Facebook assinou seu código com seu certificado corporativo. Isso é destinado principalmente para uso interno e permite que os desenvolvedores testem futuras versões de software, bem como a distribuição de aplicativos somente para funcionários. Não está claro se a Apple irá revogar este certificado em resposta a essa violação flagrante de seus termos.
Pesquisadores manchado eagle-eyed que a App Facebook furo impressionante semelhanças Research Com a controversa Onavas Proteger App, que a Apple baniu da App Store em agosto do ano passado. Will Strafach, CEO do aplicativo Guardian Mobile Firewall, observou várias referências a Onavo dentro do código do aplicativo.


O Facebook adquiriu o Onavo por 120 milhões de dólares em 2014. Embora o aplicativo Onavo Protect tenha prometido ajudar os usuários no controle, gerenciamento de dados e no consumo dos smartphones, permitiu que o Facebook ganhasse insights valiosos sobre os seus concorrentes. Documentos obtidos pelo Buzzfeed News mostraram que era um instrumento para permitir que o Facebook  notasse o enorme crescimento da Whatsapp, justificando os seus 19 bilhões na compra do aplicativo.

Desde que o TechCrunch publicou sua investigação, o Facebook descontinuou a versão iOS do seu aplicativo VPN. O programa continuará a ser executado no Android, possivelmente porque o sistema operacional do Google permite que os usuários instalem facilmente aplicativos que não são da Play Store sem muito esforço extra.

Facebook e Adolescentes

Este episódio ilustra duas coisas. Em primeiro lugar, enfatiza que o Facebook não pode ser confiável para cuidar dos melhores interesses de seus usuários mais jovens.

É improvável que muitos jovens de treze anos compreendam o valor de seus dados pessoais e possam compreender as consequências potenciais de fornecê-los a uma grande empresa multinacional de tecnologia. Na minha opinião, esta ausência de consentimento informado torna o aplicativo de pesquisa do Facebook especialmente preocupante.

E lembre-se, foi apenas há alguns dias que documentos internos vazados mostraram que o Facebook tem uma política totalmente negligente quando se trata de crianças gastando enormes quantias em pagamentos no aplicativo sem o consentimento dos pais.

Nosso relacionamento com os smartphones é talvez o mais íntimo que temos, excluindo cônjuges e filhos. Eles ns segue em todos os lugares que vamos e contém todos os nossos segredos e todas as nossas ambições. Para a grande maioria, é o facilitador de nossas vidas sociais. E as pessoas estavam dispostas a entregar tudo isso por apenas 20 dólares.

Talvez isso diga mais sobre nós do que o Facebook. Eu mesmo não me preocuparia em vender meus dados por dinheiro. A partir do momento em que você está na internet, sua privacidade foi para o espaço!

fonte: The Next Web

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Piadas de primos

Ah, primos e primas, uma parte da família para muitos inesquecível, tem até um filho do presidente que vive com um há tanto tempo... são tão lindos!!! Para começar as piadas temáticas dessa semana: Você sabe para que servem as primas?
Google