Pesquisa personalizada

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Explicando o inexplicavel





Vocês sabem que eu odeio o Natal, e por conseguinte as festas de fim de ano. Esse post do Compulsivo diz tudo e eu já tinha me manifestestado sobre isso aqui e aqui.

"Mas, Cidão, porque você decorou o blog com temas natalinos? Você não está se contradizendo? Não está indo contra o que você pensa?"

Quem me perguntou isso me conhece e achou muito estranho, e portanto, vou ter que explicar...

Enquanto professor eu ensino muitas coisas que no cotidiano as pessoas falam errado, como por exemplo, as frases "Eu estou com calor" e "Eu peso 60 quilos". Conceitualmente essas frases estão incorretas, respectivamente o certo seria dizer "Eu estou quente" e "Minha massa mede 60 Kg".

Mas no cotidiano eu saio por aí dizendo corretamente essas frases? Claro que não, porque ninguém iria me entender porque o senso comum já está impregnado na linguagem. Apesar de ter a consciência de que, enquanto Físico, estou cometendo erros grotescos, eu tenho que seguir o fluxo! E se eu falar assim, vão pensar que sou isso ou aquilo...

Uma vez entrei num bar e falei assim: "Dê-me um cafezinho"... O cara me olhou estranhamente como se não entendesse o que eu estava querendo, aí eu percebi que foi por causa da frase, então eu falei "Me dá um cafezinho" e ele entendeu!!! Infelizmente falar correto a língua é proibido nesse país, aliás ter cultura é algo "impensável".

Assim chegamos ao Natal. As pessoas, em sua maioria, estão impregnadas com esse culto e você não pode fechar os olhos para isso. Eu acabo dizendo Feliz Natal por inércia, porque vivemos numa sociedade pluralista e se você não se enquadrar acaba vivendo à margem. Por causa disso tento ficar sozinho, porque para mim essa data não tem sentido e me sinto muito mal.

Não lembro na minha vida ter tido alegrias nas festas de fim de ano, desde criança tive muito sofrimento e a coisa não mudou depois de adulto. Alguma coisa de ruim sempre acontece nessa época (morte, traição, só para citar). Meu ódio pelas festas de fim de ano vem de longe. Prefiro a reclusão do que ficar festejando algo na qual não me sinto bem.

Eu respeito as crenças de todos e se uma pessoa me deseja um Feliz Natal, eu acabo retribuindo porque ninguém tem nada a ver com os meus problemas. Todos que me conhecem, sabem da minha insociabilidade, que não gosto de me misturar, que odeio festas de qualquer tipo.

Não quero passar isso para o blog (se bem que no início dele, eu demonstrava esse lado meu abertamente!) pois, percebi que aqui houve um crescimento que eu não imaginava, e para falar a verdade, eu já estava meio que cansado de ficar mostrando ao mundo o quanto sou depressivo e anti-social, mas o meu mau humor continua a todo vapor! De vez em quando, para não perder o costume, acabo escrevendo algo relacionado a isso...

Espero que todos entendam e compreendam o que eu quis dizer.

=>Em tempo, assistam ao documentário Zeitgeist, aqui ou aqui, e tirem as suas conclusões.<=



Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



8 comentários :

  1. É Cidão, compreendo o que vc quis dizer, penso a mesma coisa. Acho o natal uma data hipócrita, consumista. Na verdade, escrevi um post sobre isso no meu blog, dá uma passadinha lá pra ver.
    Infelizmente, para não ficar à margem disso, como vc disse, comemoro essa data com a minha família, mas tento pensar que hoje é um dia como qualquer outro, o que é verdade. Natal é só uma data que o ser humano inventou para faturar mais dinheiro. Infelizmente, vivemos numa sociedade hipócrita, e quem não se adapta à ela acaba excluído. Eu fui e sou excluída dela sempre...
    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Hey buddy, here's wishing you and your family a Merry Christmas and Happy New Year :D

    ResponderExcluir
  3. Como disse: "desde criança tive muito sofrimento e a coisa não mudou depois de adulto". Se sua vida sempre foi sofrida e no natal e festas de fim de ano sempre aconteceram coisas ruins, há uma certa incoerência em canalizar isto para essas datas. Afinal, o natal e ano novo não é tão mágico assim para lhe deixar imune dos problemas que sempre lhe acompanharam.

    O pessimismo sempre nos leva a procurar pela culpa e não sei qual é o pior sentimento, se a culpa ou o pessimismo.

    Não acreditar no natal ou não se deixar envolver com ele? Relaxa. Deixe o espírito do natal renovar seu coraçãozinho, que sei, não é de pedra (rs*)

    Veja que coisa linda deixaram lá no luz: http://luzdeluma.blogspot.com/2008/12/presente-de-natal.html#comment-2140523556485966546

    Beijus

    ResponderExcluir
  4. Danielle: As pessoas me criticam ou acham estranho o meu modo de pensar. Fazer o que se eu penso diferente e enxergo coisas que ninguém quer ver? É bom saber que eu não sou o único.
    Você já assistiu o documentário que indiquei? Faz pensar e refletir!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Nick: Thanks, buddy! I wish the same for you and your family! Peace, love and properity too!!! :o)

    ResponderExcluir
  6. Luma: Nessa época fico meio down mesmo. Aliás, nesse momento que escrevo, estou só já que todos viajaram ou foram comemorar na casa de parentes. Eu realmente não me encaixo nisso. Assim não estrago a festa de ninguém!
    Mas estou relaxado!!!
    Beijos!!! ;o)

    ResponderExcluir
  7. É, Cidão...

    Eu te compreendo, podes ter certeza. Seria bem melhor se tudo não tivesse virado uma farra consumista, por exemplo. O meu post de hoje também está na contracorrente. Enfeites de Natal? No meu blog não tem não. Pode até ser que algumas pessoas saiam de lá meio deprimidas, mas não tenho pretensões de popularidade. O meu compromisso é com a verdade e me basta.

    Um grande abraço e, se possível, Feliz Natal!

    Sensata Paranóia

    ResponderExcluir
  8. Só passando para deixar um abraço! E, claro, dizer que também o entendo! :-)

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.