Postagem em destaque

O Brasil tem um instituto de reabilitação para viciados em internet e celular

Você é viciado em internet e celular? Saiba que você tem um problema chamado de nomofobia. E como tratar? O tratamento pode ser feito no Ins...

quinta-feira, 7 de abril de 2011

A tragédia no Rio de Janeiro ou Como a religião motiva qualquer massacre!

Eu sempre digo que a religião é um crime hediondo, e sou muito criticado por isso. Já até eu escrevi dizendo que não vejo diferenças entre Jesus e Hitler, e fui execrado por isso. O massacre ocorrido nesta manhã numa escola do Rio de Janeiro me faz ter a certeza de que eu estou indo no caminho certo.

A mídia propala que foi obra de um psicopata, um débil mental que assassinou cerca de 11 crianças e deixou cerca de 18 feridos, alguns em estado grave, mas não leva o fato de que ele era adepto à religião mulçumana e que suas motivações foram religiosas. Querem mostrar ao mundo que o que aconteceu nada tem a ver com outros ataques que ocorrem pelo mundo.

Pelo que ouvir até agora, o cara assassinou na maioria meninas, e parece que na carta deixada por ele, há a menção de que elas são impuras. Palavras que só poderiam sair da mente de um fanático religioso. Mas a maioria da mídia só fala o fato de que ele era portador de HIV.

Vou deixar bem claro o que eu penso: Qualquer um que segue fanaticamente uma religião, já é de antemão um psicopata, um ignorante cuja verdade que acredita está escrita em um livro mítico, que é um verdadeiro conto de fadas psicodélico (seja de qual religião for).

Tenho pena de você meu amigo, que precisa de um livro desses para encontrar o seu objetivo na vida. Que prefere acreditar em palavras vazias e sem sentido, que diga o que você tem que fazer e como fazer, que diga para você o que é certo ou errado sem nenhum questionamento. Uma fé que te manipula e acaba com a sua capacidade de raciocínio e discernimento. Que coloca o seu destino num ser mítico e que tudo é obra do demônio. Só me resta torcer para que você abra seus olhos, e descubra que o caminho é o conhecimento, não em lendas ou mitos que vem causando guerras e mortes através de séculos, e quem sabe você encontre a sua verdadeira paz. Lembre-se que a ignorância é uma doença!

Eu sinto pelos pais e espero que eles tenham força para continuar vivendo e que não depositem suas dores em algo que foi também o principal motivador dessa tragédia.

A religião é mesmo um câncer deveria ser extirpado da sociedade...

6 comentários:

  1. Concordo plenamente com você meu amigo, com todas as palavras! A religião é um atraso epidêmico!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Acho que você não leu a carta. Não há motivação religiosa ali embora ele mostre seguir alguma religião que sequer fica certa pelo texto.
    Se fosse apenas a religião como motivador, teríamos bilhões de psicopatas no mundo, o que motiva é um fator externo + um certo grau de loucura do sujeito. O fator externo pode ser a religião (o que não acho que foi esse caso), um jogo, video game, abusos.

    Minha versão está no meu blog.

    ResponderExcluir
  3. @Du


    E a imprensa maldita não destaca o teor religioso.

    ResponderExcluir
  4. @Murdock


    Li a carta sim, e para mim está claro essa motivação religiosa. A própria irmã de criação disse na Band News que ele tinha deixado a barbas crescer e estava muito ligado nas coisas do islamismo.
    Só o fato dele falar que os impuros não podem tocá-lo já mostra esse teor.

    ResponderExcluir
  5. Suas motivações são pouco científicas, vê-se já no primeiro parágrafo de seu texto. É proselitista -- ainda que às avessas -- como qualquer religioso que tenta empurrar goela abaixo verdades e acusações peremptórias. Construção de texto rica em falácias generalistas do tipo: viveu ontem, viverá amanhã. Contrasensos.

    Nietzche era ateu também, mas leu a biblia inteira. Sabia o que estava falando.

    Seu texto pouco -- ou nada -- contribui para problematizar a questão.

    Estevão Moreira

    ResponderExcluir
  6. @estevaomoreira


    Não estou tentando empurrar verdades, estou apenas dando a minha opinião sobre o caso e reafirmando a idéia do que eu penso sobre a religião... Qualquer religião.

    Quanto a ler a Bíblia eu dispenso. Eu não preciso ler um conto de fadas para me afirmar como ateu.

    E o objetivo do texto realmente nada contribui para problematizar a questão, porque sei que a mídia não está levando em conta a motivação religiosa do cara. Talvez para desviar o foco. Vou dizer de novo, o texto reafirma o que eu sempre disse, que a religião é um crime hediondo e que a ignorância é uma doença.

    Valeu pelo comentário! Um abraço!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google