Pesquisa personalizada

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Piadas de psicólogo





Um conselho: Nunca namore uma psicóloga, pois ela vai ficar te analisando o tempo todo. Por mais que ela jure que não fará do relacionamento um divã, pode ter certeza que o cérebro dela está em pleno vapor, e quando você menos espera, lá está a profissional em ação.

A bichinha vai ao psicólogo dizendo que quer mudar de vida.
- O que o levou a escolher esse tipo de vida? - pergunta-lhe o psicólogo.
- Não fui eu quem escolheu! Fui forçado a isso! Quando eu tinha uns 12 ou 13 anos, estava brincando no jardim lá de casa, quando o meu primo veio por trás, me agarrou e abusou de mim ali mesmo! Foi um horror!
- Mas você não poderia ter escapado? Não tentou correr?
- Tentar eu tentei, mas de salto alto e saia justa, cadê velocidade!

Quantos psicólogos são necessários para trocar uma lâmpada?
- Nenhum. A lâmpada irá mudar ela mesma quando estiver pronta.
- Só um, mas a lâmpada realmente tem que querer mudar.
- Só um, mas isso vai levar nove visitas.
- Quantos VOCÊ pensa que são necessários?
- Há quanto tempo você tem tido essas fantasias?

O sujeito vai ao psicólogo e diz:
- Doutor, minha mulher vive dizendo que eu sou louco só porque eu gosto de salsinhas.
- Mas isso não faz sentido. Eu também gosto de salsinhas.
- Legal, então vamos lá em casa ver a minha coleção. Eu já tenho mais de duzentas!

O cara tem um filho de seis anos que só sabe falar a palavra ¨ truco¨. Não sabendo mais o que fazer a respeito, ele levo ao psicólogo e fica aguardando na sala de espera. No consultório, o psicólogo pergunta ao menino:
- Qual é o seu nome?
- Truco!
- Quantos anos você tem ?
- Truco!
- Qual é o nome do seu pai?
- truco!
No final da consulta, o pai, ansioso, pergunta ao doutor:
- E aí? O que o senhor acha que ele tem?
- Bom, pela segurança dele, acho que é o zap ou o sete de copas!

O psicólogo fazia testes para admissão de novos candidatos em uma empresa de seleção.
- O senhor pode contar até dez, por favor!
- Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um.
- Porque você contou de trás pra frente?
- É que eu trabalhava na Nasa!
- Sinto muito, esta reprovado!
Entra o próximo.
- O senhor pode contar até dez, por favor!
- Um, três, cinco, sete, nove, dois, quatro, seis, oito, dez!
- Porque você contou primeiro os impares e depois os pares?
- Porque eu trabalhava como carteiro.
- Sinto muito, esta reprovado!
Entra o próximo.
- Antes de começarmos, por favor me diga uma coisa, o que o senhor fazia no emprego anterior.
- Eu era funcionário público!
- Ok! O senhor pode contar até dez!
- É claro! Dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito, nove, dez, valete, dama, rei e as.

Um homem entra em um bar chique da cidade e ao ver uma linda mulher sentada em uma mesa sozinha, se aproxima:
- Posso me sentar? pergunta o homem.
- O quê? Transar comigo?! o senhor é louco! - grita a dama.
O homem todo encabulado,tenta se explicar:
- Desculpe, a senhora não entendeu... Perguntei se posso me sentar?
E é interrompido:
- Você ainda insiste, seu tarado! - grita novamente a mulher chamando a atenção de todos os que estavam presentes.
O homem se afasta da mesa daquela mulher, sem entender e senta-se em outra mesa sozinho.
Vendo aquele homem na mesa sozinho e todo humilhado, a linda mulher se aproxima e fala:
- Desculpe meu senhor é que sou psicóloga, e estou avaliando as reações das pessoas em situações inusitadas...
Enquanto ela falava baixinho o homem se levanta e berra:
- O quê?! R$ 10,00 reais, por uma transada?! Você não vale tudo isso !

Um cliente vai num consultório psicológico e diz pro doutor:
- Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo dela.
Aí eu vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Pra baixo,
pra cima, pra baixo, pra cima... Estou ficando maluco!
- Deixe-me tratar de você durante dois anos. -diz o psicólogo.
- Venha três vezes por semana, e eu curo este problema.
- E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.
- R$ 120,00 por sessão - responde o psicólogo.
- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.
Passados seis meses, eles se encontram na rua.
- Por que você não me procurou mais? - pergunta o psicólogo.
- A 120 paus a consulta, três vezes por semana, dois anos =R$ 37.440,00,
ia ficar caro demais, ai um sujeito num bar se propôs a me
curar por 10 reais.
- Ah é? Como? - pergunta o psicólogo.
O sujeito responde:
- Por R$ 10,00 ele cortou os pés da cama...


Fonte: Profissional Psicólogo



Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



0 Comentando aqui :

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.