Postagem em destaque

08/12/1980, o dia em que o sonho acabou!

8 de dezembro de 1980. Uma data muito triste. Um dos maiores ícones da  cultura pop e do rock foi covardemente baleado com 5 tiros enquanto ...

terça-feira, 30 de julho de 2013

A MTV Brasil está morta. Vida longa a MTV Brasil... Ou não!

Já é de conhecimento de todos que a MTV Brasil enquanto canal aberto será fechada neste segundo semestre de 2013, o que não tínhamos era uma confirmação da própria empresa que administra o canal no país, o Grupo Abril e a própria dona da marca MTV, a Viacom.

Os rumores de fechamento do canal surgiram nestes últimos anos por causa da crise financeira que o Grupo Abril vem sofrendo, tanto é que houve muitas demissões de funcionários e várias reestruturações da emissora. A crise no Grupo Abril  é tanta que até revistas consagradas como a Playboy e a Capricho poderiam ser extintas.

MTV

Ontem foi confirmado que realmente o Grupo Abril, que mantinha o canal irá devolvê-lo à Viacom agora em agosto. Mas para a alegria dos fãs ou não, a emissora ressurgirá como canal pago a partir de primeiro de outubro. Mas o problema é que o M de MTV não significará música nas diretrizes que a Viacom pretende apresentar ao público tupiniquim.

Pela entrevista concedida por uma diretora da Viacom na Folha de SP, Sofia Ioannou, o canal terá sitcoms, reality shows, programas diários da matriz americana, todos dublados e produções nacionais para se enquadrar na lei brasileira, menos VIDEOCLIPES!!! Sim, meus amiguinhos, tudo aquilo que fez surgir a emissora no passado será banido da programação. De acordo com ela, com tantas mídias, diga-se por exemplo YouTube, o jovem pode assistir o clipe que quiser e que não tem mais sentido o canal ficar passando videoclipes, e que a música virá em outro contexto... Mas o problema é que foi esse tipo de programação que praticamente afundou a filial brasileira. Ou seja, eu prevejo um futuro não tanto promissor para a nova MTV Brasil.

E pensar que há 23 anos atrás, eu acompanhei com muito entusiasmo a abertura do canal, era um sábado, dia 20 de outubro de 1990, e eu estava no segundo ano da faculdade, e lembro no dia anterior comentar com os colegas o fato de termos finalmente uma emissora mais voltada aos jovens, pois na época, vivíamos da boa vontade das emissoras abertas em manter um programa de clipes na grade... Que saudades do Som Pop da TV Cultura!!! (Sim, estou ficando velho...)

Lembro da minha corrida para comprar uma antena UHF na Sta Ifigênia (famosa rua de comércio eletrônico aqui em Sampa), depois ao chegar em casa, tentar obter o melhor sinal, mas com um leve chuvisco para esperar a abertura do canal. Fiquei na frente da TV por minutos olhando para aquelas listras verticais coloridas com o logotipo Rede Abril, até que apareceu as vinhetas da emissora e em seguida, a Astrid Fontenelle. O primeiro clipe a ser tocado foi Garota de Ipanema, da Marina Lima.



A MTV era o canal dos sonhos, mas que com o passar dos anos virou pesadelo. A descaracterização do canal foi imensa, apresentando entre outros, programas de auditório que nada tinha a ver com a proposta da emissora.

E os VJs? A seleção deles foi piorando com o tempo. Ver jovens apresentando coisas que ele nem mesmo tinham conhecimento doía a mente e os olhos. Além de contratar pseudo-celebridades da internet que não sabem como falar com destreza. Só porque eles tinham inúmeros seguidores na  rede...

Em 2010, foi a gota d'água, pelo menos para mim. Ver o Restart liderando as premiações do VMB foi demais, e ali eu já tinha percebido que a emissora estava chegando ao fim.

Mas nem tudo foi ruim na emissora nestes últimos tempos, os programas de comédia acabaram por revelar gratas surpresas que hoje bombam ou mofam por aí em outros canais abertos... Programas como o Furo MTV e Hermes & Renato, por exemplo, ainda me prende para assistir o canal.

Hoje, com o fim certo da emissora, a programação está me surpreendendo ao fazer jus ao M da sigla. não é mesmo uma ironia?


PS1: Estou com lágrimas nos olhos ao escrever este post...

PS2: Estou indignado, pois o canal pode virar mais uma emissora evangélica...

PS3: Essa nova MTV Brasil será tão pior quanto a sua predecessora. Prevejo Merda sendo jogada ao ventilador.

2 comentários:

  1. Caramba, Cidão. Também estou ficando velho. Sou do tempo que precisava ficar torcendo para ver um clip do meu gosto no Som Pop, apresentado pelo Kid Vinil, e dar a sorte de ser um favorito meu. Naquela época, Heavy Metal não era muito popular nas rádios, e quantas vezes eu não fui obrigado a escutar(e ver) um monte de clip porcaria até que aparecesse um que eu gostasse.

    Na verdade não me arrependo totalmente de ter vendido meus LP's para um sebo (a preço de banana), pois a maioria das músicas, quando ainda sinto vontade de escutar, acho no Youtube. Algumas raridades não. Não me lembro quantos LPs eu tinha, mas colocados que nem livros na estante, dava mais ou menos um metro e meio de espaço. Essa foi outra coisa que começou a incomodar, porque atualmente moro em um apartamento muito pequeno. Qualquer metro quadrado precisa ser supervalorizado. O dó foi que todos discos estavam em ótimo estado... Black Sabbath, Hendrix, Saxon,Pink Floyd, Led Zeppelin, Judas Priest, Motörhead, Iron Maiden, AC/DC, e também outros estilos que eu ainda gosto ou gostava, UB 40, U2, e outros ingleses, do tempo do pós-Punk: Joy Division e The Cure, por exemplo.

    Quanto à MTV, bom era do tempo de Thunderbird (no início),Gastão Moreira, e o programa Lado B, apresentado por Fábio Massari, que também escrevia sobre música em uma revista do gênero, ou seja, como você bem disse, eram pessoas que entendiam do que estavam falando, e não apenas rostinhos fotogênicos com boa dicção lendo textos decorados.

    Eu acho que a proposta inicial da MTV, de ficar passando Video Clips realmente não funcionaria mais hoje, mas sinto falta de um programa que faça uma crítica do que está sendo lançado no mercado, apesar de que não sou mais jovem e não tenho mais tanto interesse como antes, e os jovens de hoje, salvo alguns grupinhos, estão aceitando qualquer tipo de lixo, como funk e sertanejo universitário.
    É, meu amigo, os tempos são outros, pode me chamar de antiquado, mas ainda acho que o cérebro de muitas pessoas, no que diz respeito àquela região seletiva, e a julgar pelo que tenho ouvido nas rádios, está sofrendo uma certa atrofia.

    Realmente triste lembrar como esta TV foi legal, e agora acabando assim. A culpada, mais uma vez, é esse damned veículo que estamos usando agora, chamado Internet.

    Com o tempo a gente se adapta, mas fica a história.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário foi um verdadeiro post! Um abração caro colega!! :)

      Excluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google