Pesquisa personalizada

domingo, 9 de abril de 2017

10 mandamentos do Facebook para reconhecer as notícias falsas





O Facebook está tomando algumas medidas para identificar e sinalizar notícias falsas, mas tem também o objetivo de realmente educar as pessoas sobre como evitá-las, por isso o Facebook criou 10 mandamentos para que seus usuários reconheçam as notícias falsas.

fonte The next Web

A empresa está adicionando um alerta no topo do seu News Feed chamado "Dicas para detectar notícias falsas", que aparentemente aparecerá várias vezes nos próximos dias. Clique nele, e você será levado para uma página de suporte com alguns conselhos úteis. Vamos a eles:

1 - Seja cético em relação às manchetes. Notícias falsas muitas vezes têm manchetes atraentes em todas as letras com pontos de exclamação. Se as afirmações chocantes da manchete parecem inacreditáveis, eles provavelmente são.

2 - Olhe atentamente para o URL. Um URL falso ou parecido pode ser um sinal de aviso de notícias falsas. Muitos sites de notícias falsas imitam fontes de notícias autênticas fazendo pequenas alterações na URL. Você pode ir ao site e comparar o URL com fontes estabelecidas.

3 - Investigue a fonte. Certifique-se de que a história é escrita por uma fonte que você confia com uma reputação precisa. Se a história vier de uma organização desconhecida, verifique a seção "Sobre" para saber mais.

4 - Preste atenção para a formatação incomum. Muitos sites de notícias falsas têm erros ortográficos ou layouts desajeitados. Leia atentamente caso veja esses sinais.

5 - Considere as fotos. As notícias falsas geralmente contêm imagens ou vídeos manipulados. Às vezes, a foto pode ser autêntica, mas tirada do contexto. Você tem que procurar a foto ou a imagem para verificar de onde veio.

6 - Inspecione as datas. As notícias falsas podem conter cronogramas que não fazem sentido ou datas de eventos que foram alteradas.

7 - Verifique as provas. Verifique as fontes do autor para confirmar se elas são precisas. A falta de evidências ou a dependência de especialistas não identificados pode indicar uma notícia falsa.

8 -  Olhe para outros relatórios. Se nenhuma outra fonte de notícias está relatando a mesma história, pode-se indicar de que essa história é falsa. Se a história é relatada por várias fontes que você confia, é mais provável que seja verdade.

9 - A história é uma piada? Às vezes, as histórias das notícias falsas podem ser difíceis de distinguir do humor ou da sátira. Verifique se a fonte é conhecida por paródia, e se os detalhes da história e o tom sugerem que pode ser apenas para diversão.

10- Algumas histórias são intencionalmente falsas. Pense criticamente sobre as histórias que você lê, e só compartilhe as notícias que você sabe ser credíveis.

As dicas acima são bem-vindas mas um tanto quanto óbvias, mas infelizmente as pessoas continuam compartilhando notícias que muitas vezes são sátiras, como as do Sensacionalista, achando que são .reais, e o pior, muitas vezes nem lêem o que estão passando para a frente

Não vai ser uma lista dessa que impedirá que as pessoas continuem a compartilhar as notícias falsas, mas pelo menos é um começo. Quem sabe os usuários possam ter mais consciência do que fazem na rede e aprendam. Mas isso é uma utopia.

fonte: The Next Web


Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



0 Comentando aqui :

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.