Pesquisa personalizada

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Yahoo, mais um triste fim de uma era!





O Yahoo! era uma potência durante os anos iniciais da internet comercial, que data de 1995. E pensar que se chegou a cogitar que lá pelos idos de 99 ela poderia comprar um empresa emergente de buscas... Ou até mesmo uma rede social que começou em 2004...

fonte: The Next Web
Ontem as notícias eram nada animadoras. Foi noticiado que a empresa estava sendo dividida. Parte dela estava sendo vendida para a Verizon, operadora americana, numa compra de 4,8 bilhões de dólares (venda firmada dede julho do ano passado), na qual incluiria os negócios da empresa de internet, e portanto, o portal, motor de buscas, serviço de e-mail entre outras coisas, irá permanecer como está, com supervisão da Verizon.

Já uma outra parte, que controla os investimentos, que tem a participação de 15% na Alibaba e outra de 35,5% no Yahoo Japan, a qual nenhum usuário tem acesso e que foi separada na venda para a Verizon, irá mudar de nome e vai se chamar Altaba. E nesse sentido veio a renuncia de Marissa Mayer, a CEO do Yahoo!, na parte dos investimentos como participante do conselho diretor da empresa, assim como mais cinco pessoas, David Filo, Eddy Hartenstein, Richard Hill, Jane Shaw, Maynard Webb.

Dizem que Marissa Mayer ainda pode continuar como CEO na parte comprada pela Verizon, que poderá ainda continuar com o nome Yahoo!.

Um detalhe, o nome Altaba parece uma junção de Altavista (um buscador de internet dos anos 90) com a Alibaba. Bem, a Altaba operará como uma empresa de investimento daqui para a frente.

O Yahoo! foi fundada em 1994 por dois estudantes de pós graduação da universidade de Stanford, Jerry Yang e David Filo, e no início era simplesmente um diretório de links com o nome de Jerry and David’s Guide to the World Wide Web. Com o crescimento da empresa, serviços como My Yahoo, Yahoo Messenger e Yahoo Mail dominaram a internet. Com a compra do Geocities e a criação dos portais regionais, o Yahoo se tornou a potência daquela época.

Mas com o surgimento de outras empresas, como Google e Facebook, o Yahoo se estagnou e as decisões erradas imperaram na empresa. Uma das primeiras decisões polêmicas foi a não compra de uma empresa que estava se emergindo em 98, a Google, porque era conduzida por filosofias incompatíveis e em 2006 quase comprou o Facebook, Mark Zuckerberg achou a proposta de um milhão baixa demais.

Em 2008, a Microsoft quase comprou o Yahoo!, só não fez por causa da insistência do CEO da época, Jerry Yang, que bateu o pé querendo 53 bilhões de dólares. Steve Ballmer, chefão da Microsoft, chegou a oferecer quase 48 bilhões, e o negócio não foi concretizado.

A empresa então, foi a caça de um líder que pudesse reerguer a empresa. Após algumas tentativas,, em 2012, Scott Thompson, com a experiência que tinha no PayPal, tornou-se o CEO do Yahoo, após outros ocuparem a cadeira. Mas descobriu-se que ele mentiu no currículo e acabou renunciando. Aí veio Marissa Mayer!

fonte; Techcrunch
Com excelente trabalho no Google, ela parecia ser a líder que empresa precisava. Apesar de um crescimento e uma cara nova, os lucros baixaram, vieram as demissões em massa e compras excessivas sem sentido por parte da nova CEO. Em 2016 não teve jeito, o caminho era a venda, e aí veio a Verizon.

Um detalhe, o contrato de Marissa diz que se ela for mandada embora, irá receber cerca de 25 milhões de dólares e talvez isso possa ser um entrave na venda.

Bem, a história do Yahoo! pode servir de lição ao Google e ao Facebook. Será que essas empresas vão se manter no topo nos próximos anos? Só o tempo dirá!

fonte: The Next Web via Techcrunch


Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



0 Comentando aqui :

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.