Pesquisa personalizada

quinta-feira, 28 de março de 2013

10 generalizações estúpidas que as pessoas dizem





Generalizar é pegar um grupo de pessoas e vulgarizar no sentido de atribuir um comportamento de poucos indivíduos a todas as outras. Só porque um faz quer dizer que todos fazem? Essa "verdade absoluta" se torna um perigo e tende a se tornar um senso comum, que pode levar a um afastamento ou a um preconceito exacerbado.

fonte: Dúvida Metódica

Abaixo relaciono 10 generalizações correntes em nossa vida diária, que mostra o pior que existe no ser humano:

1 - Todo político é ladrão e corrupto

Essa generalização ocorre devido aos desmandos da política brasileira, que legisla sempre em causa própria. Existem pessoas sérias nesse meio, mas concordo que são poucas.

2 - Todo corintiano é assassino

Essa generalização surgiu neste ano após o incidente em Oruro, na Bolívia, onde um retardado matou um adolescente soltando um sinalizador. Infelizmente as torcidas de outros times acabaram soltando essa pérola atingindo não só toda a torcida mas também os jogadores e comissão técnica do clube.

3 - Todo padre é pedófilo

Essa generalização surgiu por causa dos inúmeros casos de pedofilia que vem ocorrendo dentro da Igreja Católica e foi um dos motivos da renúncia do Papa Bento mês passado.

4 - Todo pastor é ladrão

Essa generalização surgiu por conta da atitudes e ações de certos pastores inescrupulosos obrigam seus fiéis a darem o dízimo para a igreja, o que atinge bem fundo as igrejas evangélicas sérias.

5 - Toda loira é burra

Essa generalização deve ter surgida por causa de inúmeros casos de loiras que não precisam se esforçar para conseguir algo. Somente a beleza delas bastam para atingir o estrelato. Estudar para que mesmo?

6 - Todo gay é promíscuo

Essa generalização surgiu da mente de certos energúmenos que "acham" que se um cara é gay, ele dever dar para todo mundo, fazendo da vida um eterno bacanal. O homossexual é um ser humano como todos nós, e a promiscuidade não depende da preferência sexual de ninguém.

7 - Todo ateu é intolerante

Essa generalização surgiu porque o ateu bota um dedo na ferida dos religiosos. Não somos intolerantes, mas temos um compromisso com a verdade e não com fábulas contadas contadas e escritas a partir de um livro milenar escrito por pessoas de uma época mais simples e fantasiosa, entre outras coisas.

8 - Todo roqueiro é drogado

Essa generalização surgiu porque o lema do roqueiro é "Sexo, Drogas e Rock'n'Roll". Mas vamos falar a verdade, não há exclusividade do rock com as drogas, qualquer outro estilo musical também está as voltas com elas. O que dizer daquele pagodeiro traficante adorado por muitas donzelas e de certos funkeiros cariocas do morro?

9 - Todo negro é bandido

Essa generalização surgiu por puro preconceito mesmo. Ser bandido nada tem a ver com a cor, e sim com a maldade e o desprezo para com o ser humano.

10 - Todo jovem é alienado

Essa generalização sai das bocas de profissionais que lidam com a educação e coloca todo jovem como sendo um completo idiota. Nem tanto ao mar, nem tanto a terra, existem jovens que são responsáveis e que possuem opiniões bem fundamentadas sobre os assuntos sérios, e é claro que com a situação da educação no país, eles acabem sendo engolidos por esse mar de mediocridade que impera em nossa sociedade.

E portanto, para finalizar, podemos concluir que...

11 - Toda generalização é burra

Com certeza. Quando você generaliza um determinado grupo você está atribuindo uma experiência de poucos para todos os pertencentes do mesmo, o que pode ser ou não verdade. Temos que tomar cuidado com isso, pois pode levar a interpretações errôneas e ao preconceito puro. Opiniões e críticas são necessárias, mas quando se generaliza, partimos para um ataque gratuito e sem precedentes.

Mas espera aí... Neste último tópico não acabei de  generalizar a generalização?

Há outras generalizações que não coloquei aqui, mas que podem ser discutidas nos comentários. Com a palavra, vocês leitores!


Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



4 comentários :

  1. Oi Cidão,

    A generalização é filha do comportamento "Maria vai com as outras" (i.e. em Inglês: Sheep behaviour). Muitas pessoas imitam os outros (em tudo), obliterando assim aos poucos a sua personalidade e individualidade.
    Não se trata de uma "verdade absoluta", a meu ver; mas sim o resultado da opção que as pessoas fazem em se colocarem em grupos e sub-grupos (muitas aceitando os estereótipos que os acompanham).

    Não, nem todos os políticos são ladrões e corruptos; contudo, o jogo de favores inerente à profissão dá essa impressão. Concordo, nem todo o padre é pedófilo (o modo como a igreja geriu os casos de pedofilia no seu seio provocaram esta "opinião"; que claro, é uma falácia). Concordo totalmente com os números 4, 5, 6. Não acredito no ateismo; mas direi que nem todos aqueles que optam por não ter uma crença religiosa são intolerantes.
    Concordo em absoluto com os números 8, 9, 10.

    Óptimo tópico de discussão.

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Max, não creio que ateus seja intolerantes. Muitas veezes insistimos em provas científicas, uma menta mais racional e por aí vai. Muitas das respostas que recebemos é que nos falta a fé, que temos que crer. Essa resposta não nos satisfaz, a ciência se baseia nos fatos observados, reproduzidos, explicados(hipóteses, teorias e leis) e comprovados, que é um resumo bem simples do método científico. A religião não nos fornece isso.

      Outro abraço!

      Excluir
    2. Cidão, eu concordei contigo (eu disse que nem todas as pessoas que optam por não ter uma crença religiosa são intolerantes).
      Ter fé não é ser irracional, pelo contrário; é um complemento à racionalidade. Muitos cientistas têm fé e professam uma religião. Para além disso, a ciência começou por ser um acto de fé (lembra-te que antes de o homem ir para o espaço e comprovar o que Galileu e outros disseram [com base em evidências] já aqueles haviam criado teorias e apresentado hipóteses...com base em quê? Na observação e na crença de que estavam certos..i.e. fé) e negar o intangível é limitar a ciência. A ciência e a fé não são incompatíveis de maneira alguma; ainda que muita gente nos queira convencer do contrário.

      Excluir
    3. O problema, Max, é encontrar uma compatibilidade entre a Ciência e a religião. :)

      Excluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.