sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Piadas de dívidas

Dívidas... O mal de todo brasileiro, desde o mais simples até os empresários. "Devo não nego, pago quando puder" é o lema de todos. Todos deveriam aprender a não gastar mais do que recebe... Divirtam-se com as piadas de dívidas...

Meu marido e eu passamos por muitos meses estressantes por causa de dificuldades financeiras. Certa noite, fiquei emocionada ao vê-lo admirando o anel de diamantes que simbolizava nosso casamento.
– Com esse anel… – eu disse, romanticamente.
– Poderíamos quitar as dívidas do cartão de crédito! – ele completou.

Diz o credor ao caloteiro:
- Há muito tempo que ando atrás de você para pagar o que me deve! Agora que te encontrei, quero dizer que só quero o meu dinheiro.
Responde o caloteiro:
- Ah, que susto! E eu que pensei que você queria o meu…

Um cara estava lotado de dívidas quando um amigo tenta lhe dar um conselho:
- Eu, no teu lugar, com tantos credores atrás de mim, não teria coragem de sair nas ruas.
O outro responde:
- Que nada! Saiba que eu nunca os encontro…
O amigo pergunta:
- Como assim?
E o cara fala:
- É que eu ando de carro e eles andam a pé!

Um rapaz, muito jovem, resolve procurar uma prostituta. Ao encontrar o que procurava, perguntou:
- Olá, quanto você cobra?
E ela disse:
- 50 conto...
- Ok, Então vamu pra cama!
Depois de terminar a transa, o rapaz abre a carteira para pagá-la e observa que não havia levado o dinheiro. Então ele todo brincalhão diz:
- Coloca na conta do meu pai!
No que a prostituta responde:
- Não dá, não dá, teu pai já tá devendo demais!

Dois amigos se cruzam num passeio, e um deles diz::
- Ainda bem que te encontrei! Olha, pega os cem reais que te devo.
O outro:
- Ah, obrigado! Realmente, já começava a fazer falta.
Entretanto, aparece um terceiro amigo cumprimentando os outros. Diz o que antes tinha recebido o dinheiro:
- Olha, ainda bem que você também apareceu! O nosso amigo aqui acabou de me pagar os cem reais que me devia. E eu, como também te devo os mesmos cem reais, aproveito para saldar a dívida.
Remata o primeiro:
- Legal! Assim, as contas ficaram arrumadas e a grana regressa à origem…

Um turco pegou dinheiro emprestado para um judeu. Mas o turco sempre se gabava de nunca ter pago uma dívida sequer e por outro lado o judeu nunca havia perdido nenhum centavo em transação alguma. Passava-se o tempo e o turco enrolando e se escondendo do judeu e este na captura do turco. Até que um dia eles se cruzaram no bar de um português e começaram uma discussão. O turco encurralado não encontrou outra saída, pegou um revólver encostou na sua cabeça e disse:
— Eu posso ir para o inferno mas, não pago esta dívida!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão. O judeu não quis deixar por menos, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse:
— Eu vou receber esta dívida, nem que seja no inferno!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão. O português que observava tudo, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse:
— Pois eu não perco esta briga por nada...

fonte: Blog do AFTM
fonte: Humor Político



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google