Pesquisa personalizada

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

A partícula maldita





Eu não consigo entender toda a falácia religiosa que permeia este país. Basta ler os comentários na Folha de São Paulo, por exemplo, no caderno Ciência, para ver os absurdos que lá são colocados. Pessoas sem noção nenhuma da realidade comentam qualquer notícia científica ou tecnológica, retrucando-a como sendo algo do demônio ou colocando-a contra a verdade absoluta de deus.

via Dorgas on Fire!

E uma das coisas que me irritam é que os senhores jornalistas, ao invés de evitar esse confronto, corroboram com termos que nada tem a ver com a Ciência: olho de deus, mão de deus e agora partícula de deus. Notem só as manchetes de ontem nos principais jornais aqui da cidade de São Paulo:
- Cientistas encontram sinais de deus e do Universo - Diário de São Paulo
- À um passo da partícula de deus - Jornal da tarde
- Cientistas vêem pistas fortes da existência da partícula de deus - Folha de São Paulo
- Perto da partícula de deus - Estado de São Paulo
- E por aí vai...
Manchetes desse tipo só servem para motivar ainda mais a ignorância do povo. Não tem nada de deus nesse caso, aliás, em nenhuma parte da Ciência tem espaço para deus. A Ciência e a religião são antagônicas. Enquanto a religião depende da fé (e digo-a cega!), a Ciência depende da razão. Não tem espaço para a fé na razão. A lógica religiosa é desprovida na obtenção da verdade, não há nenhum método científico que a embase. O religioso é cego nesse sentido, na verdade ele só enxerga aquilo que ele quer ver, baseado num contos fadas e num velho barbudo que fica soltando seus raios do céu.

A Ciência é libertadora do obscurantismo da ignorância. Os fenômenos são observados, teorias são elaboradas a partir das medidas e dos cálculos, as leis físicas podem ser comprovadas tanto na natureza quanto num laboratório. E a partir da compreensão do universo em que vivemos, criam-se as tecnologias que hoje nós usamos e abusamos. Tecnologias essas criadas para o nosso bem estar.

É horrível ler ou ouvir pessoas falando do que vai servir isso ou aquilo na vida delas, como o Bóson de Higgs. E com certeza eu digo NADA! Continuem a viver em seus mundinhos fechados e continuem a crer que o velho barbudo lá de cima está vigiando suas vidas.

E sabem o que é mais engraçado? Essas mesmas pessoas que falam que cientistas tem parte com o demônio e que a tecnologia é do mal, a usam para escrever tolices na rede. Porra, se a tecnologia é do demo, porque em suas casas tem TV, computador, geladeira, celular? Porque não se desfazem de tudo e vão viver no meio do mato, plantando e caçando para se sobreviver?

A imprensa tem um papel importante na sociedade e NÃO pode, de maneira nenhuma dar vazão à isso. Quem escreve e assina uma matéria científica tem que se ater aos fatos e não dar manchetes sem sentido e tendenciosas como as que descrevi acima. Isso só serve para denegrir mais ainda a Ciência e a Tecnologia, tão maltratadas nesse país e motivar ainda mais a discussão entre religiosos e ateus.

Cientistas NÃO querem se deus, e a Ciência não tem pretensão nenhuma em se unir à religião. Podem tirar o cavalinho da chuva. O papel da Ciência é entender e compreender a natureza à qual estamos inseridos. O Conhecimento não tem preço, mas obter o perdão de deus sim, e chega a ser caro, para adentrar no paraíso, enquanto isso, alguns espertalhões ficam ricos explorando a fé das pessoas ignorantes.

E só um detalhe: Quando Peter Higgs ( o físico que teorizou  a existência desse Bóson nos anos 60) escreveu um livro para leigos, explicando suas teorias, o nome original era The Goddamn Particle, ou A Partícula Maldita. A editora não aceitou o nome e impôs The God Particle, ou A Partícula de deus. Ou seja, Higgs nunca pensou em deus nas suas teorias!


Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



4 comentários :

  1. As religiões são umas das piores pragas inventadas pela humanidade para tentar dar significado à vida de pessoas que não admitem que somos finitos e que tudo acaba quando morremos. Não bastasse isso, o mal maior é que ela impediu - e impede - o avanço das pesquisas que poderiam ter melhorado em muito a nossa qualidade de vida, tanto no que se refere à cura de doenças para as quais ainda não se conhecem formas eficientes de cura, como no avanço da tecnologia. Mas o mais foda de ver, meu amigo, são coisas do tipo, os para-raios colocados em cima das igrejas e templos evangélicos. Já que eles acham que a ciência é dispensável em relação às coisas divinas, por que não confiam em seu deus todo poderoso, arrancam os para-raios e ficam somente rezando nos templos pedindo proteção contra descargas elétricas vindas do céu durante uma tempestade? Essas contradições seriam hilárias não fosse o benefício financeiro de tantos papas, padres, pastores, que vivem da exploração destes pobres crentes carentes de pensamento racional.

    Quanto à particula de Deus, não tinha me dado conta da má intensão neste caso dos possíveis religiosos querendo ligar a física com a religião. Vou até cortar o termo "partícula de Deus" no post antigo que escrevi sobre o LHC.

    http://raiosinfravermelhos.blogspot.com/2009/11/blog-post_21.html

    ResponderExcluir
  2. Só vou refutar um argumento seu quanto à ideia que você sintetizou em "Não tem espaço para a fé na razão".

    Se pensarmos na filosofia como a mãe de todas as ciências, seria interessante você ler os argumentos filosóficos de um dos maiores filósofos do século XX, o Papa João Paulo II.
    Ele publicou uma Encíclica chamada "Fides et ratio" (Fé e Razão) - link: http://www.vatican.va/edocs/POR0064/_INDEX.HTM - claro sem deixar de ponderar argumentos religiosos.

    Ao contrário do que se pensa, Fé e razão, ciência e religião andam de mãos dadas e são interdependentes.

    Recomendo mesmo a leitura. É um texto bem difícil, mas acredito que você e outros consigam acompanhar os argumentos do Papa.

    ResponderExcluir
  3. @Jairo Grossi


    Investigando sites americanos, quase não vi o termo god particle e sim o nome real, Bóson de Higgs.
    Eu até entendo que colocando desse jeito, a manchete fica chamativa para leigos em geral, mas é um mal tremendo que isso causa.

    ResponderExcluir
  4. @Marcos Lemos


    Valeu pela sugestão, Marcos. Ao escrever isso, eu refuto a fé, enquanto motivadora de uma crença religiosa que prega uma "verdade absoluta", que não dá espaço para a discussão e abertura da mente, de que possa haver outras possibilidades.

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.