Pesquisa personalizada

domingo, 30 de setembro de 2007

Rapidinhas de domingo




Estou estressado! Final de bimestre nas quatro escolas que trabalho. A burocracia é demais: diários, correção de provas, fechamento de médias, preenchimento de papeletas, fichas individuais de alunos... Estou exausto! o pior é que todo esse trabalho é inútil, é apenas para mostrar que existe trabalho (sic) e que tudo está registrado para o caso de algum problema.

Encontro tempo para jogar Magic, claro, porque me recuso a trabalhar nos finais de semana. É o meu momento, onde esqueço que minha vida profissional não existe! E ontem fiz 4x1 e fiquei em 3º num torneio tipo Legacy com um deck de... GOBLINS!!!! Segunda semana seguida que tenho uma boa performance com os gobbos, que eu tinha esquecido e relegados ao esquecimento. Eles não perderam o charme!

Acabei de me registrar no VIA6 e estou enviando notícias(meus posts) para o REC6, no intuito de aumentar a visibilidade do blog. Quero que mais pessoas possam se divertir com as minhas opiniões e o meu mau humor. Vou espalhá-los como se fossem vírus pela internet... Rssss

Não quero falar de futebol. Ontem perdi a paciência. Com esses jogadores, realmente o Corinthians não tem jeito. A 2ª divisão está a caminho...
Mas quero parabenizar as meninas no mundial feminino, serem vice-campeãs mundiais sem ter nenhum apoio dentro de seu próprio país não é mole não. Elas merecem todo o nosso apoio.

Viajando pela blogosfera do Bloblogs e Technorati, encontrei um blog muito interessante, o Davis Sousa [blog], e me diverti com os posts. Recomendo que deêm uma visitinha por lá. E vou linká-lo também na coluna dos Cool Blogs ao lado.

Coloquei no meu PC um papel de parede muito legal, o Garfield Desktop Background, todo dia ele se atualiza pela internet e coloca uma tira diferente. Eu adoro esse gato e não podia deixar de não tê-lo. O download para quem quiser pode ser feito aqui. E além do mais, ler uma tira desse gato diminui um pouco o meu mau humor!

E eu não sei porque tanto blá blá blá a respeito das fotos nada inocentes da Vanessa Hudgens. Todas fazem exatamente o mesmo, o problema é que ela virou uma superstar e o idiota do namorado deve estar com dor de cotovelo ao vê-la toda hora na TV e no cinema. Isso, de divulgar as fotos, foi uma atitude infantil da parte do cara, quanto a Vanessa... acordem pessoal, ela é um ser humano como a gente, que também faz aquilo. Deixem de endeusa-la ou purifica-la. Os meios de comunicação nessas últimas semanas só falam nisso, e isso me irrita! (E antes que me perguntem, sim eu tenho as as fotos, e não achei nada de mais. Estavam bem normais! Nada chocante, como muitos falaram.)

That's all folks!


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Imagem interessante!




Vejam a imagem abaixo:




Existe referências a 74 bandas de rock na figura. Vocês conseguem descobrir?

Aqui está a imagem em tamanho real.


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Sobre relacionamentos




Vi uma cena nesses dias muito hilária e ao mesmo tempo patética. Uma moça andando na calçada, aos prantos e um cara com um carro perseguindo-a, berrando “entra”. No momento eu estava atravessando a rua e o idiota quase me atropelou. Nesse momento então, a moça resolve atravessar para o outro lado e ele para o carro bem próximo de mim, e sai correndo para tentar agarrar a pobre da moça, que começou a falar, me solta, me deixa em paz, não quero mais te ver e coisas do tipo. Quanto a mim, continuei andando e me deu uma vontade de olhar para trás. Bem eu olhei, e o que vi me deixou muito nervoso: o cara deu uns sopapos nela e depois eles se abraçaram e começaram a se beijar... (essa deve gostar de apanhar...)

Aí eu comecei a pensar... Bem, eles devem se merecer. Eu nunca fiz e nunca farei coisas desse tipo, ficar correndo atrás de uma pessoa, ficar se rebaixando a todo o momento.
Quando um relacionamento meu chega ao fim, é o fim mesmo. Não sou de correr atrás de ninguém. Uma pessoa um dia me disse que na verdade eu ainda não tinha amado de verdade alguém, e que quando isso me acontecesse, sentiria e faria o mesmo que os outros... Será?

Eu já amei muito uma pessoa, fiquei mal, mas muito mal, mas eu não fui atrás dela. Sou uma pessoa prática. Se um relacionamento chega ao fim, é porque já está desgastado e não funciona mais. Não adianta prorrogar a situação, por mais que ainda haja um forte sentimento entre os envolvidos.

Aliás, nem sei se o amor existe mesmo.

Meses atrás, reencontrei a pessoa, nos cumprimentamos, rimos de algumas coisas, mas por mais que eu ainda tenha algum sentimento por ela, eu não vou tentar aquilo de novo. Hoje temos outras metas, e não vou arriscar. O que passou, passou.
Mas eu ainda gosto muito dela...

A vida é engraçada e dá muitas voltas. Eu sei que dizer nunca é complicado, mas nesse caso sou irredutível!

Agora voltando a cena que presenciei, havia outras coisas ali envolvidas que também não consigo engolir. Uma pessoa não pode deixar um relacionamento chegar a um ponto em que um bate no outro, ou até mesmo tenha uma traição. E pelo que entendi, esses dois componentes estavam ali presentes. A pessoa tem que ter dignidade e não se sujeitar a isso.
Um relacionamento se constrói na base da confiança, e se a mesma for quebrada, perde-se o respeito, em relação a outras pessoas e a si mesmo. Odeio quando uma pessoa diz, em relação a outra, que “se não ficar comigo, não vai ficar com mais ninguém”. Ninguém é propriedade de ninguém. Cada um é livre para seguir o seu caminho e viver do jeito que quiser. Infelizmente, o ser humano, na sua maioria, é patético e possui um sentimento estúpido de posse que chega a ser muito nojento e desprezível.



Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





segunda-feira, 24 de setembro de 2007

EMO-DAY? Que piada... Bwahahahahahaha!





Oh my God! Eles conseguiram. E essa eu nem sabia. Poderia até estar incluído em posts de piadas ou coisa do gênero, mas que é o horror, é o horror, corram para as montanhas!
É o fim do mundo!
Brincadeiras a parte, hoje, 24 de setembro é considerado o dia emo, ou EMO-DAY. E logo no dia 24, que sugestivo, não?



Particularmente na minha opinião, toda essa coisa é só mais um modo de certos jovens soltarem a franga, sem serem tachados vocês sabem do quê, mas que o tiro sai pela culatra, sai, porque suas atitudes comprometem, e muito. Não tenho preconceito, cada um tem o seu prazer do jeito que quiser, o que não gosto é de certas lengalengas, assuma logo de uma vez e seja feliz. Estou certo ou não?

Mas voltando ao tema, hoje é um dia em que vários blogs irão discorrer sobre o assunto, e eu não poderia deixar de falar, não é? Essa iniciativa foi criada pelo blog Nadaver e mais de 70 blogs prometeram postar sobre o estilo emo de ser. Eu não cadastrei meu blog, mas exerço o meu direito de postar também. Certo?

Portanto, esses seres sensíveis, que choram; que usam franjinhas; que curtem lixos industriais como Simple Plan, Nx-Zero, CPM-22, The Used e outras porcarias; que evitam transar com o sexo oposto; que reclamam de tudo e usam uma linguagem esquisita, o tal do miguxês, tem um dia só seu para realizar suas emoboiolices ao extremo.

Mas é com muita alegria em meu coração que digo: EMOS UNIDOS DEVEM SER PUNIDOS!

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!







domingo, 23 de setembro de 2007

O negócio é rir um pouco!




Não quero comentar esse domingo, senão meu mau humor irá se espalhar como se fosse um vírus por toda a rede, portanto, o melhor é rir um pouco mesmo! Algumas dessas piadas eu recebi por e-mail, portanto divirtam-se. E não se esqueçam de visualizar o meu outdoor online clicando no selo ao lado. Tomara que o Kassab não proiba mais essa!

Reflexões da velhinha

O surfista malhava, fazia jiu-jitsu, e ainda por cima era campeão estadual de surfe. Naturalmente, era muito vaidoso. Um dia, ao se olhar no espelho, viu que suas partes íntimas estavam muito brancas. Não combinavam com o belo bronzeado do resto de seu corpo. Então, ele teve uma idéia... No dia seguinte, foi à uma praia deserta, tirou o calção e se enterrou na areia, deixando apenas o respectivo de fora...
Nisso veio andando uma velhinha que, ao deparar-se com aquele estranho "objeto" na areia, falou, numa voz trêmula :
- Quando eu tinha 20 anos, eu tinha medo dessa coisa... Quando eu tinha 40 anos, eu queria mais e mais dessa coisa... Quando eu tinha 60 anos, eu tinha que pagar para ter essa coisa... Hoje, que eu tenho 80, essa droga cresce em qualquer lugar !!!!

Castigo do Céus!

Um rapaz estava em uma cama de hospital. Não tinha braços, pernas e nem orelhas. Era cego de um olho e comia por um tubo.
De repente, passa no corredor uma mulher gostosíssima e o cara berra com as
poucas forças que tem:
- Ô gostosa, que tal vir aqui e me fazer um boquete?
O pai, ao ouvir aquilo o repreende e diz:
- Meu filho, não devia dizer estas coisas. Deus castiga!
- Ele vai fazer o quê? Me despentear?

Ministro português x ministro brasileiro

Um ministro português recebeu, em Lisboa, um ministro brasileiro (deve ser petista ou simpatizante). Simpático, o português convidou o brasileiro a ir à sua residência. O ministro brasileiro foi e ficou espantado com a bela vivenda. Em um
bairro chiquérrimo e com piscina. Com a informalidade, o brasileiro pôs-se a fazer perguntas.
- Com um ordenado que não chega a mil contos limpos, como é que o meu amigo conseguiu tudo isto? Não me diga que era rico antes de ir para o Governo?
O ministro português sorriu, disse que não, antes não era rico. E em
jeito de quem quer dar explicações, convidou o outro a ir até à janela.
- Estás a ver aquela auto-estrada?
- Sim, respondeu o brasileiro.
- Pois ela foi feita por 100 milhões. Mas, na verdade, só custou 95..., disse o português, piscando o olho.
Semanas depois, o ministro português veio ao Brasil. O brasileiro quis retribuir a simpatia e convidou-o a ir lá a sua casa. Era um palácio com varandas viradas para o pôr-do-sol, jardins japoneses e piscinas em cascata. O português nem queria acreditar, gaguejou perguntas sobre como era possível um homem público ter uma mansão daquelas. O brasileiro levou-o à janela.
- Está vendo aquela auto-estrada?
- Não!

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!







quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Coisando a coisa sem pudor!




O que me motivou a escrever este post, foi um texto que eu li no blog do colega Matheus Hruschka (um jogador de Magic assim como eu!), Crônicas de Elevador, e assim tentei traçar um paralelo da palavra coisa com a palavra inglesa muito famosa, conforme vocês poderão ler. O texto que me inspirou pode ser lido nesse link.

Na língua inglesa, existe uma palavra que é dita universalmente por todos, e ela pode expressar um palavrão, uma relação sexual, uma coisa muito boa ou muito ruim, e por aí vai. Se você assiste a um filme americano, essa palavra é dita a todo o momento. Sabem de que palavra estou falando? Sim, estou falando da palavra FUCK!

Ela sempre aparece nas mais variadas formas, seja no início de uma pergunta: “What the fuck”, seja como forma de desprezo: “I don’t give a fuck whether...”, seja para indicar uma coisa muito boa: “He’s a fuckin’ great guitar...”, ou num xingamento: “Fuck you, man”, ou num convite ao sexo: “Let´s fuck, baby”, ou mesmo quando você está com problemas:” Oh shit, I’m fucked up”, e assim por diante. Ou seja, a palavra fuck pode ser usada de várias maneiras morfológicas, ora é substantivo, ora é verbo, ora é adjetivo, e por aí vai...

No Brasil, uma palavra que parece ter a mesma função, isto é, ter vários significados é a palavra COISA. Quem mais usa e abusa dessa palavra são os adolescentes. É muito comum ouvir da boca deles termos como coiso, coisar, coisado, coizinho, coisando, etc. talvez por falta de vocabulário, nossos jovens acabam inventando esses termos para se expressarem entre eles mesmos, mas quando tentam levar isso para as pessoas normais, soa muito estranho. Enquanto FUCK é uma palavra já estabelecida no vocabulário inglês e americano, COISA ainda significa, de acordo com o pai dos burros:

Vem do Lat. Causa

s. f., qualquer objeto inanimado; o que existe ou pode existir; ente; caso; acontecimento; negócio; fato; assunto; matéria; ato; causa; motivo; mistério; espécie; bens; propriedades.

-s do arco-da-velha: coisas extraordinárias;

não dizer - com -: falar sem nexo;

-s e lousas: aquilo que não se pretende explicar.

Mas nossos jovens insistem em criar outros significados para ela. Coisa virou verbo, coisar, já virou adjetivo: coisado, entre outras coisas...(sic)

Um detalhe: no Aurélio, já até se admite o verbo coisar (pasmem), retirei isso do próprio site:

coisa

[Var. de cousa.] Substantivo feminino. Aquilo que existe ou pode existir:

coisar

[De coisa + -ar2.] Verbo transitivo direto. Refletir, matutar; imaginar.

Lembro-me de uma coisa (sic) que aconteceu na sala de aula, quando uma aluna, não conseguindo fazer um exercício que eu tinha passado, disse:

- Professor, não consigo entender essa coisa. Já coisei de várias maneiras e não cheguei a lugar nenhum...

E eu, para incrementar o diálogo com a bela moça, retruquei:

- O problema é que você não está coisando da maneira correta. Se você coisasse esse coisa do 1º membro para o segundo membro, a resolução estaria coisadamente coisada. Coise da maneira que te falei.

Ela olhou para mim, indignada e disse que eu estava tirando sarro da cara dela, o que eu logo disse:

- Minha bela coisinha! Mas que coisa! E depois você reclama que eu não coiso direito!


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!








terça-feira, 18 de setembro de 2007

Porque eu sou um palhaço





Sou palhaço, porque sou professor num país onde a educação é sempre tratada em segundo plano(isso não dá voto).

Sou palhaço porque eu finjo que ensino e os alunos fingem que aprendem, porque com a progressão continuada (sinônimo de promoção automática), todos vão ser aprovados mesmo.

Sou palhaço porque me formei em Física num país onde não há incentivo a ciência, e nem mesmo a profissão é reconhecida.

Sou palhaço porque acredito que nem todo político é ladrão e corrupto.

Sou palhaço porque eu ainda acredito em idéias, por isso voto em partido, não em pessoas.

Sou palhaço porque sou corintiano, gosto de futebol, mas hoje os resultados são manipulados, quer seja entre dirigentes e/ou juízes.

Sou palhaço porque jogo toda semana nas loterias, despejando dinheiro num sistema que todos sabem que há falcatruas e lavagem de dinheiro.

Sou palhaço porque jogo Magic the Gathering, e gasto uma grana considerável com o jogo, e estou sempre perdendo.

Sou palhaço porque ainda acredito que o ser humano possa ser confiável.

Sou palhaço porque coleciono gibis, desperdiço a minha grana e ainda tenho um quarto lotado deles, nada mais cabe lá.

Sou palhaço porque acredito que há muita gente lendo o blog, mas poucos realmente comentam com seriedade.

Sou palhaço porque mantenho a minha conta no Banespa/Santander por acreditar que meu salário seria lá depositado todo mês diretamente, sem ter que ir todo mês para q fazer uma transferência bancária.

Sou palhaço por acreditar que alguém realmente goste de mim, apesar de eu ser feio, baixo e gordo, e não por causa do meu dinheiro.

Sou palhaço por acreditar que quando pegam minhas coisas emprestadas, elas serão devolvidas logo em seguida.

Sou palhaço por acreditar que a minha opinião é sempre ouvida e levada a sério.

Sou palhaço por ter nascido brasileiro.

Sou palhaço porque simplesmente eu existo!


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!








domingo, 16 de setembro de 2007

Rápidas de Domingo




Termina mais um fim de semana, e nessa minha maratona de jogar magic de sexta até domingo na Devir, vitórias continuam sendo raras... até hoje! Ganhei um campeonato! Nem acreditei, mas foram 4 rodadas, com 4 vitórias!!!! Na verdade, na última rodada dei id, para dividir a premiação. Para quem não acredita, abaixo está a prova:



Voltei a jogar de goblin
s, e meus smelly nasty little gobbos from hell não fizeram feio. Tinha esquecido como é engraçado e divertido jogar com essas criaturinhas horrendas.



Mas nem tudo são flores, na sexta emprestei algumas cartas e a pessoa não as levou para mim hoje, como havia prometido. Bem, na sexta que vem espero que o cara não me decepcione. As cartas não eram baratas...

O Corinthians m
ais uma vez perde. O sofrimento continua. Mas a alegria é que os porcos também perderam. E aqui lanço uma questão: Quem vai parar o São Paulo? Num campeonato em que os times estão nivelados por baixo, vale aquele velho ditado: em terra de cego, quem tem um olho é rei!

Agora, um detalhe: nunca deixe com sua esposa ou companheira seus comprovantes com rendimentos, um dia a coisa pode se voltar contra você, com a palavra o jogador Carlos Alberto! Que mancada! Mulher é mesmo um bicho vingativo.


Estou adotando o avatar de palhaço, após os eventos dessa semana lá em Brasília. Nossos políticos nos proporcionaram um espetáculo lamentável. Lembram daquela frase: Quanto mais eu conheço o ser humano, mais eu prefiro os meus cachorros e gatos? É por aí.
Estou preparando
um texto sobre eu ser um palhaço. Logo eu vou publicá-lo.

Ontem baixei algo na comunidade de rock no Orkut, a casa do rock'n'roll, da qual faço parte, dois trabalhos de uma banda dos anos 80, que eu nunca mais ouvi falar. Alguém lembra do Coke Luxe? Pois é, um verdadeiro achado. Eles lançaram um compacto simples e um album lá pelos idos de 1984, seu som é rockabilly e é muito legal. Se você gosta, vá até lá e faça parte da comunidade porque tem uns links bem interessantes, com muitas discografias.

That's all folks!Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!







sábado, 15 de setembro de 2007

Rir um pouco é bom






COISAS QUE SE ATRAEM :

Mãos e seios.

Olhos e bumbum.

Nariz e dedo.

Pobre e funk.

Mulher e vitrines.

Homem e cerveja.

Queijo e goiabada.

Chifre e dupla sertaneja.

Carro de bêbado e poste.

Tampa de caneta e orelha.

Moeda e carteira de pobre.

Tornozelo e pedal de bicicleta.

Jato de xixi e a tampa do vaso.

Leite fervendo e fogão limpinho.

Político e dinheiro público

Dedinho do pé e ponta de móveis.

Camisa branca e molho de tomate.

Tampa de creme dental e ralo de pia.

Café preto e a toalha branca da mesa.

Dezembro na Globo e Roberto Carlos.

Chave trancando a porta e telefone tocando.

Show do KLB e controle remoto (Para mudar de canal).

Chuva e carro trancado com a chave dentro.

Dor de barriga e falta de papel higiênico.

Bebedeira e mulher feia.

e por último:

Mau humor e segunda-feira!!!

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Somos realmente palhaços?



Sim, somos todos palhaços!

Foi realmente uma grande vergonha nacional o espetáculo que os nossos políticos protagonizaram ontem, lamentável e doentio, mostrando que necessitamos urgentemente de uma reforma geral e amplamente política que seja dura e de uma mudança no comportamento ético e moral na nossa sociedade.

Eu me recuso a mencionar o nome desses corruptos, com excessão de um: Eduardo Suplicy. Este ainda é o único que merece todo nosso apoio, sendo dono de uma verdadeira reserva moral e ética em nosso país. Após todas essas denúncias ele é um dos poucos que escapam ilesos. Se eu estivesse no seu lugar, já teria largado a política de uma vez.

Mas... Todos se lembram do que eu já tinha comentado a respeito do acidente do avião da TAM e sobre de quem era a culpa. A CULPA É DE TODOS NÓS! A sociedade como um todo é responsável por esse estado de coisas que está acontecendo no nosso país como um todo, especialmente no cenário político.

Que fique bem claro: quem colocou eles lá, foram nós e portanto, já que não há cobrança, para que reclamar?

Não dizem que cada povo tem o governo que merece? Eles representam a visão patética da nossa sociedade, e assim como todos nós, praticam muito bem o levar vantagem, claro que num nível muito mais elevado que a gente, mas mesmo assim, não é a mesma coisa?

Em nosso nível não damos caixinhas ou presentinhos para termos alguma preferência ou sermos reconhecidos num determinado lugar? Não queremos ver nossos serviços, de qualquer tipo, sendo prestados o mais rápido possível em detrimento de outros?

Logo, como culpá-los se nós, num nível mais baixo fazemos as mesmas coisas? Não importa se são cinco reais ou cinco bilhões, o resultado é o mesmo. SOMOS TODOS CORRUPTOS!

E enquanto isso, o dono do puteiro ainda continua preso, como sendo o único culpado do acidente em Congonhas. Quanto ao resto...

Não vejo solução em curto prazo nem a longo, para falar a verdade, sinto que já estamos no fundo do poço e aquela pequena luz no fim do túnel já se apagou há muito, muito tempo.

E assim caminha a hipocrisia e a mediocridade nesse país...


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





terça-feira, 11 de setembro de 2007

Governo de SP financia matérias no Estadão




No Estadão de domingo (09/09), saiu algumas matérias sobre a progressão continuada, uma medida infame que o governo tomou para reduzir seus gastos e aprovar sem distinção toda a massa estudantil desde o fundamental até o médio.

Nas matérias, existe o claro apoio à esse sistema educacional falho que foi implantado sem que os professores fossem reciclados para tal, sem que houvesse uma reforma estrutural em todas as áreas do ensino, além do fato de premiarem os professores por desempenho.

Algumas comparações foram feitas com outros países de primeiro mundo que adotam tal sistema, e outros que ainda são tradicionais. Mas tal comparação foi uma completa covardia. Nesses países (EUA, Noruega, Coréia, entre outros) o aluno tem uma vida escolar de aproximadamente 12 anos, e uma permanência integral na escola (média de 8h na escola). As salas possuem no máximo 20 alunos e o professor ministra suas aulas num único colégio, além de ser bem remunerado, tendo assim um tempo maior para a preparação de suas aulas, bem como de atividades extracurriculares. Devo salientar também que existem laboratórios bem equipados e toda uma estrutura favorável.

E nós? Aqui o aluno fica no máximo 5h na escola, as salas são superlotadas(existem classes com mais de 50 cabeças!!!), o coitado do professor tem que ministrar suas aulas em vários colégios para obter um salário compatível, não tendo tempo absolutamente para nada. Além da falta de estrutura que atrapalha a condução da aprendizagem (laboratórios caindo aos pedaços ou inexistentes, não ter como xerocopiar provas ou listas de exercícios, entre outras coisas.).

Outro detalhe: os pais, ineptos, colocam a educação de seus filhos nas mãos dos professores, como se eles fossem responsáveis pela falta de uma estrutura familiar, que sabemos estar totalmente falida.

Hoje a escola deixou de ser o reduto do conhecimento, para ser assistencialista. Ou seja, perdeu totalmente o rumo das coisas. E agora querem também premiar os professores por desempenho? Dêem as condições devidas de trabalho, mude a legislação e quem sabe poderão cobrar o profissional.

Mais um detalhe engraçado: numa das matérias existe a defesa das salas lotadas mostrando que a aprendizagem não depende do números de alunos em classe, com dados numéricos e tudo.

Portanto, está muito mais do que claro que tais matérias que saíram no jornal foram financiadas pelo governo do estado, na tentativa de tentar explicar um sistema educacional que não funciona, que no lema de formar cidadões, estão na verdade, formando verdadeiros marginais.

Será que somos todos palhaços?

Isso me revolta. Mas também não é novidade, pois o jornal em questão é famoso por apoiar aqueles que estão no poder descaradamente. Cabe a você leitor, tirar a sua conclusão.

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!






domingo, 9 de setembro de 2007

Sunday notes!




Já estou colhendo alguns frutos na realização desse blog, ainda mais depois que me filiei ao Blogblogs. Estou colhendo vários fãs, alguns links e referências de terceiros. É bom saber que posso compartilhar o meu mau humor constante, pessimismo exagerado e paranóias sem fim com outras pessoas.
É bom saber também que faço parte de algo, mesmo sendo um anti-social inveterado!
O meu texto Reflexão foi publicado no blog do Edson Silva, e não é que temos pensamentos quase que semelhantes?
Obrigado, caro Édson, pela referência!

Mas nesse momento que escrevo, acaba mais um sofrimento. Ser corintiano é padecer mesmo no paraíso. Mais uma derrota, e o time mostra uma vez mais o quanto é fraco. Cair não vai, mas...

E está chegando ao fim o Campeonato Brasileiro de Magic, que está sendo realizado na Devir, em São Paulo. Muito desanimado com as minhas performances nem quis passar lá para acompanhar ao vivo. Estou vendo a cobertura em casa pelo site da própria Devir.

E amanhã será um dia que nem quero ficar lembrando o que representa, mas achei nesse site um cartoon muito legal que diz bem o que quero dizer:

ZWANI.com - The place for myspace comments, glitters, graphics, backgrounds and codes
Myspace Funny Picture Comments


Em tempo: o mais novo campeão brasileiro de Magic é Lucas E. Berthoud! Parabéns, ele merece e muito! Bertu no Mundial em New York! Go go Bertu!!! O vice é Nicholas Damian , esse eu não conheço, mas se chegou lá, é top também!
Boa sorte aos representantes brasileiros no Mundial.

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





Fergie! Largue o hip hop e vire headbanger!




A menina tem talento, é fergaliciosa mesmo, e podem me xingar a vontade, mas ela deveria mudar totalmente seu estilo... Sabem o porquê?
Quem já ouviu a trilha sonora de Shrek? Pois então, está lá: Fergie cantando Barracuda, um clássico do hard rock setentista, da grande banda Heart. Cara, e ela manda muito bem.

Se quiserem, podem pegar a música AQUI.

Abaixo está um vídeo no you tube, mostrando a menina ao vivo chutando bundas:



Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





sábado, 8 de setembro de 2007

Sábado sem Magic, que tédio!




Depois quando digo que quero passar bem longe de relacionamentos sérios e que prefiro ter apenas casos, tem sempre alguém me criticando, dizendo que estou ficando velho e que tenho que pensar seriamente no futuro senão vou morrer só. Hoje vi a cena de uma pessoa traindo na cara dura um conhecido meu. Não vou dar uma de dedo duro, já que ele a escolheu, e portanto é problema dele, mas a safada era cheia de conceitos moralistas e muito "certinha", e hoje ela revelou ser pior que muitas prostitutas, que pelo menos cobram pelos seus serviços é não são hipócritas.
É por essas e outras que eu não confio em ninguém. O ser humano pode ser traiçoeiro e cruel na hora que quiser. Falo isso pois já senti muito na pele esse tipo de coisa.

Nesse fim de semana está acontecendo o Nacional de Magic, e eu não consegui vaga, pra variar... Na sexta teve o último classificatório e como sempre erros e incertezas que me perseguem não me deram folga. Às vezes dá vontade de parar com o jogo, mas após um dia sem jogar, a vontade está me matando. Hoje resolvi esquecer o Magic e ir ao cinema e reencontrar alguns velhos colegas, e amanhã quero dormir o dia inteiro.
Semana que vem, volto a normalidade.


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





quinta-feira, 6 de setembro de 2007

My space url



Quinta feira é um dia muito tenebroso para mim, pois trabalho em 3 colégios diferentes, na verdade faço um verdadeiro tour por São Paulo: Lapa-Vila Mariana-Limão. Portanto, só passei aqui para colocar o endereço do my space, que eu tinha criado há um tempo atrás, mas nunca tinha usado. Quem tiver também e quiser me contatar, eis meu MY SPACE URL!

That's all folks!

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





terça-feira, 4 de setembro de 2007

Reflexão




Muitas pessoas reclamam da vida que levam e eu não sou exceção. Agora o que mais me irrita é quando outra pessoa te responde dizendo que tem gente vivendo muito pior do que você. Ou seja, só porque existem infortúnios e pobreza, temos que se conformar com a nossa situação?

Isso para mim é se nivelar por baixo. Agora o pior é quando vem com aquela famosa frase feita de que Deus é que quis assim... Aí é o fim da picada.


Esse é o problema do brasileiro, se conformar com tudo. Adotar a sua pequenez e continuar com a sua vidinha miserável. Assim é no seu emprego, na sua vida conjugal, e a tentativa da mudança de uma situação torna-se algo fora de propósito.

Eu mesmo reclamo muito e acabo muitas vezes ficando nessa inércia. Eu tenho medo de uma mudança, e como diz um velho ditado, quem mandou mexer no que está quieto, não corro atrás, preferindo manter o statuo quo das coisas.Pelo menos nesse ponto, eu não culpo ninguém pelos meus erros e infortúnios, e prefiro pensar que o universo conspira contra mim. É bem mais fácil colocar a coisa dessa maneira.


Sim, como perceberam, estou fazendo uma autocrítica de mim mesmo. Não posso culpar o mundo pelos meus sonhos despedaçados, fui eu que escolhi a vida que levo e eu tenho que criar vergonha na cara e dar uma reviravolta.


Seria interessante se todos também fizessem uma autocrítica de si mesmos, ao invés de meter o bedelho onde não são chamados, não é mesmo? Todos de repente viraram versados em achismo e saem por aí despejando idiotices, tentando vender uma idéia recheada em pensamentos e conselhos que talvez nem elas mesmas nem acreditam.


Para finalizar e mudar o assunto, aqui vai uma frase divertida que recebi por e-mail:


"Para uma alimentação saudável, coma mulheres de fibra".


Eu juro que tento, mas só cai na minha mão aquelas sem nenhum conteúdo...



Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





domingo, 2 de setembro de 2007

Timão, que vitória!



Corinthians 2 x 0 Santos

Segundo post no dia, mas de felicidade! Ver o Corinthians finalmente ganhar um clássico após um longo e tenebroso inverno, e ao mesmo tempo o maior arquiinimigo tomar de 5, é o presente de aniversário para nenhum corintiano botar defeito.


Vencemos, o treinador interino deu um nó tático no Wanderley Luxemburgo, foi uma vitória indiscutível.

Conforme já disse antes, Luxemburgo é o maior técnico de futebol do Brasil, e essa vitória tem que ser comemorada, mas...

O time é muito fraco, necessita de reforços e de um técnico competente (pena que o Luxa não possa ser essa pessoa...). Senão, vamos continuar sofrendo e muito até o fim do ano, pois o fantasma do rebaixamento ainda ronda.

Mas vou dormir feliz!

Corinthians minha vida, minha história, meu amor! Saudações corintianas a todos!

Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





Timão: 97 anos e nada a comemorar!




Ontem, o Corinthians completou 97 anos de existência, mas não há nada para se comemorar. Uma campanha pífia no decorrer desse ano mostra um clube que não tem comando, onde as pessoas que lá estão só querem saber de encher seus bolsos, jogadores que não tem nenhuma identidade para com o clube e uma parceria danosa que pode resultar numa coisa bem pior.

Não vejo solução em curto prazo, acho que se cair, caia com a cabeça erguida. Se isso realmente for inevitável, que vá para a segunda divisão, e recomece tudo de novo, como uma fênix se erguendo das cinzas.

Mas corintiano tem fé e acredita. Alias o sofrimento já faz parte da torcida, mas aqui falo dos verdadeiros corintianos, e não desse bando de marginais que infestam as organizadas.

Lembro me de quando eu era pequeno, minha mãe doente, vítima de um derrame, nos idos de 1977, a família junta torcendo pelo título que há 23 anos o Timão não ganhava, e lá estava ela, torcendo e chorando como nunca, fazendo figa com os dedos contra o ataque adversário. E após o gol do Basílio, a explosão de felicidade e muito choro de alegria. Estou muito emocionado nesse momento.

Sou corintiano e não desisto nunca!
Corinthians minha vida, minha história, meu amor!

Vai Corinthians!


Lembrem-se: EU E OS GATOS TEMOS ALGO EM COMUM... SOMOS GATOS!





Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.