Postagem em destaque

08/12/1980, o dia em que o sonho acabou!

8 de dezembro de 1980. Uma data muito triste. Um dos maiores ícones da  cultura pop e do rock foi covardemente baleado com 5 tiros enquanto ...

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

10 verbos, perfeitas aberrações que vem da informática

Eu não sou formado em Letras e não entendo como um estrangeirismo acaba sendo incorporado na língua, mas me incomoda o fato de ouvir e ler certas adaptações com termos que podem ser facilmente traduzíveis para o nosso vocabulário.

Esse é o Brasil!

Sabemos que a informática veio pra ficar e que a língua oficial sempre será o inglês nessa área, mas alguns termos livrementes criados, os tais empréstimos lingüisticos, se assim posso dizer, levam a aberrações que ao serem ouvidas, dói o ouvido ou que ao serem lidas, doem os olhos.

Eu chamo isso de "abrasileiramento", porque pelo que sei, em Portugal isso não acontece, porque a língua pátria é uma das coisas mais importantes de uma nação. A França de tanto proteger a sua língua, chega a ter um autoritarismo tão forte que chega a ser válido. Proteger a língua pátria é algo necessário e imprescindível. É o que faz uma nação ser forte e verdadeira.

Abaixo relaciono algumas dessas aberrações, verbos criados a partir do original em inglês acrescentados com o sufixo -ar, que tem solução tão simples na nossa língua e que ficariam bem mais naturais ao serem lidas e escritas.

1 - Logar

Vem do verbo inglês Log in, que simplesmente significa entrar. Ou então diga fazer um login!

2 - Deletar

Vem do verbo inglês Delete, que significa simplesmente apagar.

3 - Debugar

Vem do inglês Debug, que significa depurar.

4 - Imputar

Vem do inglês Imput, que significa inserir dados.

5 - Linkar

Vem do inglês Link, que significa ligar. Ou simplesmente poderia dizer fazer um link.

6 - Zipar

Vem da palavra Zip, que é um programa de compactação de arquivos, poderia simplesmente usar compactar.

7 - Butar

Vem do inglês Boot, que significa inicializar. Há também o rebutar, que poderia ser traduzido por reinicializar. Ou então, fazer um boot/reboot?

8 - Becapear

Vem do inglês Backup, que significa fazer cópias de segurança, se acha que o texto é longo, pode simplesmente dizer fazer um backup.

9 - Upar

Essa é emblemática. Vem do inglês Upload, que significa subir um arquivo na rede. Ao invés de usar essa denominação tosca, que tal simplesmente fazer um upload? Ou até mesmo subir?

10 - Embedar

Vem do inglês Embbed, que significa embutir ou incorporar! A segunda tradução seria a mais correta  forma de se utilizar.

Eu aprendi que se não tem um correspondente na língua, mantém-se a palavra original e procura uma alternativa, como no caso acima do backup!

E com certeza, existem mais verbos. E olha que nem falei de outras classes de palavras. A lista ficaria longa demais, por isso me concentrei apenas em alguns verbos mais usados. E há mais. Deixe-os nos comentários.

O estrangeirismo exacerbado está matando a nossa língua... Por isso nunca vou abandonar o trema, meu amigo injustiçado!!

Este artigo foi baseado numa postagem do Facebook criada pelo colega Janio Sarmento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google