Pesquisa personalizada

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

5 sinais que mostram o enfraquecimento do nosso idioma





A língua é principalmente o que representa uma nação independente e forte. Um país que não protege a sua língua pátria está fadado ao esquecimento e a dominação de outras nações. E aqui no Brasil há muito tempo há sinais do enfraquecimento do nosso idioma.

Leia também:

- 10 erros de português que dói os olhos ou os ouvidos
- Ser campeão e os erros de semântica
- Personagem, qual o teu sexo?
- O triste final de um eterno injustiçado!

fonte: Etnias - A Morte da Língua Portuguesa
A França nesse sentido é um país radical pois existem leis duras que preservam a sua língua pátria. Pode até ser frescura por parte dos franceses mas é assim que uma nação se solidifica. No nosso caso, há alguns sinais de que a nossa língua pátria está sendo jogada no ralo. Ei-las abaixo:

1 - Estrangeirismo exacerbado

Uso de palavras estrangeiras sem necessidade, pois há o equivalente na nossa própria língua (tipo  off para liquidação, squeeze para espremer, entre outras). Aportuguesamento de palavras inglesas, principalmente na informática, como o verbo embbed, que significa incorporar, mas que aqui virou embedar, tweet que virou tuíte e por aí vai.
Acredito que somente em casos excepcionais, quando não houver o equivalente na nossa língua, isso possa ser usado, mas lembre-se, a palavra saudade só existe no português e nem por isso os nativos da língua inglesa, por exemplo,  tentam "inglesá-la". Para suprir essa palavra que não existe, eles tem algumas expressões como "longing" ou "I miss you", e até mesmo o verbo to see pode ser usado em determinadas frases...

2 - Linguagem coloquial

A linguagem coloquial é aquela falada sem o rigor da gramática ou escrita em tempos da internet (o famoso internetês). Nossos jovens que nasceram na era digital assassinam a boa gramática e usa essa linguagem, principalmente a que vem da internet em qualquer situação e não conseguem entender porque eles vão mal principalmente nas grandes provas institucionais. O nosso jovem também nem mais sabe as regras gramaticais corretas, mais aí entramos no próximo ítem...

3 - Ensino de Português

É uma heresia na educação falar em ensino tradicional. Não se pode mais ensinar português como era antes, como por exemplo as classes de palavras, as conjugações verbais e a análise sintática. E qual a conseqüência disso?
Temos alunos de concluintes do ensino médio que não sabe a diferença entre um verbo e um substantivo, quanto mais de um sujeito e predicado.
Ah, maldito ensino construtivista... Ainda bem que há professores que não concordam com essa linha e tasca o Caminho Suave nas crianças!

4 - Reformas ortográficas sem sentido

Como o nível da educação é baixo, nossos burocratas preferem mudar as regras gramaticais para "facilitar" o entendimento do nosso idioma, e acabam extinguindo o uso de certos de sinais ou acentos com o intuito de simplificar o nosso idioma ou a integração dos países que falam a língua portuguesa. Em Portugal, as críticas ainda são muitas e alguns jornalistas a repudiam escrevendo seus textos como antes, coisa que faço aqui no blog, pois rejeito totalmente essa reforma.

5 - Especialistas e/ou "pedabobos" do meio

Outro sinal lamentável é quando os especialistas da língua surgem com a proposta que o "falar errado" pode estar certo, desde que a mensagem a ser passada seja muito bem entendida, com a desculpa de que no Brasil a variância lingüistica é muito grande, ou seja, aqueles que deveriam proteger o nosso idioma são os primeiros a dizimá-lo.

As evidências de que o nosso idioma está enfraquecido pode ser observado tanto nas redações do ENEM ou de qualquer vestibular no país, quanto na formação de jornalistas e principalmente professores de português. Estamos massacrando a nossa língua portuguesa, e deixando o país cada vez menor enquanto nação. Mas ainda dá tempo disso reverter, basta ter seriedade e responsabilidade... Só que não! A educação é a última coisa que importa não só para os políticos, mas também para o povo, já que ao reeleger certas figuras, deu carta branca e concorda com toda a política educacional vigente.




Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



2 comentários :

  1. Oi Cidão,

    Amei que tivesses "roubado" a imagem :D
    Tinhas toda a razão, é por uma óptima causa!
    A língua portuguesa está sob ataque em toda a lusofonia: é uma vergonha. E em Portugal, inserida numa União Europeia, é ainda pior que não faça de tudo para proteger a língua de Camões.

    1- Sempre usei estrangeirismos (principalmente quando falo) mas quando escrevo evito-os. Só faço uso deles quando realmente não há alternativa.

    2- Não gosto quando assassinam a gramática. Sou tão radical que nem sequer votei no nosso primeiro ministro porque ele não sabe conjugar verbos como deve de ser.

    3- Concordo.

    4- Sou contra.

    5- É um absurdo, tens toda a razão.

    Um abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena, estão matando o ensino de português nas escolas...

      Excluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.