sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Piadas de baiano

Reza a lenda que baiano é muito preguiçoso, não tem pressa para nada. Será verdade? Minha família por parte de mãe vem toda da santa terrinha. Se for assim, está explicado a minha preguiça e o fato de eu ter demorado para nascer. É tudo genético! Espero que todos curtem as piadas abaixo, sem preconceito.
Divirtam-se!!!

Conversa de uma família baiana:
— Filhinho! Vá ver se tá chovendo, vá!
— Och, painho… Tô com uma preguiça danada!
— Vai lá, filho… Eu tô lhe mandando!
— Painho, por que o senhor não chama o Totó e vê se ele tá molhado?



- Meu rei, dá pra você me dizer se o meu zíper tá aberto?
- Oxente, mas por quê? Você vai querer que eu abra, é?
- Fala logo, rapaz... Tá aberto ou não tá?
- Tá não...
- Ah, então eu vou deixar pra mijar amanhã...



Certo dia um baiano chegou em uma farmácia e perguntou ao farmacêutico:
- Você tem remédio para picada de cobra?
- Caramba! você foi picado por uma cobra! - disse o farmacêutico preocupado.
E o baiano disse com um ar de extrema preguiça:
- Não, mas ela já vem bem alí...



Um paulista, trabalhando pesado, suado, terno e gravata, vê um baiano deitado numa rede, na maior folga. O paulista não resiste, e pergunta:
— Você sabia que a preguiça é um dos sete pecados capitais?
E o baiano, sem se mexer, responde:
— A inveja também!



A mãe do baiano vai viajar pro exterior, e pergunta ao filho:
— Quer que mãinha lhe traga alguma coisa da viagem, meu dengo?
— Ô, minha mãe. Por favor, me traga um relógio que diz as horas.
— Ué, meu cheiro. E o seu não diz não?
— Diz não, mãinha. Eu tenho de olhar nele pra saber.



O turista chega pela primeira vez a Salvador, ansioso por conhecer as famosas belezas naturais da Bahia. Desembarca no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, pega um táxi e vai olhando a cidade. No percurso até o hotel, passa pela avenida Luís Eduardo Magalhães, pela praça Luís Eduardo Magalhães e pelo Hospital Luís Eduardo Magalhães.
- Pôxa, eu não imaginava que o Luís Eduardo era tão querido assim! - o turista comenta.
- Além de querido, ele é um caso único! - o taxista responde.
- Caso único? Por quê?
- Porque ele é o único baiano da história que morreu de stress!



E para finalizar, os Dez Mandamentos do Baiano:

1 - Viva para descansar.
2 - Ame a sua cama, ela é o seu templo.
3 - Se ver alguém descansando, ajude-o.
4 - Descanse de dia para poder dormir à noite.
5 - O trabalho é sagrado, não toque nele.
6 - Nunca faça amanhã, o que você pode fazer
depois de amanhã.
7 - Trabalhe o menos possível; o que tiver para
ser feito, deixe que outra pessoa faça.
8 - Calma, nunca ninguém morreu por descansar,
mas você pode se machucar trabalhando...
9 - Quando sentir desejo de trabalhar, sente-se e
espere que ele passe.
10 - Não se esqueça, trabalho é saúde. Deixe o
seu para os doentes.





4 comentários:

  1. Os 10 mandamentos e o suicídio de baiano, foram as melhores.
    Por acaso já fizeram algum estudo do porque que o baiano é tão preguiçoso assim?? heheheh

    Abraços Cidão

    ResponderExcluir
  2. Felipe: Como eu disse, sou descendente de baiano e possuo algumas dessas características... Deve ser genético mesmo!!!

    ResponderExcluir
  3. < baianes >
    Oxente meu rei...? se fexe viu negão???
    < /baianes >

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google