sábado, 17 de janeiro de 2009

Milagre? Isso non existe!

Tanto em casa quanto em qualquer lugar por onde passo, sou obrigado a escutar coisas que são incompreensíveis para mim e a vontade que tenho é de esganar a pessoa que está tagarelando em alto e bom som. A bola da vez é o acidente do avião que forçosamente foi obrigado a pousar no rio Hudson, na estado de New York, lá nos EUA. O fato de tudo ali ter sido um milagre de Deus. Mas milagres não existem! E vou provar.

Bem, o Cardoso já expôs da maneira mais clara e possível o acontecido, e concordo em gênero, número e grau com ele. Ouvir que a mão invisível de Deus colocou o avião em cima do rio quase acabou com a minha paciência dentro de um ônibus.

O pior é fazer uma pesquisa no Santo Oráculo e ter que ler coisas esdrúxulas tais como o fato do avião pousar na água e não afundar é milagre de Deus... Quase esmurrei meu monitor, só não o fiz porque estava assistindo o jogo do Todo Poderoso.

Eu indaguei alguns conhecidos (que são evangélicos) se o que aconteceu teve a mão de Deus, onde ele estava no acidente que teve em Sampa dois anos atrás. Sabem o que me disseram? Lá vai:

"Deus age de maneiras misteriosas, e não cabe a nós indagar ou criticar seus desígnios, devemos ter temor a ele e entregar nossos destinos em suas mãos"

Bem, nada a declarar... A única conclusão a que chego é que Deus é um verdadeiro fanfarrão!

Estou me estendendo muito... O objetivo deste post é provar que os milagres não existem, pelo simples fato de que eles não podem ser observados e passados por um processo de medida. Não há nenhuma grandeza física a qual podemos relacionar, não se observa nenhuma transformação energética do mesmo.

A energia em nosso universo está sempre se transformando, e o que mede essa transformação é o trabalho, e o efeito disso é a força que faz mover as estrelas, as galáxias, os planetas, as pessoas, os carros, os animais, etc, etc, etc... Além disso, podemos ter aliado ao movimento, deformações, colisões e mudanças de temperaturas, entre outros fenômenos que são observados, medidos e reproduzidos em laboratórios.

Milagres não se enquadram em nada do que falei, pois não podem ser detectados, observados, medidos e nem reproduzidos em laboratórios. E não me falem que eles dependem da fé. Na minha opinião, ter fé é acreditar em algo real e concreto que possa acontecer de bom, na minha vida, tais como nunca mais enfrentar uma sala de aula, ganhar na mega-sena, ter a Deborah Secco só para mim, ser campeão mundial de Magic the Gathering, ter uma Ferrari, ter muita saúde, e por aí vai. Nada a ver com Deus ou religião.

Pronto! Convido todos vocês a me malharem...
(by A. J. Rosário - 17/01/2009)


7 comentários:

  1. Fique sossegado, não o malharei. Não creio eu milagres também. Creio em fatos. E no caso citado na habilidade do piloto, ou ele não fez nada, simplesmente sentou no chão e pediu a Deus para o avião pousar em segurança?
    Aí diriam que foi Deus que o guiou. E os cursos que ele fez, e as simulações de situações críticas que fez? Não serviram para nada?

    E se Deus fica em Manhatan, onde estava Ele no dia 11/09/01?

    Vejo como atribuir a Ele estas questões é fugir de nossas responsabilidades. Pessoas tem 10 filhos, e por que? Porque esta é a vontade de Deus. 4 morreram de fome, e por que? Porque esta é a vontade de Deus.

    Para mim, teve 10 filhos porque fizeram 10 filhos, 4 morreram de fome pois não tiveram o que comer, porque o governo falhou em suporte.

    E acho interessante atribuírem a um ser de amor o termo "temor". Ele é amor ou terror? Afinal, não temo quem é só amor.

    []'s

    ResponderExcluir
  2. Deus é muito sacana, né? Colocou um passarinho onde não devia para poder provocar um milagre.
    Jura que estão dizendo isto? (rs*)
    Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir
  3. Carlos: Às vezes, atribuir à ELE, além de fugir das responsabilidades, é admitir a falta de competência das dificuldades que a vida nos traz.

    Luma: Juro. Aqui em casa tenho que colocar o som em alto volume só para não ficar ouvindo certas besteiras. Imagine na rua, tem duas igrejas evangélicas perto da minha casa. Juro que tento ignorar, mas...

    ResponderExcluir
  4. É só uma forma de explicar as coisas de uma forma simples, sem ter que pensar racionalmente.

    ResponderExcluir
  5. Lá vai, vamos desfiar o Rosário.
    No inicio da raça humana, o homem não compreendia as coisas mais básicas da natureza, então atribuiu ao divino o ráio, o trovão, o fogo, o vento, a chuva e assim por diante.
    Depois de dominar o fogo e ver que não era um deus, o homem começou a atribuir responsabilidades a cada elemento da natureza, assim surgiram os deuses que comandavam tais fenomenos, tal como Zeus, Marte, Thor, entre tantos outros.
    Veio enfim uma época em que o homem começou a raciocinar melhor, aí o grandioso império romano, vendo que iria perder seu poder, resolveu inventar a igreja católica apostólica romana. Começou então a forçar pela espada a que todos seguissem suas doutrinas, com o tempo o povo foi ficando cada vez mais condicionado a postura de gado, foi então que para se aproveitar deste poder de manipulação das massas, enriquecer e ter poder político que Calvino e Lutero resolveram criar a igreja protestante, que com uma pregação mais fervorosa encubou nos fieis a grande demencia de acreditar que deus age em tudo, o tempo todo e ainda por cima tem tempo de ouvir individualmente cada lamúria.
    Se você ensinar e o aluno não aprender é porque você é um grande incopetente, porém se o aluno aprender, é graças a Deus, pois o seu mérito como mestre e o esforço e dedicação do aluno não tem a menor importância.
    Cidão, leia a bíblia, crie uma teoria que se enquadre nos textos dali, invente um ritual e diga em alto e bom tom que você obteve a revelação, em poucos dias terá vários seguidores, em poucos anos estará rico, se sua conciência assim o permitir.
    Eu não cometi um crime porque sou criminoso, foi o diabo que me cegou, espero que o juiz aceite...
    Saudações mestre
    Giba

    ResponderExcluir
  6. Alogamento: E assim caminha a mediocridade do povão, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  7. Gibanet: Eu ler a Bíblia? Parei na metade da primeira página do Gênesis quando adolescente ao ler as baboseiras. Preferiria ler super-heróis Marvel e DC, que por mais ficção que fosse, era bem mais interessante!
    Quanto a ser incompetente, eu não preciso ler a Bíblia ou colocar a culpa no Demo, o próprio estado me atesta isso ao ser obrigado a aprovar alunos sem condição nenhuma. :o)

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google