Pesquisa personalizada

quarta-feira, 23 de julho de 2014

10 perigos de uma ditadura evangélica no Brasil





Em outubro, o brasileiros irâo eleger um novo presidente para os próximos 4 anos e num grupo ateu do Facebook que faço parte alguém lançou algo que me aterrorizou... E se o povo elegesse um presidente evangélico dessa leva de neo-pentecostais que há por aí...

via Dorgas on Fire!
Sério, fui dormir assustado e um pesadelo me ocorreu... De repente eu estava no que poderia se chamar de República Cristã Evangélica do Brasil, e todos os meus temores pareciam ter-se tornado realidade! A ditadura evangélica tinha virado realidade...

1 - A Bíblia seria adotada como um livro didático obrigatório e a disciplina Religião seria obrigatória, 6 aulas por semana em todas as séries, apenas para propagar a palavra e fazer lavagem cerebral em todos os nossos jovens. Física, Química e Biologia juntas seria apenas uma disciplina na qual muitas leis e teorias científicas seriam descartadas e só se ensinaria aquilo que convém a Igreja. 

2 - Templos cristãos seriam erguidos por todo o país, e as escolas seriam apenas um braço da igreja. Seria obrigatório a leitura da Bíblia por todos, sem exceção, além dos alunos, professores, direção e outros profissionais orariam tanto na entrada quanto na saída. A não aceitação disso acarretaria em demissão máxima por justa causa dos trabalhadores em educação.

3 - A Ciência e a Tecnologia seriam controladas e todas estariam a serviço da religião, e poucos privilegiados teriam acesso. A pesquisa científica não poderá contradizer as palavras de Deus. Deus é a palavra, Deus é a lei!

4 - A inquisição à moda evangélica seria pesada. Ateus, agnósticos, gays, todos seriam perseguidos e colocados em instituições devotadas a conversão dessas pessoas hereges endemoniadas. Caso nada desse certo, o governo tomaria a espada da justiça divina e destruiria todos os infiéis, pois seria da vontade de Deus.

5 - Aliás, somente o deus cristão seria aceito, pois o cristianismo como sendo a única e verdadeira palavra, iria se sobrepor a todos os outros. Haveria uma perseguição religiosa pesada em cima daqueles que seguem outras religiões e outros deuses também. Matar em nome de Deus seria uma questão de honra.

6 - O papel da mulher na sociedade regrediria. De acordo com as leis cristãs, ela deve servir ao seu senhor, que é o homem da casa, aquele que lhe provém e estar de acordo com todas as necessidades que seu dono tiver vontade.  A mulher deixaria os altos cargos pois o seu papel é de cuidar da casa, do marido e dos filhos.

7 - O sexo como forma de prazer seria considerado uma desonra aos olhos do senhor e aqueles que forem pegos em fornicação, seriam apedrejados em praça pública e conforme fosse grave, condenados a morte.

8 - Os meios de comunicação seriam também condutores da palavra de Deus. Qualquer um que não seguisse a regra imposta pela Igreja, seria fechado. A internet seria monitorada a todo instante e o acesso seria controlado por provedores criados pelo próprio governo. 

9 - Todos seriam obrigados a freqüentar a igreja pelo menos, duas vezes por semana. A não ida acarretaria em sanções tanto físicas quanto financeiras. 

10) Todos os trabalhadores pagariam o dízimo, que seria transformado em um imposto cristão, com  uma porcentagem mínima de 20% do salário. Já os empresários, pagariam um valor de 40% de seus lucros. Tudo para garantir os templos babilônicos e o bem estar dos pastores, agora nossos governantes...

Ufa!!! Ainda bem que foi só um pesadelo, mas a pura realidade é que a bancada evangélica continua crescendo e o perigo sempre estará presente. Lembre-se que quanto maior o nível religiosos de um povo, mais ignorante ele fica e isso não são palavras minhas, são pesquisas feitas por aí, é só buscar no Google!

Enfim, sou contra todo tipo de religião, pois ela é um instrumento de dominação das massas, uma forma lucrativa de poder, que financia a destruição, o ódio e as guerras, haja visto o que ocorre no Oriente Médio.





Permalink:





Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite o seu perfil no Google+ ou este link . Para enviar uma mensagem, clique aqui . Para outras informações, leia o FAQ .



6 comentários :

  1. Mesmo sem um presidente cristão o mais perigoso são os deputados, a bancada cristã. Eles podem aprovar, rejeitar ou derrubar leis, tomam bênção de pastores, podem mudar a constituição e acabar com o Estado "Laico" que temos. Tipo isso http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/07/mulheres-duplamente-estupradas-pela-bancada-evangelica.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas a bancada não consegue aprovar tudo que quer, bendita democracia. Mas com um presidente, decretos-leis e afins, a coisa seria jogada sem dó nem piedade.
      Eu li isso. Mas não passa. A mulher atualmente conquistou direitos e a maioria agora tem um olhar diferente. A mulher é dona de seu corpo, apesar do que está escrito na religião.

      Excluir
  2. Bah! Não fica dando ideias pro Malafaia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você não acha que tudo isso não deve estar nos planos deles?

      Excluir
  3. Respostas
    1. G??!!?? Gay, gato, galante, garboso, guerrilheiro...

      Excluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.