Postagem em destaque

10 motivos pelos quais eu odeio o Natal

Eu odeio festas de fim de ano, principalmente o natal. Sinceramente eu não me encaixo nesse status quo onde a hipocrisia das pessoas parec...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Sobre o Plágio mais uma vez

O plágio é um problema sério mesmo. Cada dia na blogosfera aparece alguém acusado de plagiar outro alguém, é uma bola de neve. A Juliana Sardinha e o Compulsivo sofrem com isso, e recentemente a Luma e a Ana Magal, entre outros.

O plagiador ou kibador é um safado sem vergonha mesmo ou é um pobre coitado que realmente acredita que está fazendo a coisa certa?

Enquanto professor, percebo que os jovens não tem mais interesse em estudar para o amanhã. Eles querem o aqui e o agora. Pesquisar, observar, analisar, concluir são ações que ficaram no passado. Hoje são outros tempos. Qualquer informação está disponível na rede, logo é só dar control + C e control + V.

Ah, Cidão, no passado os alunos xerocavam livros ou até mesmo copiavam, isso é verdade, mas lembro que nossos professores ao menor sinal de cópia, dava zero! Sem nenhum remorso. Nem tinha discussão.

Hoje a coisa mudou. Com tudo que vem acontecendo no ensino, essa rigidez do professor do passado diminuiu e muita coisa é aceita, pois o próprio sistema te obriga a fazer isso. O aluno TEM que ser aprovado de qualquer maneira. A própria direção obriga os professores a arranjar um jeito para dar uma nota azul para os alunos, ou seja, tem que aceitar esses trabalhinhos "chupados" da internet. E se você for contra, tudo bem, o conselho passa ou a supervisão de ensino passa a régua no assunto ( e aqui faço uma mea culpa, nós professores diante de tudo isso, nos acomodamos um pouco ou até mesmo demais, seja para não arranjar dor de cabeça ou mesmo por conformismo).

Com tudo isso, a atitude de alguns blogueiros é justificada, porque assim como na escola se copia qualquer coisa da rede, logo isso vai valer em qualquer situação. Eles copiam sem ter a consciência de que isso é errado, pois infelizmente nossos jovens nem sabem o que é responsabilidade ou ética. Crime? Lei? Ora, isso não pega nada!

Não estou aqui querendo diminuir a culpa de ninguém, apenas estou apresentando um quadro do nosso sistema educacional.

Sempre houve plágio? Claro que sim. Desde que o homem é homem, sempre teve um copiando ou reinvidicando algo para si mesmo. O próprio Cristianismo plagiou coisas de outras religiões da época. Mas numa sociedade organizada com leis que realmente "pegam", existe punição para quem as infrigem.

Em nosso país, uma lei só pega mesmo quando ela dói no bolso de alguém. Vejam essa nova lei anti-fumo. Num país sério, precisaria ser assim? Na Holanda, onde a maconha é legalizada, o governo criou locais específicos para quem que se utilizar dessa droga ou até mesmo para a prostituição. E como isso é feito? Simples, Em Amsterdäm, por exemplo, pintam-se faixas coloridas nas ruas, indicando onde tal coisa deve ser feita, ou seja há uma região para quem quer usar drogas, outra para quem quer se prostituir e assim por diante, e todos RESPEITAM! Ninguém ousa ultrapassar a faixa porque sabe que vai ser punido. Não precisa de catraca, muro, cerca, grade, nem nada, apenas uma simples faixa pintada no chão.

Isso é uma questão de cultura, coisa que nosso país NÃO tem.

Portanto a questão do plágio passa também por esse detalhe, a falta de cultura e educação do nosso povo, aliada à eterna máxima de levar vantagem em tudo.

Para concluir, mesmo levando em conta o que acabei de demonstrar, vou deixar a minha opinião sincera sobre qualquer plagiador: É um safado sem vergonha mesmo!

Para saber mais:

Sobre plágio e blogueiros parasitas - Ferramentas Blogger
Reflexões sobre o plágio e Direitos Autorais - Dicas Blogger
Cópias na Internet: nem tudo é plágio - Blosque.com
Denunciar plágio no Blogger ficou mais fácil - Usuário Compulsivo
Evitando o plágio: O que fazer e o que não fazer - Icebreaker
Plágio: Uma questão de ética - Sandra Pontes

14 comentários:

  1. Agora tá na moda falar sobre plágio, até eu falei sobre esta budega ahhaha =D
    -
    Mas creio que existam jovens que nem saibam o que sao direitos autorais, embora creia que a maioria sabe e outros muitos finjam que nao sabem....
    -
    Enfim, professores voltem a exigir trabalho manuscritos =D

    ResponderExcluir
  2. Não concordo que todos os plagiadores façam isso por mal e sejam safados sem vergonha. Tem muitos que são mal informados mesmo.

    Mas você tem razão, o que falta na blogosfera brasileira é CULTURA. Não copiar textos de outras pessoas deveria ser uma coisa que qualquer um deveria perceber que é errado, estando ou não inserido na blogosfera.

    Mas a cultura da informação virtual gratuita e copiável tomou conta dos estudantes e está formando a novas gerações. Talvez com muita insistência, isso mude um pouco.

    ResponderExcluir
  3. Meu caro Cidão...

    Concordo com vc qdo fala dos professores. Ando tão desanimada com o mundo atual, principalmente acadêmico. Nesse último período, na minha faculdade, teve um professor que teve a cara de pau de dizer que podíamos usar o ctrl+v ctrl+c , porque o que valeria era a apresentação, o texto era 'só pra constar', pasmem...

    Concordo com o Teilor, quando diz que alguns plagiadores não sabem que estão fazendo algo errado. Infelizmente a falta de informação correta neste país é o que dificultada, e muito, a execução de nossas leis.

    Fazer o que... Fui mais uma vítima. Tive que bloquear meu blog inteiro. Mas ainda corro o risco de ser 'copiada' via feed.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Cidão:
    Não acreditei que pudesse ser vítima de cópia. Fui verificar e fiquei arrasada. A cópia é de quem comenta no blog. Maior cara de pau. Copiar textos? Pobreza demais. Fiquei com vergonha para a pessoa #vergonha alheia.
    Tenho até preguiça de fazer um texto sobre este assunto...
    Pois é, copiar e colar.

    ResponderExcluir
  5. Já existe um programinha para os professores identificarem os plágios em trabalhos escolares. Algumas coisas eles deveriam aprender na escola. Enfim, alguns alunos aprendem a estudar fazendo resumos e passam a vida fazendo resumo das obras alheias. Beijus

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você! Acho uma tremenda sacanagem o que fazem com a Juliana Sardinha e amigos da Blogosfera.
    Depois de terminar o post e ver sua "fúria" contra os plagiados, fiquei imaginando como você reagiria se fosse (se já não foi) plagiado. Acho que seria um pandemonio e com certeza não queria estar por perto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Cometi uma gafe terrivel no comentário anterior. Furia contra os plagiados!? Na verdade queria dizer contra os plagiadores. Sorry!

    ResponderExcluir
  8. Cidão, o jeito é criar uma Inclusão Digital entre os Professores, deste jeito, eles saberão a fonte dos textos que supostamente alguns alunos copiam, ou então, permitir a cópia, porém exigir a fonte, e fazer seminários para que o aluno seja obrigado a ler e entender o assunto...

    --
    AndersonZ1.

    ResponderExcluir
  9. Plagiadores são safados mesmo! Quando avisados, respondem com um cair de ombros, gente assim pertence ao lado negro da força e não há remédio para eles senão as penas da lei.

    ResponderExcluir
  10. A minha opinião é que a internet não está criando novos plagiadores, mas somente tornando mais fácil a sua identificação. O problema é cultural, sem dúvida, e só começa a se resolver com uma série de políticas públicas educacionais pertinentes reduzindo, por exemplo, as famosas políticas compensatórias. Nosso país anda para trás nesse sentido e pra mim o mais decepcionante é a falta (ou inútil) capacitação dos nossos professores, desde sua formação na universidade. Mas também não adiantaria muito falar só nisso... o que se usa para pagar as contas no fim do mês ainda é a grana, portanto falar em motivação?? Motivação é problema de redistribuição de renda... Valorizar e pagar bem os professores é a verdadeira motivação, o resto é "só pra compensar"...
    Mas, como a nossa perpectiva de futuro não está nada animadora, o negócio mesmo é pensar o assunto.
    Parabéns pelo artigo!
    Abraços,

    ResponderExcluir
  11. Hugo: Eu faço isso. Como sou obrigado a pedir trabalhos, eu sempre peço manuscrito, e faço um questionario sobre o tema dado.

    Teilor: Tomara que você tenha razão, meu amigo!

    Ana Magal: Infelizmente a minha classe vem perdendo o pique devido ao que acontece na nosa legislação educacional. Não dá para criticá-los, estamos vivendo um momento de indecisões sobre o que pode e o que não pode fazer. Não pense vocês que eu seja perfeito. Por inércia, eu acabo também cometendo essas imperfeições. Com tudo que está acontecendo o tesão de ensinar está acabando.

    Anny: Você também? Essa eu não sabia. Força, colega!

    Luma: Eu sei que há um programa desses na faculdade. Pelo que eu sei, isso não chegou nas escolas de ensino médio. O marido de uma colega também era professor numa faculdade lá no ABC paulista e usou tal programa para descobrir depois que um dos trabalhos recebidos era uma cópia exata da dissertação de mestrado dele próprio feito lá nos anos 70. Ele deu zero para o aluno em questão, e este desferiu um belo murro na cara dele. Resultado final: O professor foi demitido e o aluno plagiador permaneceu na Faculdade.

    José Junior: Nunca quis saber se fui vítima ou não, já que meu blog não tem tanta visibilidade quanto aos outros que mencionei. E com certeza, nem sei o que eu faria. Eu tenho um outro blog de poesias e lá coloco em todos os posts sobre o plágio ser um crime. Tenho até receio de verificar se este blog já foi ou não plagiado!

    AndersonZ1: Como eu já tinha respondido o Hugo, além do trabalho peço também um questionário. Seminários até tentei, mas só tive dor de cabeça! E com certeza, tem muito professor que precisa entrar nessa inclusão digital! :o)

    blogpaedia.com.br: Que legal, sendo o Isaias ou a Gladys comentando, é uma honra tê-los aqui!
    Mas que lei? Vivemos num país onde as leis são ignoradas e tripudiadas. Nossos próprios legisladores burlam elas a todo momento. Eu sou um pessimista nesse sentido.

    ResponderExcluir
  12. é muito triste cara, tem hora q penso em desistir do meu blog por causa do plagio mas tenho esperança q isso vai mudar... infezlimente no brasil é isso mesmo e o q temos esperança fica so nisso mesmo ... penso q isso vai mudar !

    ResponderExcluir
  13. Cidão,

    Não sei realmente para onde estamos caminhando! Me assusta e preocupa.
    A visão de aluno cliente que as instituições de ensino particulares tem adotado está prejudicando muito o ensino. O que atrapalha o trabalho de professores sérios e competentes.
    Temos discutido muito isso no curso de licenciatura que estou fazendo.
    Infelizmente parece que ao passar o tempo, mesmo com o ensino sendo difundido para mais pessoas a cultura do povo do nosso país é cada vez menor. Triste!
    Grande abraço,
    Áurea

    ResponderExcluir
  14. Luan: O negócio é continuar sem se importar com esses caras, é claro que se for vítima de um, denuncie na hora.

    Áurea: O grande problema da educação é a legislação educacional. Se ela não for mudada, não adianta nenhuma proposta pedagógica.

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google