terça-feira, 1 de junho de 2010

Humor e politicamente correto, duas coisas antagônicas!

Humor do bem... Que diabos seria isso? Só o idiota do @mionzera para falar isso. Por causa de um tal politicamente correto, todos estão com medo de falar isso ou aquilo,porque senão pode ser taxado de racista, preconceituoso ou qualquer outra coisa.

Pelo que eu aprendi, humor carrega sempre consigo uma dose de ofensa, é isso que faz uma piada ser interessante e aceita por todos. É por isso que ela fica engraçada, assim existe piadas de gordo, bicha, bambis, gambás e por aí vai.

O problema é que vivemos num mundo em que se você falar uma coisinha só, já está ofendendo alguém. Por isso procuram-se paliativos ou outras expressões que não dá o ar de ofensa. Por exemplo, chamar alguém de negro é receber processo na certa, vestir uma camisa 100% branco fará você ser execrado na sociedade. É melhor chamar alguém de disléxico do que deficiente mental, coisa que senti num post que escrevi no passado. Chamar alguém de bixa dá processo, mas chamar alguém de macho não. Chamar aluno de burro é caso de exoneração, mas mandar o professor tomar no cú ou de filho da puta, pode.

Ao explicar a Inércia em uma classe, comecei a falar que corpos com grandes massas tem uma grande Inércia, e infelizmente nesse momento, meu olhar passou por uma aluna meio que cheinha... Era gorda mesmo! Só o fato de dar uma olhada sem querer, já motivou a aluna a sair da sala para reclamar de mim com a direção.

Aqui no Brasil, todos execraram o francês Thierry Henry por ele ter falado que jogador brasileiro é bom desde pequeno porque não vai para a escola... Porra, e não é verdade?

Estamos sendo direcionados para um caminho em que temos que tomar cuidado com aquilo que dizemos em público, pois pode ofender alguma alma desgarrada da sociedade ou alguma minoria. Já imaginaram se o Pânico ou o CQC fazendo humor sem ofender alguém ou uma classe?

O @felipeneto abordou em um vídeo, exatamente como seria fazer humor dentro do politicamente correto:

Não tem como! É como transar sem falar palavrões ou palavras obscenas ao pé do ouvido da parceira(o).

Outra coisa que me motivou a fazer este post, foi esse gráfico postado no GraphJam, onde as minorias do Hemisfério Sul ou do 3º mundo começaram a atacar o autor de racista, foi um gráfico inteligente e a grande maioria não entendeu a proposta:

Via GraphJam - Tech Support

E como tem brasileiro reclamando! Infelizmente o brasileiro, em sua grande maioria, é apenas um "usador" de tecnologia. Existem poucas pessoas que realmente sabem realmente para que serve o gadget que têm, e como usá-lo corretamente. Somos um país que não é produtor de Ciência e Tecnologia, e sim dependentes dos produtos que os outros fazem. Em tempo, tem gente até hoje que não sabe como programar um vídeo cassete. Um DVD recoder então? Nem pensar.

Quanto ao gráfico em questão... Certas verdades doem, não é mesmo?

Mais um post onde eu serei apedrejado, execrado e amaldiçoado até a minha 10ª geração... Ops, não tenho filhos, se ferraram, playboys!

5 comentários:

  1. Cidão, eu procurei o link do programa do Serginho Groisman em que ele debate sobre censura no humor - vale a pena assistir! http://bit.ly/aXPljr

    ResponderExcluir
  2. Olá Crazy

    Adoro estes desabafos nos blogs justamente porque fogem do politicamente correto e porque tem muita verdade da pessoa neles.

    Concordo com o que você disse quanto ao que é permitido hoje na sociedade e quanto ao que não é tolerado, eu como baiana observo lá na Bahia essa tendência racista de muitos negros tendo preconceito contra os brancos por exemplo quando um branco faz uma critica qualquer a uma pessoa negra, mesmo que a critica não faça referêencia a cor, eles entendem como racismo, agora se eles criticam pessoas brancas eles alegam que estão usando da liberdade de expressão que eles tem. logo dá pra concluir que racismo no Brasil só existe com relação aos negros, contra os brancos a coisa é "aceitável", eu tomo muito cuidado com pessoas que tem esse sentimento de inferioridade e mania de perseguição porque qualquer coisinha pra elas vira uma coisona e um principio de explosão.

    Aqui os amazonenses odeiam ser chamados de índios e tem certa resistência com o pessoal que vem de fora, eles alegam que viemos tomar as vagas deles e que os concursos e vestibulares aqui deveriam prestigiar quem é daqui, já ouvi cada absurdo...agora podem falar que baiano é preguiçoso e que adora um axé, porque não ligo porque no fundo existe alguma verdade em cada mito e em cada piada, eu até assumo minha lerdeza por conta de minha descedência sem problema nenhum, as pessoas acham graça e eu arranjo uma boa desculpa para justificar minha lentidão perante os outros, rs

    as pessoas estão voltando a época de vargas da censura, devem estar com saudades daquele tempo, só pode ser.

    Enfim, enquanto o povo briga por bobagens eu brinco e dou risada porque tenho coisa melhor pra fazer.

    é verdade essa história da menina que fez queixa a direção da olhada que vc deu nela? então vou reclamar com a direção também dos usuários que ficam me olhando aqui, olhando pra onde não devem inclusive kkkkk

    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Excelente texto.
    Brasileiro não sabe nem o que é Gadget..hahahha
    Os politicamente corretos vão acabar com o mundo.

    ResponderExcluir
  4. Isso que eu percebi. Humor politicamente correto é uma contradição em termos. Humor é justamente pegar o que há de pior e mais ridículo nas pessoas e na sociedade para fazer rir. Só o idiota do "mionzera" pra querer fazer um "humor do bem", sem ser malvado e bem politicamente correto.

    Que os adeptos do PC vão pra PQP.

    O vídeo que você citou é perfeito. Aliás, mais engraçado que o vídeo são os comentários deixados no Youtube pelos burrinhos que não entenderam bem qual era o propósito do vídeo.

    E quanto a gadgets, ciência e tecnologia, vai querer o quê de um país que, para conter os impactos da crise, corta 18% do orçamento científico? Cortar salários de políticos, desinchar a máquina pública e diminuir impostos que é bom, necas.

    Bem que o sapo barbudo poderia devolver esse dinheiro que foi cortado. Afinal de contas não é ele (e os seguidores dele) que dizem que o pior já passou e o Brasil saiu da crise?

    ResponderExcluir
  5. Luma: Vi o link. E vai na mesma direção do que eu falei.

    Ana Karenina: Poxa, não tinha como não olhar o seu avatar antigo no Twitter! rsss
    Na verdade o que existe é muita frescura por parte de certas classes e comunidades. Qualquer coisa é motivo de reclamação e protesto e eu também me divirto com tanta mediocridade! :)

    Vivis: Poxa, você tem razão! Ah maldita inclusão social...

    Lucho: Concordo contigo, só que o Lula infelizmente, não tem como consertar em 8 anos as desgraças que foram feitas especialmente nos últimos 100 anos. Pelo menos ele mostrou ao mundo que o Brasil existe e deve ser repeitado.

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google