sexta-feira, 11 de junho de 2010

Piadas de índio

O dia do índio foi em 19 de abril. E nunca tinha pensado em piadas de índios. Portanto, aqui vai algumas piadas de índio para alegrar a sexta-feria:



- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro!
A dona do bordel perguntou:
- Índio tem experiência? Já fez antes?
Índio respondeu:
- Índio primeira vez.
A dona do bordel ponderou:
- Então, índio vai no mato, procura um buraco numa árvore, aprende como se faz e depois volta aqui.
Uma semana depois, o índio voltou ao bordel:
- Índio qué mulhé. Índio tem dinheiro. Índio já aprendeu.
A dona do bordel, então, mandou o índio subir para um quarto no qual já havia uma moça esperando por ele.
O índio subiu, entrou no tal quarto e mandou a mocinha tirar a roupa e ficar de quatro.
Depois, pegou um pedaço de pau e começou a bater no bumbum da profissional.
Aos gritos, a dita cuja pergunta:
- Índio está maluco? O que você está fazendo?
Ele responde:
- Índio tá vendo primeiro si tem abelha no buraco!…

O índio numa estrada no meio do nada, vinha um senhor com seu carrinho viajando... Num certo ponto avistou um homem deitado na pista. Parou o carro e foi lá ver o que era. Chegando lá viu um indio deitado no chão com o ouvido encostado no asfalto.. Aí o homem perguntou:
- Ei, seu índio, o que aconteceu?
E o indio responde:
- Mercedes prata, placa CCC 4141, de São Paulo, a mais de 150 km/h!
E o senhor espantado exclama:
- Caramba indio ! Você sabe tudo isso só de encostar o ouvido no chão?
E o indio responde:
- Não homem branco burro! Mercedes atropelou indio!

Quando Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil, ficou indignado porque os índios não usavam cuecas, então resolveu perguntar o por que disso:
- Porque vocês não usam cuecas?
- Índio forte, cueca fraca, índio peida, cueca rasga...
- Posso fazer um teste com você?
- ...Pode?!
- Você usa essa cueca de pano que amanhã eu venho ver você de novo!
No dia seguinte:
- índio cadê a cueca?
- índio forte, cueca fraca, índio peida, cueca rasga...
Toma essa aqui de couro!
No dia seguinte...:
- índio cadê a cueca?
- índio forte, cueca fraca, índio peida, cueca rasga...
- então toma essa de metal!
No dia seguinte...:
- índio o que aconteceu?
- índio fraco, cueca forte índio peida meu c* explode...

Um dia, enquanto galopava, um cowboy encontrou um índio. No lado do índio tinha um cachorro, um cavalo e uma cabrita. O cowboy começou então um diálogo com o índio:
Cowboy: Olá, belo cão você tem aí. Você se importa se eu falar com ele?
Índio: Cão não falar.
Cowboy: Olá cão, como vai?
Cão: Bem, obrigado!
O índio ficou absolutamente chocado.
Cowboy: Esse cara é o seu dono?
Cão: Sim!
Cowboy: E como ele te trata?
Cão: Muito bem. Todo dia ele me deixa correr livremente, me dá uma boa comida e me leva ao lago para brincar uma vez por semana.
O índio ficou totalmente boquiaberto.
Cowboy: Se importa se eu falar com seu cavalo?
Índio: Cavalo não falar.
Cowboy: Oi cavalo, como vai você?
Cavalo: Muito bem!
Cowboy: Esse aí é o seu dono?
Cavalo: Sim.
Cowboy: E como ele te trata?
Cavalo: Muitíssimo bem. Cavalgamos regularmente, ele me escova sempre e me mantém sob uma árvore para me proteger da chuva e do sol.
O índio, simplesmente abobalhado.
Cowboy: Se importa se eu falar com sua cabrita?
Índio: Cabrita muito mentirosa!

Havia um índio famoso por sua extraordinária memória. Um turista foi conferir e perguntou:
- O que você comeu no café da manhã do dia 15 de janeiro de 1958?
- Ovos.
Como só era permitida uma pergunta por pessoa, o turista saiu meio intrigado. Vinte anos depois, esse mesmo turista, andando pelas ruas da Europa, encontrou o mesmo índio sentado na calçada. Surpreso, falou:
- Mas... como?!
- Fritos - disse o índio.

Três amigos foram para o pantanal para desestressar. Um deles era médico, o outro botânico e o terceiro, coitado, era cômico.
No meio da selva, eles encontraram um índio e, tentando esconder o medo de serem devorados ou coisa assim, eles puxaram conversa:
- Bom dia, seu Índio! - disse o médico - Nós somos de Brasília!
- Brasília ser cidade feia! - disse o Índio - Brasília queimar índio!
Os três viajantes, que já tinham esquecido do caso do índio queimado em 97, ficaram com medo que o nativo quisesse descontar a raiva neles então tentaram se enturmar mais:
- Mas nós não somos maus, seu Índio! - disse o botânico.
- É nós somos legais! - disse o cômico - Nós viemos aqui pra respirar ar puro, relaxar, curtir a natureza...
- O que vocês fazer no Brasília? - perguntou o índio, ainda desconfiado.
- Eu sou cômico! - disse o cômico.
- Eu sou botânico! Eu sou médico! - disseram os outros.
O índio ficou pensativo por alguns instantes e disse:
- Comicu? Botanicu? Medicu?
- Isso mesmo! - concordaram os três.
Então o índio pulou no rio e saiu nadando que nem louco. Depois que estava há uns 20 metros de distância, ele gritou:
- Se vocês ser comicu, botanicu e medicu... Índio ser salvacu!

Fonte: Save the Amazon
Fonte: Blogbar do Fontana


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google