sábado, 7 de março de 2009

Educação em São Paulo é uma piada

Ser professor virou uma profissão perigo. Quando a gente dá uma bronca em um aluno, não sabemos o perigo que isso pode acarretar, pois não o conhecemos de verdade. Uma coisa é o aluno em classe, outra é lá fora, na vida real. Deveríamos receber por insalubridade...

Enquanto nossos governantes continua a espalhar para a mídia que a educação em São Paulo está melhorando, os problemas continuam, a progressão continuada continua, os salários do professor continuam baixíssimos, as classes superlotadas continuam, a violência e as drogas continuam... Ou seja nada mudou.

E essa nova proposta é um lixo. Na minha disciplina, os alunos são tratados como se fossem umas antas, por causa do jeito como a Física está sendo desenvolvida... Eu mesmo aplicando as atividades me sinto um idiota. Não foi assim que eu aprendi Física, nem no ensino médio, nem na universidade. Parece que eu estou em outra dimensão.

E eu não sou o único que reclama, outros colegas, em suas respectivas disciplinas, também estão perdidinhos.

Estamos desaprendendo como dar aula. Lamentável.

Em tempo: Na quinta passada, alunos de uma certa classe soltou gás de pimenta, deixando a todos sufocados. E sabem o que vai acontecer com as figuras? Nada! Porque a legislação diz que eles não podem ser suspensos ou expulsos.

Mas, esse gás ou spray de pimenta não é exclusivo da polícia? A sua venda não é ilegal? Como esses alunos conseguiram comprar?

Como você é bobo, Cido... Você sabe como as coisas realmente funcionam nesse país...

O problema é que isso é pouco, porque já presenciei aluno armado, vendendo drogas, até mesmo sinais de prostituição(certas escolas tem alguns lugares meio que escondidos e coisas estranhas acontecem!).

Preciso logo largar disso tudo!

3 comentários:

  1. Lamentável. Mesmo que apareça um governador que invista em educação (Que utopista que sou! Poderia me render boas histórias), a educação pública em qualquer lugar é uma merda. Não sei mais como resolver esse problema. O Ensino municipal aqui em Porto Velho é bom, mas a escola que eu estudei tinha uma infra-estrutura horrível, o andar superior ameaçava desabar.
    Eu gostaria muito de um dia ser prefeito de uma cidade para ver como é. Talvez os prefeitos possam ajudar nessa questão, mas acho quase impossível.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Sei bem o que vc está falando. Tb sou físico e ensinar principalmente no ensino médio parece ser um desperdício de tempo e as vezes me sentia meio idiota, já que quase ninguém entendia alguma coisa que eu estava falando. Prefiro ficar na carreira acadêmica na USP. Abraço,

    Alberto publicou um post sobre.. O que desperta o desejo sexual feminino?

    ResponderExcluir
  3. Henrique: A política é suja, infelizmente rola muita grana, são muitos interesses e falcatruas. Não dá para confiar em ninguém.

    Alberto Lozéa: Prazer tê-lo aqui. Volte sempre!!!
    Mas mesmo fazendo uma carreira acadêmica, não dá para fugir da sala de aula, pois ela te persegue! :o)
    Aliás, gostei do seu blog! Um abraço!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google