quinta-feira, 17 de julho de 2008

Porque as pessoas se casam?

Porque Photobucket

Casamento é uma coisa que me dá medo. O simples fato de mencioná-lo me dá calafrios. E não é mero chilique meu, não. Durante toda a minha existência, tenho visto amigos e familiares se casarem, e posso garantir em que nenhum momento senti que tal ação era por amor (se é que ele existe, espero que sim!).

Para falar a verdade, o amor é algo nunca mencionado quando pergunto a alguém, porque está se casando. Alguns mencionam afinidades, a possibilidade de construir algo juntos, mas nunca o amor. Alguns dizem “eu te amo” de uma maneira vulgar e despretensiosa. E chegam a confundir amor com sexo, e isso me irrita bastante.

De acordo com uma pesquisa feita pelo ICPP (Instituto Cidônico de Pesquisa Pessoal), foi verificado vários casamentos que aconteceram durante toda a minha vida, e devo dizer que essa pesquisa não tem base ou valor científico algum, mas para mim, que fui coletando os dados é a representação daquilo que mais tenho medo.

Lembrando os casamentos que presenciei entre familiares e amigos, cheguei a conclusão de que as pessoas se casam por 4 motivos: obrigação, acomodação, pirraça e desespero.

Mais há um 5º motivo, que não incluí na pesquisa, mas que de longe passa perto das pessoas que conheço, é o interesse! Nenhum amigo ou familiar meu possui posses o bastante para gerar o interesse de alguém, ou até mesmo, ocupam posições de destaques na sociedade. Mas esse motivo existe quando há dinheiro envolvido, é o pior de todos. É a prova de que o ser humano tem preço!

A obrigação corresponde a 28% dos casamentos, esse motivo é gerado motivo sempre que o casal pisa na bola e arranja uma gravidez antes do tempo. Esse tipo de casamento não dura, pois eles não estavam preparados para enfrentar a vida a dois, isto é, a três, e os conflitos surgem como tsunamis. A separação nesse caso, pode acontecer a qualquer momento.

A acomodação corresponde a 17% dos casamentos, e esse motivo ocorre quando duas pessoas namoram muito cedo, ainda jovens, o tempo passa, e eles não vêem a necessidade de conhecer outras pessoas. Eles permanecem juntos simplesmente por inércia, e após o casamento, tornam-se mais amigos do que amantes. Nem separar eles pensam, mesmo que a relação seja ruim. Eles continuam empurrando a situação com a barriga.

A pirraça(isso mesmo) é um motivo que na minha pesquisa corresponde a também a 17%. Às vezes as pessoas casam para provocar os pais. Mesmo sabendo que eles nada tem a ver entre si, eles contraem matrimônio, apenas para contrariar e causar indignação. Uma separação, nesse caso, é só uma questão de tempo.

E chegamos ao desespero, que corresponde a 38% da minha lista. Esse é o segundo motivo pior de todos (o pior é o interesse, mencionado antes), e esse é muito triste. A sociedade impõe tantas regras que, se não seguirmos, seremos taxados disso ou daquilo. Se uma pessoa chega na casa dos trinta, e ainda não se casou, já é motivo de gracinhas e piadas, ou coisa pior. E para evitar isso, uma pessoa acaba desesperadamente se casando com outra, que também está na mesma condição. Pode ser até que eles vivam bem, mas o motivo, me desculpem, é patético.

Quero ouvir as opiniões de vocês, podem até contestar o que escrevi. Mas ainda ninguém me convenceu de que o casamento não é um bicho de sete cabeças( com certeza, é coisa pior!).

Leiam aqui um post que escrevi em 2006 a respeito do casamento. Continuo ainda com a minha opinião e não mudo. A minha metamorfose ambulante ainda não conseguiu chegar a esse ponto! Photobucket

2 comentários:

  1. Cidão, realmente, a maioria dos casamentos são ou por interesse (econômicos em sua maioria), acomodação, obrigação ou pirraça mesmo, mas eu me imagino sim casado, mas ñ com alguém que eu ñ tenha certeza que eu queira conviver até o fim de minha vida...

    ICCP foi ótimo...

    --
    AndersonZ1.

    ResponderExcluir
  2. AndersonZ1: Ah, meu amigo! Isso é uma utopia! Não sonhe muito com isso não! :o)

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google