quinta-feira, 31 de julho de 2008

Criticar ou não criticar, eis a questão!

Hoje no colégio uma discussão veio a tona e deixou algumas pessoas um pouco exaltadas. Devemos realmente fazer críticas? Não no sentido da depreciação, mas no sentido de tentar melhorar a pessoa e mostrar seus erros? Isso faz parte da formação de um cidadão?

Bem, o que se nota é que ninguém, esteja certo ou errado gosta de ser criticado. Eu mesmo digo que um crítico é aquela pessoa que não deu certo em determinado ramo, e assim acaba descontando as suas frustrações nos outros.

As pessoas em geral não querem ser criticadas. Na educação formal, vemos isso todos os dias. Se um professor devolve um trabalho para um aluno dizendo que precisa melhorar, o aluno reclama, esperneia, e sempre vem com aquela ladainha: "Mas foi o que achei, é o que o Sr. pediu, não tenho mais tempo para dispor disso, o Sr. vai ter que aceitar..." E se você tenta mostrar aonde os erros estão, eles continuam não admitindo e alguns mais exaltados até rasgam o trabalho na cara do professor (isso já aconteceu comigo).

Os jovens hoje crescem sem uma estrutura familiar decente e carecem de ética, respeito e responsabilidade. A função primordial da escola que é formar esse cidadão para a vida e para o trabalho, acaba também sendo uma extensão da família, pois faltam-lhes valores que deveriam nascer do berço, assim as críticas serviriam para modelar esse futuro cidadão.

Com esse mundo globalizado de hoje, muitos querem fazer cursos rápidos e só querem saber do essencial. Só aquilo que lhes interessam. Eles não querem ser criticados pelo que são ou que fazem. Pouco lhes importam com o que as outras pessoas pensem a respeito. Muitas vezes certas críticas doem, porque certas verdades machucam (isso é verdade).

Aí ficam as questões que abalaram o recinto: Devemos ou não criticar? Isso faz ou não faz parte da formação de um indivíduo? Você gosta de receber uma crítica? A crítica como um instrumento de aperfeiçoamento de um cidadão é válida? Críticas realmente doem?

A discussão não chegou a nenhum resultado plausível.

5 comentários:

  1. Crítica não dói, o que dói e a verdade para as pessoas que não sabem lidar com ela.
    Certamente ninguém gosta de receber nenhum tipo de retorno negativo, no entanto quem sabe capitalizar isso entenderá que quem o faz é para o nosso bem, para que possamos melhorar como pessoas.
    Ah, mas tem pessoas que não gostam de ser criticadas. Bom, isso é uma opção delas, e se preferem sofrer com isso, paciência.

    ResponderExcluir
  2. Cidão, para mim a crítica implica diretamente em julgamento. Ninguém gosta de ser "julgado", não é? Eu não gosto de receber críticas, como qualquer mortal, mas críticas construtivas sempre serão bem vindas. Eu posso até não gostar na hora, mas com certeza depois vou pensar sobre o assunto, avaliar a minha conduta e fazer algo sobre a questão.
    Acho que a discussão não termina, porque como diz meu pai "cada um é cada um"!

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Carlos:

    Obrigado pela visita! :o)

    Você tem toda razão. O problema é que no ensino tanto particular quanto público, há um paternalismo em cima do aluno que chega a irritar pois, você não pode falar ou fazer isso ou aquilo. Não há mais seriedade, apenas fingimentos de todas as partes!

    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  4. Du, eu também não gosto de ser criticado, aliás isso deve fazer parte da natureza humana. O problema é o como saber falar. Na educação há muitos melindres conforme disse no comentário anterior.

    Beijos e abraços, meu anjo!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Cidão!

    Acho que críticas construtivas são sempre muito bem-vindas. Pelo menos deveriam ser por todos. Aliás, todo mundo sempre diz isso, né, mas na realidade, ninguém gosta de recebê-las, pois, em um primeiro momento, nossa vaidade e orgulho acabam nos 'blindando' a qualquer crítica ou comentário. Acho que o problema está aí. Em como iremos receber a crítica. Na verdade, acho que o que fará com que ela seja construtiva ou não, será nossa reação perante ela. Pois, muitas vezes, podemos dizer uma coisa extremamente inofensiva, mas a pessoa recebe até como ofensa. É complicado. Acho que a verdade sempre dói, independente da forma como se diga. Mas claro que há formas e formas de se dizer. Também existem momentos em que o melhor é calar. Nem todos estão prontos para receber a verdade. Ufa, é difícil mesmo, o ser humano é muito complicado. Mas é discutindo que a gente aprende! ;) Adorei teu post por isso, me fez pensar!!

    Beijo!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google