quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O Claro e o Escuro da Pitty

Apesar da mediocridade que impera no cenário do rock tupiniquim com as suas emoboiolices e hardcore mela-cueca, sempre há uma luz no fim do túnel. Pitty e sua banda acabaram de lançar seu terceiro trabalho com músicas inéditas, intitulado Chiaroscuro, ou Claro e Escuro em italiano. O nome do CD remonta à técnica de pintura de Leonardo Da Vinci.

O CD é agradável aos ouvidos e as letras tem um significado bem profundo. Uma das canções me chamou muito a atenção porque ela reflete toda a minha minha vida.
Eu seria muito presunçoso em falar que ela se baseou em mim para escrevê-la, já que ela não me conhece, e nem sabe que eu existo, mas a carapuça serviu em mim. Foi uma porrada bem dada no meio da minha cara. E sim, tenho que confessar que o "fracasso me subiu à cabeça" mesmo.

Essa estrofe realmente me pegou:
Mas vio é desdenhar do que não se pode ter
Vive tão disperso
Olha pros lados demais
Não ve que o futuro é você quem faz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Atribui o outro a culpa por não ter mais
Declara as uvas verdes mas não fica em paz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Nem preciso explicar o porque. Está bem claro na canção. A parte em que ela fala "Declara as uvas verdes mas não fica em paz" faz referência à fábula da raposa, que representa a síntese do fracasso subir à cabeça de alguém. E por muito tempo, na minha vida, atribuí as minhas intempéries à culpa de terceiros, não que eu faça isso ainda hoje, existem muitos resquícios de incompetência em mim, apesar de tentar melhorar, de fazer o meu melhor, mas o fracasso ainda está na minha mente, e isso reflete tanto no profissional quanto no emocional.
Ouvir essa música me dá muito medo, pois ela é reveladora. E ao escrever esse post eu sigo com o objetivo principal deste blog, que é a de servir como uma terapia para mim, além de fugir da realidade que vivo. Eu preciso disso!
"É difícil para eu descrever, talvez seja pelo impulso, ou talvez seja pelo racional, mas as palavras vêm em minha mente e eu as despejo na tela do computador com toda a volúpia que me é latente. O que pode sair disso? Idéias desconexas ou alguma coisa bem estruturada? Depende... do referencial!(como Físico, não pude resistir...)
Realmente eu não sei, mas sei que escrevo pensando em minhas convicções, solidão, depressão e isso muitas vezes me ocasiona muitos problemas, pois sei que algumas vezes extrapolo além da conta.
Acertando ou errando, vou continuar escrevendo pois é algo que gosto e assim quem sabe diminui um pouco esse meu mau humor que me corrói!"
Eis a letra completa da música:

Fracasso
(Pitty)
O êxito tem vários pais
Orfão é o seu revéis
Aos que sofrem por fim o céu
Abranda raiva
O que trago sobre os ombros
É meu e é só meu
Sustento sem implorar a benção e o pezar
Mas vio é desdenhar do que não se pode ter
Vive tão disperso
Olha pros lados demais
Não ve que o futuro é você quem faz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Atribui o outro a culpa por não ter mais
Declara as uvas verdes mas não fica em paz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
O maestro bem falou
A ofensa é pessoal
Quem aponta o traidor
É quem foi traído
Já sabe o que é cair
Ao menos tentou ficar de pé
E vítima de si, desproza o que nunca vai ter
O mais verde é sempre além do que se pode ver
Vive tão disperso
Olha pros lados demais
Não ve que o futuro é você quem faz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Atribui o outro a culpa por não ter mais
Declara as uvas verdes mas não fica em paz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Vive tão disperso
Olha pros lados demais
Não ve que o futuro é você quem faz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Atribui o outro a culpa por não ter mais
Declara as uvas verdes mas não fica em paz
Porque o fracasso lhe subiu a cabeça
Ah porque.. O fracasso lhe subiu a cabeça (2x)

O vídeo abaixo foi gravado na Garagem da Mix no mês passado, enquanto não sai o vídeo oficial...





Link para o vídeo

Quanto ao CD, é puro rock com várias influências, desde Strokes, Muse, Queens of the Stone Age, Stone Temple Pilots e até mesmo musica erudita, além de alguns experimentalismos. Eu recomendo! Arrisco a dizer que dentro do nosso cenário, a Pitty realmente faz rock. Photobucket

2 comentários:

  1. O Chiaroscuro me surpreendeu quando comecei ouvindo-o. Estava chateado pois gostei dos outros trabalhos dela e pelo tempo que demorou para o lançamento deste, achei que ela já tinha saído de cena.
    Com seu último parágrafo, conseguiu definir o CD inteiro. Ela conseguiu deixar um ar de mocinha dos outros e fazer rock de verdade.
    E que baita coincidência, Fracasso é a minha preferida também, principalmente pelas "uvas verdes".

    Abraços Cidão!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Linkem me:

Related Posts with Thumbnails
Google