Pesquisa personalizada

sábado, 31 de dezembro de 2005

Suicídio: Um ato de coragem ou de covardia?



Existem situações em que a vida enche o saco, ou os problemas enfrentados não tem uma solução prática, então o que fazer? No caso de uma doença incurável, haveria a necessidade de sofrer até chegar o momento final?

Se sua vida é uma merda, se você vive num estado vegetativo, se você é um estorvo ou sabe que nada mais resta a acontecer, que você chegou ao fundo do poço, qual a solução? Muitos diriam, vá à um psicólogo ou à um psiquiatra, ou então, procure um grupo assistencial para resolver seus problemas.

Outros mais religiosos, diriam que a vida é um bem precioso que não deve ser tomada em vão, espere que deus deve ter um grande plano para você, ou aquela infeliz frase: Foi deus que quis assim, logo aproveite o resto de sua vida para se redimir e chegar mais perto do Todo Poderoso( aliás, todo poderoso para mim é o Timão!), entregue sua vida a Jesus (bem, eu poderia entregá-la John Lennon, Jack Kirby, Gene Roddenberry,etc, etc ...)

Mas na verdade, são tudo baboseiras, só você sabe o que é melhor para você. Só você sabe onde realmente dói o calo. Só você sabe todo o sofrimento que vem sentindo durante toda a sua vida imprestável. Só você e ninguém mais!

Existe um momento em que tudo acaba, e você sabe que deve por um fim nisso. Eu, então, acredito que esse momento será um ato supremo de coragem explícita que você nunca teve durante toda a sua vida. É assim que eu encaro o suicídio. Covardia é não fazê-lo.

Você está pronto para desistir da sua vida pobre e inútil? Pense nisso.
E você pode até perguntar por que eu não me suicido, e eu lhe direi que sou covarde demais pra praticar esse ato supremo de coragem explícita.




sexta-feira, 30 de dezembro de 2005

Olha eu aqui outra vez!



Esse é o Faísca, gato do meu tio!
2005 está chegando ao fim e eu como sempre depressivo ao final de um ano. Odeio essa época. Essa sexta representa a merda que é a minha vida. Muitos podem dizer que meu trabalho é moleza, que tenho quase três meses de férias, mas o que não sabem é como cheguei até aqui e como estou lidando com tudo isso. Comentarei isso em uma outra ocasião, no momento estou reavaliando se vale a pena continuar.
Na verdade, nessa época quero ficar sozinho, longe de tudo e de todos. É claro que hoje fui jogar Magic the Gathering, uma de minhas paixões, mas foi um desastre total. Mas agora vou me enclausurar no meu esconderijo, esperando por 2006, comendo muito chocolate.
O gato da imagem é apenas para expressar o que eu e esses felinos temos em comum: SOMOS GATOS!!!!




Google
 
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf.