domingo, 26 de outubro de 2008

Blogagem coletiva "Abre Aspas": Há Tempos

Há Tempos

Parece cocaína mas é só tristeza, talvez tua cidade
Muitos temores nascem do cansaço e da solidão
E o descompasso e o desperdício herdeiros são
Agora da virtude que perdemos.

Há tempos tive um sonho
Não me lembro não me lembro
Tua tristeza é tão exata
E hoje em dia é tão bonito
Já estamos acustumados
A não termos mais nem isso.
Os sonhos vêm
E os sonhos vão
O resto é imperfeito.

Disseste que se tua voz tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira.

E há tempos nem os santos têm ao certo
A medida da maldade
Há tempos são os jovens que adoecem
Há tempos o encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
E só o acaso estende os braços
A quem procura abrigo e proteção.

Meu amor, disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem
E ela disse:
- Lá em casa têm um poço mas a água é muito limpa.

Renato Manfredini Júnior aka Renato Russo (27.03.1960 - 11.10.1996). Compositor, músico, escritor, poeta, cantor e pensador brasileiro. Ele revolucionou o rock nacional com as suas letras que tinham de tudo, desde o amor, rebeldia até o protesto. Foi líder da banda de rock Legião Urbana, uma das maiores, senão a maior do Brasil. Nascido em Brasília, antes da legião ele foi professor de inglês e em 1978 criou o Aborto Elétrico, grupo influenciado pelo punk rock inglês. Em 1982, saiu do Aborto e montou a Legião Urbana, ao lado de Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos.

Renato morreu em 1996, vítima de broncopneumonia, septicemia e infecção urinária, decorrentes da Aids, após de seis anos como portador do vírus HIV. Depois de sua morte, muitas homenagens de fãs e artistas que duram até hoje, com discos, livros, clones, shows. Renato Russo se tornou um mito para o rock brazuca.

Discografia com a legião Urbana:

1997 - Uma Outra Estação
1996 - A Tempestade (ou O Livro dos Dias)
1993 - O Descobrimento do Brasil
1991 - V
1989 - As Quatro Estações
1987 - Que País É Este 1978/1987
1986 - Dois
1985 - Legião Urbana
1998 - Mais do Mesmo
1992 - Música para Acampamentos (coletânea de gravações ao vivo)
2004 - As Quatro Estações ao Vivo (gravado ao vivo em 1990 na turnê de “As Quatro Estações”)
2001 - Como É que Se Diz Eu Te Amo (gravado ao vivo em 1994 na turnê de “O Descobrimento do Brasil”)
1999 - Acústico MTV (gravado ao vivo em 1992)

Discos solo

1994 - The Stonewall Celebration Concert
1995 - Equilíbrio Distante
1997 - O Último Solo (póstumo)
2002 - Série Identidade: Renato Russo (coletânea)
2002 - Para Sempre (coletânea)
2003 - Presente (póstumo)
2004 - O Talento de Renato Russo (coletânea)
2005 - Série Bis: Renato Russo - Duplo (coletânea)
2008 - O Trovador Solitário (póstumo) (álbum do cantor não lançado pela gravadora EMI. Foi lançado pelo selo Discobertas/Coqueiro Verde.)


Este post faz parte da blogagem coletiva “Abra Aspas” para a poesia no seu blog… promovida pela Lunna Montez'zinny Guedes do Acqua. Participe, escolhendo uma poesia para postar e falar um pouco a respeito do autor.
Deixar a blogosfera mais poética é o objetivo. Participe clicando na imagem ao lado!

6 comentários:

  1. Bom dia, interessante ler sobre Renato Russo, pouco conheço dele, sei que é músico e fez parte de uma banda, mas ainda assim conheço pouco, talvez devido ao estilo, uma vez que gosto de Blues e Jazz. Bem, sempre é tempo de descortinar o horizonte. Grata por sua participação e uma boa semana para ti...

    ResponderExcluir
  2. Lunna: Obrigado pela visita. Uma boa semana para você também!

    ResponderExcluir
  3. Adoro Renato Russo! É impressionante como tudo o que ele escreveu toca fundo... Essa música então... Boa escolha!!

    Cidão, tô acompanhando teu blog!! Agora sou 'seguidora', hehe..

    (ah, e no próximo aniversário, vê se guarda um pedacinho do bolo pra gente, né? rsrs..)

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Ah, só queria dizer que tb sou contra essa reforma ortográfica!! Mas parece que não tem volta, né? :s

    Cidão, vc tem gatos? Esse que está na foto aqui no blog, aí encima, é seu? Eu nunca tive (tenho 5 cachorras), até hoje, mas há 2 meses estou com uma gata. Eles são mesmo animais incríveis! :):)

    Bjo!

    ResponderExcluir
  5. Adriana: Adoro a poesia contida nas músicas do Renato Russo.
    Obrigado por me seguir!!! :o)
    No momento não tenho nenhum animal. O gatinho da foto é do meu tio, o Faísca. Animais de estimação são o máximo. Posso garantir que a verdadeira amizade vem deles.
    Sobre a reforma, uma verdadeira porcaria.
    Beijo, meu anjo!!! ;o)

    ResponderExcluir
  6. Renato Russo, sem duvida um dos maiores poetas que o mundo pode ver... pena que partiu tão cedo... Bju carinhoso ;)

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google