sábado, 31 de maio de 2008

Blogagem Coletiva: Dia Mundial sem Tabaco


Por que as pessoas fumam?

Vários são os fatores que levam as pessoas a experimentar o cigarro ou outros derivados do tabaco. A maioria delas é influenciada principalmente pela publicidade maciça do cigarro nos meios de comunicação de massa que, apesar da lei de restrição à propaganda de produtos derivados do tabaco sancionada em dezembro de 2000, ainda tem forte influência no comportamento tanto dos jovens como dos adultos. Além disso, pais, professores, ídolos e amigos também exercem uma grande influência.

Pesquisas, no Brasil, entre adolescentes mostram que os principais fatores que favorecem o tabagismo entre os jovens são a curiosidade pelo produto, a imitação do comportamento do adulto, a necessidade de auto-afirmação e o encorajamento proporcionado pela propaganda. Noventa por cento dos fumantes iniciaram seu consumo antes dos 19 anos de idade, faixa em que o indivíduo ainda se encontra na fase de construção de sua personalidade.

A publicidade veiculada pelas indústrias soube aliar as demandas sociais e as fantasias dos diferentes grupos (adolescentes, mulheres, faixas economicamente mais pobres etc.) ao uso do cigarro. A manipulação psicológica embutida na publicidade de cigarros procura criar a impressão, principalmente entre os jovens, de que o tabagismo é muito mais comum e socialmente aceito do que é na realidade. Para isso, utiliza a imagem de ídolos e modelos de comportamento de determinado público-alvo, portando cigarros ou fumando-os, ou seja, uma forma indireta de publicidade. A publicidade direta era feita por anúncios atraentes e bem produzidos, mas foi proibida no Brasil. Com a Lei 10.167, que restringe a propaganda de cigarro e de produtos derivados do tabaco, esse panorama tende a mudar a médio e longo prazo.

Os resultados das medidas de restrição à publicidade no controle do tabagismo em vários países mostram que este é um instrumento legítimo e necessário para a redução do consumo.


O cigarro por dentro

A fumaça do cigarro é uma mistura de aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas diferentes; que se constitui de duas fases fundamentais: a fase particulada e a fase gasosa. Na fase gasosa é composta, entre outros por monóxido de carbono, amônia, cetonas, formaldeído, acetaldeído, acroleína. A fase particulada contém nicotina e alcatrão.

O alcatrão é um composto de mais de 40 substâncias comprovadamente cancerígenas, formado a partir da combustão dos derivados do tabaco. Entre elas, o arsênio, níquel, benzopireno, cádmio, resíduos de agrotóxicos, substâncias radioativas, como o Polônio 210, acetona, naftalina e até fósforo P4/P6, substâncias usadas para veneno de rato.

O monóxido de carbono (CO) tem afinidade com a hemoglobina (Hb) presente nos glóbulos vermelhos do sangue, que transportam oxigênio para todos os órgãos do corpo. A ligação do CO com a hemoglobina forma o composto chamado carboxihemoglobina, que dificulta a oxigenação do sangue, privando alguns órgãos do oxigênio e causando doenças como a aterosclerose.

A nicotina é considerada pela Organização Mundial da Saúde/OMS uma droga psicoativa e que causa a dependência. A nicotina age no sistema nervoso central como a cocaína, com uma diferença: chega em torno de 9 segundos ao cérebro. Por isso, o tabagismo é classificado como doença estando inserido no Código Internacional de Doenças (CID-10) no grupo de transtornos mentais e de comportamento devido ao uso de substância psicoativa. Além disso, a nicotina aumenta a liberação de catecolaminas, causando vasoconstricção, acelerando a freqüência cardíaca, causando hipertensão arterial e provocando uma maior adesividade plaquetária. A nicotina juntamente com o monóxido de carbono, provoca diversas doenças cardiovasculares. Além disso, estimula no aparelho gastrointestinal a produção de ácido clorídrico, o que pode causar úlcera gástrica. Também desencadeia a liberação de substâncias quimiotáxicas no pulmão, que estimulará um processo que irá destruir a elastina, provocando o enfisema pulmonar.

Doenças associadas ao uso dos derivados do tabaco

Muitos estudos desenvolvidos até o momento evidenciam sempre o mesmo: o consumo de derivados do tabaco causa quase 50 doenças diferentes, principalmente as doenças cardiovasculares (infarto, angina) o câncer e as doenças respiratórias obstrutivas crônicas (enfisema e bronquite).

Além disso, esses estudos mostram que o tabagismo é responsável por:

  • 200 mil mortes por ano no Brasil (23 pessoas por hora);

  • 25% das mortes causadas por doença coronariana - angina e infarto do miocárdio;

  • 45% das mortes causadas por doença coronariana na faixa etária abaixo dos 60 anos;

  • 45% das mortes por infarto agudo do miocárdio na faixa etária abaixo de 65 anos;

  • 85% das mortes causadas por bronquite e enfisema;

  • 90% dos casos de câncer no pulmão (entre os 10% restantes, 1/3 é de fumantes passivos);

  • 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer (de boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga e colo de útero);

  • 25% das doenças vasculares (entre elas, derrame cerebral).

Fazem parte deste tema os seguintes textos:

Texto e links retirados do site: Orientações Médicas



Frase do dia:


"O cigarro é um tubo cilídrico que possui duas pontas: em uma ponta há uma brasa, na outra há um trouxa!"



Nova campanha do governo contra o tabagismo

Abaixo estão as novas imagens da campanha “Fique esperto, começar a fumar é cair na deles”, lançada pelo Ministério da Saúde, clique em cada imagem para visualizar melhor:


PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket


Como sempre imagens chocantes, mas tem que se assim. Muitas vezes a conscientização apenas com palavras entra por um ouvido e sai pelo outro. Os perigos e as doenças causadas pelo cigarro têm que ser explícitas.




Essa blogagem coletiva foi idealizada e organizada pelo Nando, do blog "A melhor novela de todos os tempos" e pela Nana, do blog "Apenas Nana".

9 comentários:

  1. Cidão as imagens realmente são bem chocantes, espero que surta algum efeito...

    ResponderExcluir
  2. Oi Cidão!!

    Pois é, eu até já tinha comentado lá na Nana sobre essas imagens. São chocantes mesmo, mas, infelizmente, é a verdade. E muitas vezes a verdade dói. Mas enfim, muita gente só acorda para a realidade quando algo parecido acontece com elas. Espero que as pessoas tomem mais consciência disso e tornem-se mais responsáveis, não só com suas prórias vidas, mas com aqueles que estão perto, pois, o que me deixa mais chateada com essa coisa do cigarro é que ele não afeta só a quem fuma, mas também a quem está junto! :(

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Cidão, muito obrigada e parabéns.
    Tenho muito medo do cigarro porque
    o amo.

    Contei só metade do meu drama lá no Espaço Mensaleiro.

    Muito obrigada pela cuidadosa postagem.
    Eliana Alves

    ResponderExcluir
  4. Cidão, seu post ficou excelente!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Cidão, como bem coloca o texto, a propaganda bem direcionada pelas indústrias é uma das maiores armas a favor do vício! Além de proibir a publicidade, o Governo precisa taxar excessivamente o setor e, ao mesmo tempo, aumentar sua fiscalização. Eu, particularmente, acho que deveria acabar gradativamente com tal indústria! E depois disso, cair em cima do setor de bebidas alcoólicas!

    Abração!

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post, Cidão, quanto mais informação melhor ..
    As imagens são impactantes, mas acho que o "choque" serve como alerta pra todos nós !!
    Muito obrigado pela sua valiosa contribuição na Campanha, cumprimos a missão !!
    Abração, até logo !!

    ResponderExcluir
  7. Sometimes I do wonder why people smoke? I've never ever smoked in my entire life and I don't see the logic in it. And worse yet, everyone knows smoking is bad but they still do it. Shows you how silly people can be at times, ya?

    ResponderExcluir
  8. Olá Cidão!
    Muito obrigado por contribuir na blogagem.
    Informações nunca são demais né..
    Beijos =)

    ResponderExcluir
  9. Excelente artigo de conscientização Cidão! Só mesmo com cenas fortes talvez se consiga convencer os que não fumam a não embarcar neste barco furado... Beijos e bom decorrer de semana para você!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google