Postagem em destaque

O Brasil tem um instituto de reabilitação para viciados em internet e celular

Você é viciado em internet e celular? Saiba que você tem um problema chamado de nomofobia. E como tratar? O tratamento pode ser feito no Ins...

quarta-feira, 26 de abril de 2006

Física e Relações Humanas (parte 1)

Photobucket - Video and Image Hosting
Isaac Newton(1642-1727), físico, matemático e astrônomo inglês Isaac Newton(1642-1727).
É interessante como as leis da Física podem ser aplicadas a certas situações que a primeira vista nada tem a ver, mas se você parar e pensar um pouquinho poderá concordar. Pegue as três Leis de Newton, por exemplo, e comece a analisar os fatos.
De acordo com Newton, a Inércia é uma propriedade da matéria que pode ser pensada como se fosse uma dificuldade a ser vencida, pois ela representa a tendência de um corpo de permanecer tanto em repouso quanto em movimento retilíneo constante, em ambos os casos a velocidade do corpo é nula ou um valor constante. Para alterar esses estados, é necessária a aplicação de uma força, e essa força provoca uma mudança no valor dessa velocidade. Mas, quando uma força é aplicada num determinado corpo, este corpo reagirá e devolverá a mesma força em sentido contrário. Interessante, não é?

[Principia, uma das obras científicas mais importantes do mundo]

No nosso cotidiano, temos a tendência de aceitar certos fatos como se fossem a verdade absoluta, e quando tentamos mudar certos conceitos, sofremos reações contrárias que pode levar a longas discussões, pois cada um tem a sua "verdade absoluta" ou seu ponto de vista. Esse ponto de vista depende do observador em questão, assim como na Física, temos o Referencial (Para determinar se um corpo está em movimento ou em repouso dependemos de um outro corpo ou um sistema físico adequado).
Tá ficando confuso?
Vamos ver certos fatos que passam de boca em boca:
- Todo político é ladrão ou corrupto...
Essa é a conclusão que todos chegam após testemunhar os fatos que ocorrem na nossa política, quer em âmbito municipal, estadual ou nacional. É complicado tentar explicar para uma pessoa que a política é feita de idéias, por isso existem os partidos, e seus integrantes, cuja função é aplicar essas idéias sejam elas de esquerda, direita ou de centro. O povo deveria conhecer os programas de cada partido antes de começar a falar besteiras, e também deixar de votar unicamente em pessoas e começar a votar em idéias. Pressionar para que as leis sejam cumpridas, vigiar seus candidatos, mas isso dá muito trabalho, não é? É muito mais fácil dizer a frase do começo.
- Foi Deus que quis assim...
Esse é um dos pensamentos que mais me deixa irritado e que me corrói. Não posso acreditar em certas conformações que a maioria das pessoas possui. As coisas acontecem porque algo ou alguém as provocaram, e cabe a nós enfrentá-las para forçar uma mudança para melhor. Ficar se lamentando por algo que não aconteceu ou que poderia ter acontecido não é a solução, temos que ter um objetivo bem claro do que queremos, e lutar corajosamente por isso.
- Deus escreve certo por linhas tortas...
Acho que essa frase segue na mesma linha de raciocínio do fato anterior. Reflitam.
- Estudar não enche a barriga de ninguém...
A educação hoje está jogada na lama devido às leis e interesses de outrem. Perdeu-se o rumo, perdeu-se o respeito, perderam-se os limites, ou seja, tudo se perdeu. Anos atrás, um professor era tão respeitado e ganhava tão bem quanto um juiz ou coisa do gênero, hoje o salário é uma piada de mau gosto. O ensino tinha um objetivo bem claro, era elitista? Talvez sim, talvez não, mas a coisa era séria. Hoje, por conta de uma inclusão (que na verdade é uma exclusão), temos salas superlotadas, temos uma mistura de alunos em classe que não favorece ao aprendizado de ninguém. Mas nas estatísticas do governo, o ensino vai bem, a repetência caiu consideravelmente, o salário do professor é justo...
Com tudo isso, muitos não vêem na educação a condição necessária para se vencer na vida, outros meios são mais interessantes... Como o crime organizado, por exemplo, a ilusão de que pra se fazer sucesso deve se ter o corpo explorado, a corrida atrás de falsos ídolos, e assim por diante.
Bem, com certeza existem outras frases que expressam certos fatos que não mencionei aqui, mas acredito que você possa ir mais a fundo e pesquisar, não é?
Em uma outra oportunidade voltarei ao tema do referencial e tentarei aplicá-lo às relações humanas, diria eu que é um tanto quanto intrigante.

sexta-feira, 14 de abril de 2006

Is it just me?... Odeio feriados religiosos...ou Como a Religião afunda a mulher!

Nunca me senti à vontade quando o assunto é religião. E fico ainda "emputecido" quando há um feriado religioso. Para mim religião e seus dogmas são normas que o homem criou para o domínio das massas e principalmente para jogar a mulher no fundo do poço ainda mais profundo. Podem até me contradizer, mas em qualquer religião que se preza, a mulher é vista como um objeto a serviço do homem, uma propriedade que pode ser usada e manuseada deixando-a no simples papel de escrava por ser inferior ou apenas servir como um meio de reprodução para a raça humana. Já dizia o maior de todos, John Lennon, "Woman is the nigger of the world", e essa afirmação nunca esteve tão real e presente no mundo de hoje, vide por exemplo as meninas nesse Brasil por aí afora sendo vendidas por míseros "dez real" tornando-se prostitutas nos grandes centros, alimentando mais e mais o turismo sexual no país; ou ainda a situação da mulher no oriente médio, cujo papel é ser exatamente o que já mencionei antes; e o pior e mais degradante de tudo, meninas que ainda bebês, têm seus clitoris removidos em grande parte no continente africano. Só para constar: na Idade Média a Igreja Católica mandava queimar na fogueira em praça pública, ,qualquer um que fosse contra o sistema e principalmente a mulher, cujas atitudes e comportamento lembravam as de uma bruxa.
Aliás, qualquer religião fomenta isso: a mulher NÃO pode sentir prazer, tem que servir o seu amo, e seu papel é o da reprodução. Repito isso de novo pois é uma situação que nunca irei entender e concordar.
Não faço parte de religião nenhuma e não acredito em nada do que me falarem a respeito. Como um cara da Ciência que sou, acredito numa coisa que existe em todo universo e que nunca se acaba: Energia! Mas isso é um assunto pra se discutir numa outra ocasião.
Já estou de saco cheio de tanta hipocrisia cometida em nome de uma suposta religião, e do comércio que advém dela. Ver tantas pessoas que são enganadas apenas para conseguir um pedacinho no céu. E eu não entendo como é que em pleno século 21, no meio de tantas descobertas científicas e novas tecnologias, essas coisas ainda imperam. Eu me sinto como se fosse um estranho no ninho, uma pessoa deslocada no tempo e no espaço.
Será que eu estou errado?
Serei eu o único a enxergar essas coisas? Penso assim, porque no meu convívio social me sinto um cara que não consigo me enturmar com pessoas da minha idade. Não tenho saco para tantas mediocridades e hipocrisias. Já até me taxaram de "endemoniado" e outras coisas bem pesadas só por ter tais idéias hereges...
Mas nunca vou mudar!

Obs.: Coloquei aqui no começo de março um poema para a mulher em homenagem ao dia dela, mas era apenas uma brincadeira. E tudo que mencionei naquele post é a mais pura realidade do que acontece por aí.

sábado, 8 de abril de 2006

Coisas que odeio (parte 2): Modinhas(Lixos Industriais), EMOS!

Realmente a galeria do Rock já não é mais a mesma. Lojas de skate, hip hop e outras porcarias infestam um lugar onde o Rock reinava. Algumas lojas antigas continuam a suas duras penas enquanto que outras já há muito tempo não existem mais. Mas mesmo assim, ao adentrar o lugar, vem aquela nostalgia de anos atrás que tornou a galeria muito famosa.
Infelizmente existe algo que está acabando com o lugar, algo que cresce como erva daninha, e que dá vontade de exterminar um por um. São os malditos EMOs. O look é básico: piercings, cabelos com franjinhas na testa, camisetas pretas com lixos industriais tais como Simple Plan, The Used, My Chemical Romance e tantas outras porcarias. Odeio EMOs e tudo que eles representam. Isso não pode ser Rock! Que a ira do Deus Metal caia sobre esses incautos e os exterminem como insetos que eles são. E que junto com eles vão os adoradores desse falso metal representado por bandas medíocres como Liking PArk, Evanescence, PaPa Roach, Korn dentre outros. Malditos sejam aqueles que acham que CPM22, Detonautas, Dead Fish e outras merdas representam o rock brasileiro. É tudo lixo! Lixos Industriais! Modinhas que vão passar, mas que irritam, irritam.
Quase quebrei a cara de um moleque quando ele disse que o Nightwish é cópia do Evanescence. Só me contive porque sou maior de idade. Mas adorei quando um idiota levou porrada no centro porque quis ser o rei da cocada preta ao se intitular METALEIRO. Detalhe: ele vestia uma camisa preta escrita Liking Park. O pior de tudo é que uns dias antes tentei aconselha-lo a não ser folgado perto do pessoal que realmente curte metal, mas ele não me deu atenção. Até que fui bonzinho, pois eu poderia ter quebrado seus dentes ali mesmo.
Diante dessas palavras, vocês podem pensar que sou uma pessoa violenta, mas na verdade sou muito calmo, mas quando me tiram do sério, sai de baixo. Acredito que cada um gosta daquilo que quiser, eu respeito, mas querer impor uma mentira eu não aceito. Aliás, estou pouco me lixando se alguém é EMO, curte pagode, new metal, axé, sertanejo ou qualquer outra porcaria, mas que não venha me encher o saco ou começar a dizer coisas que não tem nada a ver.
E para aqueles que dizem que o Rock morreu, só vou mencionar Strokes, Darkness, Living Things, Jet, Raveonnetes, Libertines, Foo Fighters, e a lista continua a crescer...

O METAL É MEU SENHOR! LENNON É O MEU DEUS! O ROCK É A MINHA VIDA!
LONG LIVE ROCK’N’ROLL!
Google