sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Piadas de professores 4ª parte

E as aulas no ensino público do Estado começaram ontem. Sem aluno, é claro. Enquanto isso, tanto na prefeitura quanto nas particulares, as aulas já estão a todo vapor. Divirta-se com mais piadas de professores para rir ou chorar... Depende do ponto de vista de cada um.

Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pênis desenhado no quadro. Sem perder a compostura, imediatamente ela apaga o desenho e começa a aula. No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior. Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário. No outro dia, o desenho já ocupa quase o quadro inteiro e por baixo ela lê a seguinte frase:
'Quanto mais você esfrega, mais ele cresce!'

Na aula de matemática, o professor explica o cálculo de uma enorme equação e depois de algum tempo, conclui:
- ...e dessa maneira, chegamos a conclusão que X é igual a zero!
- Puxa, professor! - lamenta-se uma aluna. - Tanto trabalho por nada!

Um menino chega a escola atrasado,e a professora pergunta:
- Porque você chegou atrasado menino?
O menino responde:
- Eu tava comendo paçoquinha professora!
Logo outro menino chega,e a professora pergunta:
- Onde você estava menino?
O menino responde:
- Eu tava comendo paçoquinha professora!
A professora com raiva senta na cadeira, eis que chega outro menino, ela faz uma pergunta:
- Ja sei, você estava comendo paçoquinha?
O menino responde:
- Não, eu era a paçoquinha!

O professor chamou uma das alunas da classe e perguntou:
- Rosana, me diga, que elemento tem a fórmula química H2SO4?
A garota colocou um dedinho na boca, pensou, pensou e disse:
- Aí professor... Tá na ponta da língua!
E o mestre:
- Então cospe logo que é ácido sulfúrico!

O professor de ciências explica o fenômeno da circulação sanguínea:
— Se eu ficar de cabeça para baixo, todo o sangue vai descer para minha cabeça e meu rosto vai ficar vermelho, não é mesmo?
— Sim, professor! — concorda a classe.
— Agora, alguém sabe me dizer por que é que os meus pés não ficam vermelhos quando estão no chão?
— Eu sei, professor — diz um aluno, levantando-se. — É porque os seus pés não são vazios.

Terminada a limpeza do dia, a faxineira vira-se para a patroa e dispara:
- São cinqüenta paus!
- Cinqüenta reais? - pergunta indignada a patroa.
- Mas, isso é um absurdo! Você sabia que eu não ganho isso como professora?
- E por que a senhora acha que eu larguei de dar aula?

Um dia, na sala de aula, o professor estava explicando a teoria da evolução aos alunos. Ele perguntou a um dos estudantes:
- Tomás, vês a árvore lá fora?
- Sim, respondeu o menino.
O Professor voltou a perguntar:
- Vês a Grama?
E o menino respondeu prontamente:
- Sim.
Então o professor mandou Tomás sair da sala e lhe disse para olhar pra cima e ver se ele enxergava o céu. Tomás entrou e disse:
- Sim, professor, eu vi o céu.
- Viste a Deus? Perguntou o professor.
O menino respondeu que não. O professor, olhando para os demais alunos disse:
- É disso que eu estou falando! Tomás não pode ver a Deus, porque Deus não está ali! Podemos concluir então que Deus não existe.
Nesse momento Pedrinho se levantou e pediu permissão ao professor para fazer mais algumas perguntas a Tomás.
- Tomás,vês a grama lá fora?
- Sim.
- Vês as árvores?
- Sim.
- Vês o céu?
- Sim.
- Vês o professor?
- Sim.
- Vês o cérebro dele?
- Não - disse Tomás.
Pedrinho então, dirigindo-se aos seus companheiros, disse:
- Colegas, de acordo com o que aprendemos hoje, concluímos que o professor não tem cérebro.

A professora fala com os alunos sobre como nascem os bêbes, e então o menino pergunta:
- Professora, um menino de 10 anos pode ter um bêbe?
E a professora diz:
- Não joãozinho!
E novamente o menino pergunta:
- E uma menina de 10 anos pode ter um bêbe?
E a professora diz:
- Não joãozinho, só lá pros 14,15 anos.
E o menino fala para a menina do lado:
- Não te disse Aninha, não tem perigo.


Fonte da imagem




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Linkem me:

Related Posts with Thumbnails
Google