sábado, 28 de novembro de 2009

10 tipos de cola em provas

Colar em prova é algo bem milenar, penso eu. A cola deve existir desde que a primeira escola foi fundada. Mas é inevitável. É um dos recursos que o aluno tem quando não sabe nada. Em quase 20 anos de magistério, os métodos continuam os mesmos, até quando entra a tecnologia, nada muda. Ela só vem para auxiliar o delito.


1 - Esticando o pescoço

Essa acontece a todo momento. Quando você menos espera tem um pescoçudo "bizoiando" a prova de outro.
Solução: Trocar o indivíduo do lugar, de preferência num lugar bem isolado, caso ele for alto.

2 - Borracha literária

Essa cola é clássica. Quanto maior ela for, mais informação irá caber. E ela tem a capacidade de voar e/ou escorregar pelas carteiras seguintes.
Solução: Ficar atento e perceber quando uma determinada borracha viaja pela sala.

3 - Papel de rascunho

Semelhante a borracha. O aluno com a desculpa de usar uma folha para rascunho, acaba escrevendo tudo nela e na forma de bolinha, também viaja pela sala.
Solução: Também ficar atento e ser ágil no momento em que a bolinha está passeando.

4 - Escrita na parede

Outra cola clássica feita por alunos que sentam ao lado da parede. Outra variante é quando escrevem na carteira.
Solução: Eliminar a fileira do lado da parede, e depois mandar o responsável lambê-la até limpar. No caso da carteira, trocar o aluno de lugar e depois, fazê-lo tambem lamber até limpar.

5 - Em partes do corpo

Essa cola é milenar, qualquer parte do corpo serve. Quando é na mão ou no braço, é fácil contorar, mas quando se é mulher, a coisa complica. Muitas delas escrevem nos próprios seios e nas coxas. Aí não dá para pegar, senão é assédio sexual na certa.
Solução: mandar o/a meliante lavar a parte do corpo onde está escrito... Ou mandar para a direção.

6 - Tirando foto com celular

Ah, a tecnologia... Já falei que odeio celulares? E a imagem é então enviada para todos na sala. E ainda tem também aqueles que se comunicam com pessoas de fora.
Solução: Mandar desligar e guardar os aparelhos.

7 - Os códigos tradicionais

Se a prova é de múltipla escolha(teste), a cola pode ser passada usando seus próprios dedos, cada dedo indicando uma das alternativas. Tem ainda aqueles suspiros ou sorrizinhos em sala quando falam palavras que se iniciam com a letra da alternativa. Um exemplo, teve uma vez que um aluno falou "Professor, o senhor hoje tá meio bobo, não é mesmo pessoal? Bobo!" Só fui perceber a relação depois.
Solução: Rodar a baiana e bancar o louco na sala, mandando todos se calarem.

9 - Caderno aberto em baixo da carteira

É só deixar o caderno ou o livro aberto na lição em questão. E toda vez dar uma puxadinha de leve sem que o palhaço, ops professor perceba.
Solução: Mandar fechar todos os cadernos e livros e guardá-los na mochila.

10 - O cochicho tradicional

É até engraçado, pois parece que todos estão rezando. E a coisa agrava quando usam moleton com gorro. Eles tentam se cobrir para que o palhaço, ops professor não perceba os lábios se mexendo.
Solução: Mandá-los sentar de forma correta e/ou trocar de lugar os mais engraçadinhos.

Enumerei dez tipos que me veio a mente. Quem se lembrar de mais, dê um toque!

Fonte da imagem: Happyincandyland

10 comentários:

  1. Também tem cola com tocador de música.
    Uns falam a cola no tocador de MP3 ou Ipod, vão ao colégio de jaqueta com capuz, e por trás do capuz passa os fones e põem no ouvido.
    Outra é com toca discos, o cara tá com o fone no pescoço mas o disco gria. Aí o disco para, o cara abre o local do CD e no cd está toda a cola.

    ResponderExcluir
  2. Eu so colei uma vez...rsrsrs
    Bem, eu fiz uma colinha e apreguei com durex na minha coxa, vim de saia, e sentei no final da fileira.
    Impossivel ser pega.

    ResponderExcluir
  3. Henrique: Essa com o toca discos eu não conhecia. Vou ficar atento!

    Iara: Espertinha! As mulheres fazem muito isso. Fazem suas colas nas coxas, e o professor não pode pegar com a mão. E não pense que nós não notamos, é que fica meio constrangedor ficar olhando nas pernas das alunas. Vai que dá um processo...

    ResponderExcluir
  4. KKKKKK... é... não ficamos olhando por medo de processo. Conheço todas essas colas, meu amigo, mas ainda tem os sacanas que perdem a prova e pedem pra fazer na aula seguinte. Aí, enquanto uns tentar distrair o professor, outro fica falando as respostas ou resolvendo os exercícios para ele. Já vi muito disso, mas sei que não vi nem metade dos que fizeram.

    ResponderExcluir
  5. Rogerio: E aquelas que fazem as colas m seus seios avantajados? :o)

    ResponderExcluir
  6. Teem taanbeem aqeeelees qee levaam uma bolsinha tamanho GG, e coolaam umaa cola atraas deelaaa'
    quaandoo o professor passa eele abaixaa, quaandoo eelee saai levaantaa,'
    aieoaieoaieoai'

    ResponderExcluir
  7. Vou contar uma historia...
    Estava eu na quinta serie do ensino fundamental... era uma manha de terça-feira, nunca vou esquecer... Do nada a professora de história chega e anuncia: "Hoje teremos uma provinha surpresa! Voces tem 10 minutos para se organizar!" eu não sabia nada da materia ninguem sabia na realidade. Aí a minha amiga vira e fala "vamos colar!!!"
    eu nunca tinha colado na vida... tinha toda a materia no caderno...
    fiz a cola sozinha... recortei pequenos papeizinhos onde tinham todas as perguntas que iriam cair na prova.. coloquei embaixo da classe! Pronto! era só copiar e passar! hahaha
    Só...qual não foi minha surpresa quando vi TODOS os papeis espalhados pelo chão embaixo da minha classe!! A professora não viu, ou pelo menos fingiu mto bem que nao tinha visto.hahahaha
    ate hoje nao sei como fiz pra juntar aquilo tudo sem que ela visse... Hoje estou no 6º semestre de Ciencia da Computação... Nunca mais quis saber de cola na minha vida!! ahahaha

    ResponderExcluir
  8. @Larissa
    Eu era muito cagão na hora da cola. Hoje como professor, me divirto muito com os alunos e suas peripécias.

    ResponderExcluir
  9. ja ganhei muito dinheiro com pescas distribuindo pescas dês das simples respostas no papelzinho até as mais complexas, como pontos eletrônicos no ouvido, borracha cortada e papel dentro, códigos criados especialmente pra provas como passar a mão no cabelo, bater a caneta na messa e assim vai, mais hj em dia no ensino médio tudo isso muda, e fica tudo mais complicado, tive que parar...mais como todo mundo sabe sempre que tem uma oportunidadezinha não custa nada..kkkkk

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google