quinta-feira, 26 de abril de 2018

Facebook finalmente revela como decide excluir os posts

Nesta semana, o Facebook revelou as suas diretrizes internas pelas quais seus moderadores revisam o conteúdo, e isso significa que os usuários finalmente terão uma ideia mais clara do motivo pelo qual alguns conteúdos são retirados e como eles podem recorrer da decisão.

fonte: The Next Web, créditos: Facebook
O que é: A lista completa de padrões da comunidade é dividida em seis seções, cada uma abordando as especificidades de um tipo de conteúdo. Por exemplo, eles têm listas diferentes para conteúdo censurável, como discurso de ódio e respeito à propriedade intelectual. Cada seção agora é aumentada com regras muito específicas sobre o que é ou não é uma violação dos padrões.

De acordo com Monika Bickert, vice-presidente de gerenciamento de políticas globais do Facebook, as regras não mudaram. A empresa está apenas revelando como lida com violações:

"… pela primeira vez, estamos publicando as diretrizes internas de implementação que os nossos revisores de conteúdo usam para tomar decisões sobre o que é permitido no Facebook."

Por que é importante: o Facebook está sendo criticado pela falta de transparência em uma enxurrada de escândalos de privacidade de dados, que chegaram até as audiências do Senado. Uma crítica à empresa há anos tem sido a falta de abertura em relação ao conteúdo permitido em sua plataforma. Histórias de tratamento inconsistente e remoção injusta de conteúdo são tão antigas quanto o próprio Facebook. Agora os usuários têm regras escritas que podem apontar ao questionar uma decisão.

Mas espere. Há mais: além de tornar as diretrizes públicas, o Facebook também está abrindo um processo de apelação para usuários que acham que o material foi removido por engano. Se a empresa quiser tornar os recursos mais construtivos, ela precisa oferecer aos usuários a opção de apelar quando a empresa não remove o conteúdo. Com frequência, os usuários podem ficar frustrados quando o conteúdo que consideram ofensivo ou prejudicial não é removido do site.

A empresa está  também realizando fóruns em maio na "Alemanha, França, Reino Unido, Índia, Cingapura, Estados Unidos e outros países" para receber os comentários diretamente dos usuários.

fonte: The Next Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google