sábado, 30 de agosto de 2008

Quero ser putinha bem paga!

Uma das coisas que dão dor de cabeça, pelo menos para mim, é a tão malfadada reunião de pais em uma escola. A maioria deles, ineptos, que não conseguem enxergar o quanto seus filhos são mentirosos e inescrupulosos, já vem preparados com paus e pedras em cima da gente, pois a culpa é sempre do professor. Temos erros? Claro que sim, somos seres humanos, e tentamos, pelo menos no meu caso, fazer a coisa certa, mas como nossa classe é desunida e sem noção, todos fazemos parte desse balaio de gatos.

Tem aqueles pais que já não sabem mais o que fazer com seus filhos e vem com a conversa de que o professor deve fazer alguma coisa, ou seja joga para a escola suas incompetências. Eu já tenho uma resposta óbvia: "Mãe/Pai, isso não é problema meu, sou apenas o professor de Física do seu filho, não estou aqui para ensinar boas maneiras, respeito e limites, essas coisas se aprendem dentro da família e não é problema meu. Procure algum psicólogo ou psiquiatra para resolver o problema. E além do mais, nem sou casado, nem tenho filhos, e desse mal não quero viver."

Bem, chove reclamações por parte dos pais na direção porque eu falo isso de uma maneira bem ríspida, com o mau humor que me é peculiar mas não estou nem aí. Por isso, meu nome é sempre o último a ser escolhido para dar uma reunião. Eu provoco isso. Pode ser que alguém venha e leia isso que escrevi, tudo bem, eles sabem disso.

Ontem nem fui relacionado, mas uma determinada mãe me viu e me pregou na parede. Começou a discutir comigo por causa do zero que eu tinha dado para a filha dela no primeiro bimestre e do dois que dei no segundo. Aluna que alias, falta muito e não entrega as atividades em dia, e é copista. Ela começou a ficar histérica, gritando e eu simplesmente dei as costas e fui embora. Com certeza ela deve ter entrado com uma representação contra mim. Outro processo para a minha coleção? Quem sabe.

Na próxima segunda, verei se a bomba foi jogada para cima de mim. Ontem foi uma sexta com cara de segunda.

Sinceramente, não aguento mais escola, alunos, pais, direção. Já perdi completamente o tesão de dar uma aula e penso apenas no quinto dia útil do mês, na grana que me é depositada no banco.

Toda vez que eu vejo um aluno eu penso, aquele paga a minha tv a cabo, o outro paga a internet, o outro paga as minhas cartas de magic, revistas, baladas, e futuramente a ração do meu mais novo gatinho(que ainda está por vir, a gata do meu tio já providenciou uma gravidez).

Se eu pudesse jogar uma bomba em cima de tudo...

Viver de blogar é um sonho, o cheque do google demora muito a chegar. Será que vou ter que me tornar uma putinha bem paga, e ser uma diva;? Sugestões não faltam. Photobucket

2 comentários:

  1. Oi gato Cid!

    Dios mio!! Que situação (entre ti e a tal mãe da má aluna)!!! Quando pensaste que irias escapar...BAMMM...foste apanhado nas malhas de uma mãe enfurecida!

    Epá nem sei bem o que dizer, mas olha ser Professor é uma profissão que admiro, pois não tenho a paciência para o fazer e, se por acaso tivesse que enveredar por essa profissão...eu encheria de porrada todo o mundo...*aceno de cabeça*!

    Com que então ensinas Física? Sim, senhor...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Max: Está muito difícil trabalhar, tudo está em cima do professor. Gosto da profissão, mas o problema é que a legislação educacional tem que mudar. A aprovação automática acaba ferrando com tudo!

    ResponderExcluir

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Linkem me:

Related Posts with Thumbnails
Google