domingo, 27 de agosto de 2006

Minhas raivas, Plutão, Serra e as eleições

Domingo de porre. Estou um caco, e nesse momento em que escrevo estou com uma p#&@ dor de cabeça, uma azia de matar e ainda bem que não tem ninguém em casa, assim posso ter mais tranqüilidade. Estou me tornando um eremita, pois a vontade que tenho é de fugir e de afastar de todos que me rodeiam. É assim que me sinto nesses últimos tempos. Mesmo quando estou com alguém que me é agradável, tenho a vontade de esmurrá-la só de ouvi-la falar. É que ultimamente não agüento mais ouvir as coisas que as outras pessoas falam, por causa da falta de cultura ou de conhecimento total de determinado assunto. Estou ficando muito impaciente e nesse sentido, acabo magoando muita gente. Uma das causas, como já tive oportunidade de falar, é o meu emprego, que me estressa da cabeça até o dedão do pé. Estou com saco cheio de lidar com pessoas, vontade de enchê-las de porrada não falta, mas sei que não posso fazer isso, tenho uma posição na sociedade e isso tem me segurado.
Há um idiota que foi meu aluno anos atrás, deu-me muita dor de cabeça, e até hoje me provoca. Só que o idiota não faz tais provocações quando está sozinho, pois não é homem suficiente para isso. Conheço a família e não quero magoá-los por causa desse boiola. Mas também, tenho que ter uma postura e não ceder a tentação de meter a cara dele no asfalto.
Talvez esse seja o meu problema, guardo tanta coisa em mim e não libero nada, penso muito com a razão, e chego à conclusão de que essas pessoas são fracas de espíritos, são inferiores e tem inveja de onde cheguei porque faltam a elas capacidades para chegar ao meu nível... Mas é difícil me conter, não posso sair por aí distribuindo porrada para tudo quanto é lado, tenho que ser mais inteligente.
Anos atrás, havia um outro cara na que me atormentava, xingando-me de tudo quanto é nome, deve ter sido meu aluno, nem me lembro, mas a minha vingança foi bem simples, saí várias vezes com a esposa dele. E ela fazia questão de fazer tudo que não fazia com ele. São esses momentos em que me sinto superior.

E rebaixaram Plutão! Coitado, tão longe do Sol e nem teve a oportunidade de se manifestar... Mas uma coisa tem que ser dita, a nossa Lua é maior que ele, e nem planeta é, assim como muitos satélites de Júpiter e Saturno. Até o novo objeto encontrado recentemente, batizado como Xena (que pasmem, tem um satélite, que chamaram de Gabriellle), é maior que Plutão. Quero ver como os astrólogos vão fazer agora. Mas fiquei muito p*&% com certos alunos que me indagaram para que gastar tanto dinheiro para reunir cientistas do mundo inteiro para se discutir um assunto que não leva a nada e que não irá mudar a vida de ninguém... São os mesmos que reclamaram do dinheiro que o governo brasileiro gastou para se levar um astronauta para o espaço, e também no que foi gasto para a construção de um super-telescópio no sul do Chile. Tenho que manter a pose e ser educado, tudo isso é pelo conhecimento! E conhecimento não tem preço. Sempre digo que conhecimento traz poder. Mas esperar o quê de pessoas que vivem num país subdesenvolvido, que não dá apoio nem para a educação, nem para a cultura, e que não produz ciência nem tecnologia como o Brasil?
Esse é um povo de merda que cultua novela, acha que todo político é ladrão, fala que educação e cultura não enchem a barriga de ninguém, e tantas outras coisas que me dão nos nervos. Ás vezes chego a destilar minha raiva em classe e me seguro para não baixar o nível.

Mas o que está me revoltando é essa campanha que estão fazendo para eleger o Serra. O cara é um sem vergonha, um cara de pau, um oportunista que não cumpriu com a palavra na prefeitura e agora quer ser governador. E o pior é que esse povinho de merda vai votar nele. E depois reclamam dos políticos que temos. A culpa é toda e exclusivamente nossa. O certo nesse momento é anular o voto. Mostrar para esses filhos da puta que não concordamos com o nosso sistema político de ser. Mas infelizmente, não temos cultura para isso. Não existe união e conhecimento para se fazer um movimento desses, pois nesse país, ninguém vota em partidos (ou seja, idéias), e sim em pessoas, exemplo disso são os malufistas. Somos uma massa totalmente manipulável que faz qualquer coisa por um trocado. E fico revoltado com isso.
Alías, nunca me chamaram para ser mesário em eleição, e sinceramente quero passar bem longe disso. Quando fiz meu título de eleitor, mudei minha zona eleitoral, para um outro bairro que não moro. Será que essa foi a razão deles nunca terem me chamado? Além do mais, sendo professor, tenho mais de 90% de chances de ser convocado. E mesmo se eu fosse, eu não iria, sei que teria conseqüências mas não vou perder meu final de semana para ficar trabalhando nessa joça. Nem vou trabalhar no sábado quando sou convocado pela escola, imagina para isso. Anarquia já!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Artigos recentes

Related Posts with Thumbnails
Google