quinta-feira, 19 de julho de 2018

Google é multada pela UE e o Android que conhecemos pode mudar

A Google recebeu uma multa recorde de 5 bilhões de dólares por violar as leis antimonopólio da União Européia e tem um prazo de 90 dias para por fim a essa conduta ou vai enfrentar penalidades maiores.

fonte: The Next Web
A UE multou a Google em um valor recorde de 4,34 bilhões de euros, cerca de 5 bilhões de dólares porque, seu software operacional, o Android, viola as leis antitruste do velho continente. Anunciada ontem em Bruxelas pela Comissária de Concorrência da UE, Margrethe Vestager, ela declarou que a Google deve "pôr fim a essa conduta em 90 dias" ou enfrentar penalidades.

Vestager ainda afirmou na conferência de imprensa que "a Google usou o Android como um veículo para cimentar seu domínio como um mecanismo de busca", algo que negou aos consumidores europeus a escolha e as empresas a capacidade de inovar.

As três restrições ilegais que Vestager mencionou em seu tweet estão abaixo:

"exigiu que os fabricantes pré-instalassem o aplicativo Google Search e o navegador (Chrome), como condição para o licenciamento da loja de aplicativos da Google (a Play Store);

efetuou pagamentos a determinados fabricantes de grande dimensão e operadores de redes móveis, desde que pré-instalassem exclusivamente o aplicativo de Pesquisa Google nos respectivos dispositivos;

e impediu que fabricantes que desejam pré-instalar aplicativos do Google vendessem até mesmo um único dispositivo móvel inteligente rodando em versões alternativas do Android que não foram aprovadas pelo Google (os chamados "forks do Android")."

Vestager disse que a UE recebe empresas bem-sucedidas, mas que “com domínio de mercado, vem a responsabilidade”. Ela disse que as leis antitruste da UE colocam uma “responsabilidade especial” nas empresas dominantes, significando que não podem negar a outras empresas a chance de competir com elas. por mérito ”.

Em outras palavras, o domínio é bom, mas os monopólios "prejudicam os consumidores".

Vestager, ontem, na conferência de imprensa. fonte: The Next Web

O que vem a seguir?

Vestager já tinha acusado a Google no ano passado, ao anunciar uma multa 2,4 bilhões de euros (2,79 bilhões de dólares) depois que a empresa descobriu que estava abusando de sua posição como o principal mecanismo de busca. Isso foi feito priorizando seus próprios resultados de compras em detrimento dos concorrentes.

Desde então, a empresa vem lutado contra o caso e atualmente está preso no tribunal. A Google terá 90 dias para mudar suas práticas ilegais, mas parece improvável que a gigante tecnológica cumpra tão cedo, então não prenda a respiração.

É apenas sobre dinheiro?

Dificilmente. Embora a quantia da multa seja enorme, a gigante da tecnologia estará mais preocupada com as mudanças que terá que fazer no Android.

Atualmente, os outros serviços da Google estão tão interligados no sistema operacional móvel que outros provedores de serviços similares não têm a menor esperança de conquistar uma posição segura. Essa decisão terá como objetivo tornar o Android um verdadeiro software de código aberto e pode diminuir a aderência da empresa a grande parte dos nossos dados.

Em relação à multa recorde, Vestager disse que “é uma infração muito séria. É um comportamento ilegal muito sério".

Leia aqui o comunicado oficial da UE.

Agora fica a expectativa de que a Comissão Européia também vá atrás da Apple, que pratica a mesma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pessoal, comentem, críticas e elogios serão bem aceitos. E eu respondo, posso demorar mas respondo. Esse velho lobo do mar tarda mas não falha!!!!

Leia antes a minha Política de Comentários.

Se quiser deixar o link de uma postagem sua, utilize o código abaixo trocando o que está escrito em letra maiúscula:

<p><abbr><em><strong>SEU NOME</strong> - último post do blog... <a href="<strong>LINK-DA-POSTAGEM</strong>"><strong>TÍTULO DA POSTAGEM</strong></a></em></abbr><p>

Related Posts with Thumbnails
Google